iG - Internet Group

iBest

brTurbo

O essencial de Buenos Aires
Com a desvalorização cambial do peso, em 2001, seguida por uma forte crise econômica, Buenos Aires transformou-se em oportunidade turística ímpar.

Mapa-Mundi - www.mapa-mundi.com

- Fuso-Clima-Visto-Feriados em Buenos Aires 
- Como chegar a Buenos Aires
- Atrações para as crianças em Buenos Aires
- Vida cultural e noturna de Buenos Aires
- Onde ficar e o que comer em Buenos Aires
- O que ver nos arredores de Buenos Aires
- Compras em Buenos Aires
- Informações úteis sobre Buenos Aires

VEJA A GALERIA DE FOTOS DE BUENOS AIRES

Acessível a todos os gostos e bolsos, Buenos Aires é um destino atraente. O turismo chega a ser a terceira atividade econômica mais importante do país. Esse boom trouxe melhorias na infraestrutura: luxuosos, modernos e descolados hotéis e restaurantes chegaram para ficar.

O melhor exemplo dessa revitalização da capital portenha é Puerto Madero, região portuária que agora concentra ótimas opções gastronômicas e de entretenimento. E também o bairro boêmio de Palermo Viejo, hoje o centro da badalação na cidade.

Buenos Aires é uma metrópole que não dorme, com vida noturna e cultural intensas. Apesar das mudanças, a cidade nunca perdeu o ar europeu. Também chamada de Paris da América do Sul, continua chique e sofisticada, seja pela rica arquitetura, diversidade cultural ou elegância de seu povo.

Principais atrações:

1 – Plaza de Mayo
Metrôs Bolívar, Catedral, ou Plaza de Mayo


É o coração político da capital, rodeado por edifícios históricos, como o Cabildo, a Catedral e a Casa Rosada, sede do governo nacional. Ali, o turista pode ver a troca da guarda, visitar o Museu Presidencial, assistir a manifestações culturais e até mesmo encontrar as Mães da Praça de Maio.

2 – Teatro Colón
Calle Libertad, metrô Tribunales

Ícone arquitetônico, a luxuosa casa de ópera, inaugurada em 1908, recebeu grandes nomes, como Luciano Pavarotti, Maria Callas, Plácido Domingo e Igor Stravinsky. É reconhecida mundialmente pela ótima acústica, conta com elenco próprio e tem capacidade para 3.500 pessoas. Atualmente, passa por reformas para comemorar os seus 100 anos.

3 – Cemitério da Recoleta
Junín, Recoleta

Elegante e aristocrático, guarda 6.400 mausoléus, incluindo pirâmides e templos gregos. Aqui estão enterrados importantes personagens da história argentina, como Eva Perón – seu túmulo é a atração principal. Vale visitar a tumba da família Paz, uma grande estrutura de pedra preta com anjos brancos de mármore.

4 – Círculo Militar
Plaza San Martín, metrô San Martín

Impossível passar despercebido por esse edifício de mármore, outrora mansão da poderosa família Paz, dona do jornal La Prensa. Foi construído entre 1902 e 1914 em estilo francês – alguns quartos são cópias dos de Versalhes. Hoje é da Associação de Militares. Há visitas guiadas.

5 – Café Tortoni
Avenida de Mayo, Monserrat, metrô Piedras

Inaugurado em 1858, é o café mais antigo da cidade, que ainda preserva as mesas de mármore e madeira e as fotos velhas na parede. Já serviu convidados ilustres, como Jorge Luis Borges, Julio Cortázar e Carlos Gardel. Ótima opção para um café. À noite, apresenta tradicionais shows de tango.

6 – Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires (Malba
Avenida Figueroa Alcorta, Palermo

Aberto em 2001, é um dos museus mais modernos da capital. Ele abriga a coleção privada de Eduardo Constantini: 200 peças (pinturas, esculturas, gravuras, fotografias e objetos) de artistas latino-americanos do século 20. Entre eles, Tarsila do Amaral, Cândido Portinari, Di Cavalcanti e Frida Kahlo.

7 – Museo Evita
Calle Lafinur, Palermo, metrô Plaza Italia


Narra a vida e a obra de uma das mulheres mais importantes da história argentina. A exposição mostra roupas e objetos de Evita, como o título de eleitor. Destaque para a estátua de Evita, que durante anos foi escondida por um fazendeiro em seu estábulo.

8 – Ponte da Mulher
Dique 3, Puerto Madero


Com design do famoso arquiteto espanhol Santiago Calatrava, a ponte é um ponto de encontro no agitado bairro. Tem 160 metros de comprimento, seis de largura, é móvel e representa um casal dançando tango. Leva esse nome em homenagem às mulheres. Em Puerto Madero, toda rua tem o nome de uma mulher importante.

9 – Caminito
La Boca


É um calçadão repleto de casas coloridas, chamadas conventillos, onde moravam os imigrantes italianos. Artistas de rua, vendedores ambulantes e dançarinos de tango disputam a atenção dos turistas nas ruas. A duas quadras dali estão La Bombonera e o Museo de La Pasión Boquense, o estádio e museu do Boca Juniors, time de Diego Maradona.

10 – Linha A do Metrô (Subte) 

A primeira linha de metrô de Buenos Aires, aberta em 1913, ainda mantém os carros originais, feitos em madeira. Um passeio por essa antiga locomotiva é imperdível. A linha parte da Plaza de Mayo e segue até o Congreso. Boa parte das estações preserva os ornamentos da época da inauguração. Na estação Congreso, um pequeno museu conta a história da instituição.

Leia mais sobre: Buenos Aires - Argentina

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias