Mônaco possui selo de segurança para turistas; veja o que fazer por lá

O Principado de Mônaco possui certificação de normas de segurança diante da Covid-19 e reabre restaurantes e bares em julho; confira os principais passeios, hospedagens e onde comer

Foto: Billionaire Toys
Principado de Mônaco é um dos destinos mais luxuosos e buscados do mundo; veja o que fazer lá

O Principado de Mônaco é um dos destinos mais badalados e procurados no mundo. Versátil e com pontos turísticos para todos os gostos, a belíssima cidade-estado é perfeita para passeios românticos , em família ou entre amigos; além de servir como um oásis de relaxamento e descompressão.

Além de tudo, Mônaco possui um certificado de segurança para turistas desde o ano de 2020, o Monaco Safe. Neste mês de julho, o principado também reabre bares e restaurantes, o que vai agradar turistas que adoram experimentar uma boa gastronomia e drinks especiais.


Por que visitar o Principado de Mônaco

O principado francês reserva opções luxuosas e cheias de glamour em apenas 2,2 km². Mônaco está localizada no coração da Europa, bem na zona costeira do Mar Mediterrâneo. Por esse motivo, os passeios de barco e as praias artificiais tomam conta e se tornaram algumas das principais atrações do local. Aliás, Mônaco é um dos melhores lugares para fazer topless ao redor do mundo .


O principado de Mônaco é muito famoso por diversos motivos, seja por seus conhecidos distritos ou pelos eventos carimbados no calendário local, como festivais de arte, cinema e fogos artifícios; além da realização da Fórmula 1 no Grande Prêmio de Mônaco.

O glamour também vem de um de seus eventos mais históricos: o casamento entre o príncipe Rainier III e Grace Kelly, atriz que se tornou a princesa do local. A monarquia de Mônaco, aliás, foi por muito tempo ainda mais badalada do que a da Inglaterra.

Apesar do tamanho pequeno, Mônaco possui oito distritos repletos de história, cultura e entretenimento; além de ser um dos destinos mais admirados e visitados pelos famosos. O local reserva uma experiência exclusiva aos viajantes e reserva uma das melhores experiências turísticas no país com sua variedade de museus, cassinos, spas e lojas exclusivas.

O que fazer em Mônaco

Um dos cartões postais principais de Mônaco é o bairro de Port Hercule, onde atracam diversas embarcações de luxo. Lá, é normal que os “tripulantes” de iates fiquem tomando sol e desfrutando de uma experiência bastante exclusiva e glamurosa. É possível alugar um barco por lá, sendo que as diárias podem variar entre R$ 2 mil até a bagatela de R$ 17 mil*.

Também é em Port Hercule que estão alguns dos clubes, cervejarias, bares e restaurantes mais buscados da cidade. A cena noturna do distrito é forte e deve agradar os turistas que estão atrás de curtir noitadas inesquecíveis.


Mônaco também possui uma praia artificial chamada Plage du Larvotto, também conhecida como Larvotto Beach, localizada em outro distrito muito conhecido: Monte-Carlo. A vista do local é apaixonante e aproxima ainda mais o visitante às margens das águas cristalinas do Mar Mediterrâneo.

Existem áreas de acesso livre na praia, mas outras fazem parte de clubes do local e a entrada se torna paga. Nas áreas privativas, as espreguiçadeiras e guarda-sóis complementam o local e oferecem ainda mais conforto ao passeio. Na alta temporada, é mais difícil conseguir um espaço, então é importante chegar cedo.

Também dá para relaxar em outros beach clubs e experimentar os spas de Mônaco. Um dos mais conhecidos e procurados é o Thermes Marins, também em Monte-Carlo. Além de reunir diversos tratamentos de bem-estar e beleza, o local conta com uma piscina que dá vista para Port Hercule e com uma jacuzzi no terraço.

Explorando a cidade

A aventura também não fica de fora do passeio. A pé, é possível conhecer bem diversos distritos e cantinhos impressionantes do principado. Entre eles está Monaco-Ville, conhecida como a cidade antiga de Mônaco, o local possui diversas memórias da cidade e está no alto de um rochedo, o que propicia vistas de tirar o fôlego.

Para fazer um almoço rápido e conhecer a culinária local por um preço acessível, passeie por Le Marché de la Condamine, o mercadão da cidade. O local oferece diversas opções de frutas além do principal prato típico, o Barbajuan, uma espécie de pastelzinho frito com espinafre, arroz, alho-poró e queijo.

Para turistas que adoram fazer compras, o Cercle d’Or, em Monte-Carlo, reúne algumas das mais desejadas lojas do mundo todo, incluindo peças de alta costura e joias impressionantes das mais famosas grifes mundiais. Mesmo que o turista não consiga comprar, pode ser legal dar uma volta para conferir a finessè de pertinho.

Na parte da tarde, o turista pode se programar para conhecer a montanha Tête de Chien, que tem mais de 550 m de altura, cuja tradução significa “Cabeça do cachorro”. É possível subir na pedra para admirar o pôr do sol. No local, também há a possibilidade de fazer um passeio de barco no Mar Mediterrâneo.

O passeio de helicóptero pela cidade também é uma das atrações, disponibilizado pelo Aeroporto Internacional Nice Côte d’Azur. O voo de lá até o heliponto de Mônaco dura sete minutos e custa em torno de € 160 (R$ 963) por pessoa só de ida. Com a volta, o preço vai para € 280 (R$ 1.685).


Você viu?

Monarquia de Mônaco


O Palácio do Príncipe de Mônaco, chamado de Place du Palais, existe desde o século 13 e está localizado no alto de um rochedo e é um dos pontos mais impressionantes do passeio, o que deve agradar tanto os turistas engajados em história como os que gostam de arquitetura.

Nos meses de março a outubro, é possível fazer uma visita áudio-guiada pelo castelo. Outra atração, ainda no palácio, é a cerimônia de troca de guardas do local, que acontece todos os dias, às 11h55.

A Catedral de Mônaco é importante por ter sido o palco do casamento entre Rainier III e Grace Kelly, um dos eventos mais marcantes dos anos 1950. Por este motivo, a Catedral de São Nicolau recebe muitos visitantes ao longo dos anos. Também é lá onde está o túmulo de Kelly e, por isso, fãs da atriz e princesa se concentram ali e rezam debruçados por ela. A entrada é gratuita.

Em homenagem à princesa Grace Kelly, Rainier III inaugurou a Roseraie Princesse-Grace, um jardim em formato de coração para celebrar a vida da princesa, que tinha 52 anos quando faleceu. Acessível para todas as pessoas, o jardim possui 8 mil roseiras e diversas espécies e o espaço total é de 5 mil m².

Mobilidade

Devido ao seu tamanho pequeno, não é difícil percorrer a cidade de Mônaco. O principado possui ao menos três maneiras de transporte que podem auxiliar o visitante. O serviço de ônibus turístico, chamado Monaco Le Grand Tour, permite que o viajante embarque e desembarque durante o dia todo, quando e onde quiserem. Segundo o TripAdvisor, o preço do serviço é a partir de R$ 144.

Para viajantes que estão em Nice, na França, e querem visitar o local, é possível pegar um trem pelo serviço Monaco Tours. O percurso dura cerca de 25 minutos e a passagem sai a partir de € 3 (R$ 18).

Além disso, é possível alugar as bicicletas elétricas da cidade para explorar. O serviço de Monabike funciona como os serviços de aluguel de bicicleta por aplicativo. Além de facilitar o transporte pela cidade, os fãs de Fórmula 1 podem fazer o trajeto do GP de Mônaco com ela: é só fazer a curva de Sainte-Dévote, subir a Avenue d'Ostende e virar na Fairmont Hairpin, chegando no famoso túnel.

Onde comer em Mônaco

Foto: Société des Bains de Mer-min
Localizado na curva do GP de Mônaco, o La Rascasse é uma das principais opções noturnas de Mônaco


O visitante de Mônaco não vive apenas experiências de muito bom gosto, mas também tem acesso a diversas opções de gastronomia de alto nível. Agora, com os bares e restaurantes reabrindo, o turista pode voltar a degustar os melhores pratos e drinks.

O Hôtel de Paris Monte-Carlo possui menu do chef italiano Andrea Berton, que une os tradicionais pratos italianos aos ingredientes mediterrâneos. Aqui, o turista vai degustar tagliatelle de lula com molho de tomate picante, pipoca de amaranto e uma versão diferenciada do tiramisù.

A comida italiana também é o fio condutor do cardápio do Le Train Bleu, que fica dentro do Cassino de Monte-Carlo e compartilha da estética chique do local. Os pratos, guiados pelo chef Thierry Saez-Manzanares, representam ainda outros pratos da cozinha mediterrânea.

Aos fãs de gastronomia asiática, o ponto principal é o Buddha Bar Monte-Carlo. A decoração do local remete à atmosfera oriental e, no início do século, o local costumava abrigar um cabaré. O local mescla peixes e frutos do mar com frutas e se destaca pela apresentação de pratos, tornando-os ainda mais apetitosos.

Os fãs de Fórmula 1 podem passar pela experiência única de comer em um dos restaurantes localizados em uma das curvas mais famosas do trajeto do GP de Mônaco. O La Rascasse recebe DJs nas noites de terça e sábado e conta com diversas performances e é um dos grandes representantes da vida noturna local.

Por fim, o Crystal Lounge se destaca por seus coquetéis e aperitivos, além de sua localização privilegiada. O bar está no Jardim Excelsior, no Hôtel Hermitage Monte-Carlo, e está de frente para o mar. A estética clássica do local, aliada à variedade de drinks, entradas e pratos principais, pode ajudar a fazer o Crystal Lounge ser um dos pontos altos da viagem.

Onde ficar em Mônaco

Foto: Société des Bains de Mer-min
O hotel 5 estrelas Monte-Carlo Beach oferece praia privativa e experiências aquáticas, com diárias de até R$5.793.


Assim como os arredores de Mônaco, as hospedagens locais reservam experiências exclusivas, repletas de glamour e de conforto. O hotel cinco estrelas Monte-Carlo Beach é um dos mais icônicos do principado, o local oferece acesso a uma praia privativa e diversas atividades aquáticas para os hóspedes. A faixa de preço da diária está entre R$ 1.582 e R$ 5.793.

O Monte-Carlo Bay oferece uma boa infraestrutura e propicia o relaxamento, o lazer e o bem-estar. Também de cinco estrelas, o hotel possui uma lagoa externa que se conecta à piscina coberta do local. O Bay conta ainda com uma sala de ginástica, o spa Cinq Mondes Spa, e o restaurante cujos pratos são feitos da horta orgânica do hotel, o Blue Bay. A diária está na faixa dos R$ 3 mil.

Outro hotel de luxo muito buscado em Mônaco é o Fairmont Monte-Carlo. O local possui um clube em seu rooftop, o Club Nikki Beach, que oferece espreguiçadeiras, piscina e coquetéis à vontade. Os apartamentos estão no coração do principado e a vista descortina para o mar. Para passar uma noite lá, é preciso desembolsar uma bagatela de R$ 2,8 mil.

Se quiser se hospedar a menos de 10 minutos de Port Hercule, o cartão postal da cidade, e a 600 m do Casino de Monte-Carlo, a melhor opção pode ser o Novotel Monte-Carlo. Além da localização privilegiada, o local é muito mencionado pelo cardápio irresistível, piscina e decoração moderna. As diárias custam a partir de R$ 981, uma das opções mais baratas da cidade.

*Preços consultados no dia 14 de julho de 2021.