Tamanho do texto

O local dividia Berlim Ocidental do Oriental. Julia Fraia e Vinicius Bustamante, colunistas do iG Turismo e do Perca a Novela, mostram os detalhes no vídeo. Assista e conheça um pouco mais da história do lugar

A história está marcada pelas ruas de Berlim , seja ela boa ou má. A cidade que se transformou nos últimos anos, mas não esquece seu passado, como os tempos de Guerra Fria, dando uma verdadeira aula aos turistas que passam por lá.

Perca a Novela: por que os faróis de Berlim são os mais fofos do mundo

Checkpoint Charlie é hoje um ponto turístico em Berlim e traz memórias da Guerra Fria
Arquivo pessoal
Checkpoint Charlie é hoje um ponto turístico em Berlim e traz memórias da Guerra Fria


Uma faixa de tijolos risca a rua e as calçadas, nos lembrando que até pouco tempo um muro existia ali e a dividia em duas - Berlim Oriental e Berlim Ocidental. Seguindo essa linha, chegamos ao Checkpoint Charlie, um antigo posto militar que ficava entre a Alemanha Ocidental e a Oriental durante a Guerra Fria .

Que tal um passeio pela neve dos parques de Berlim para se refrescar

Hoje os guardas estão ali apenas para agradar os turistas. Antes, o posto era um ponto de controle. Dali que era registrada qualquer passagem de uma autoridade, diplomatas ou das Forças aliadas entre as duas Alemanhas. No total, eram três pontos de checagem como esse durante o período de confronto. 

12 programas imperdíveis em Berlim

Ainda há uma placa que avisa “você está saindo do setor americano”. Depois da queda do muro de Berlim , a cabine do posto de controle foi removido do local em 1990. 10 anos depois, uma cabine que reproduzia a original foi colocada no local. 

Placa indica que aquele não era mais território americano
Arquivo pessoal
Placa indica que aquele não era mais território americano


Além disso, o Checkpoint Charlie é um ponto turístico de Berlim ao contar ainda com um museu ao lado do posto de controle, fundado em 1962. A atração relembra a história da construção do muro, os conflitos e as diversas tentativas de fuga de Berlim Oriental durante a Guerra Fria. Também há um fragmento do muro na calçada em frente ao museu. De acordo com o site oficial do local, "também é explorado o desafio que enfrentamos atualmente para que os direitos humanos e a liberdade sejam reconhecidos". 

O museu "Museum Haus am Checkpoint Charlie", em alemão, fica aberto todos os dias, das 9h até às 22h, de acordo com o site oficial. A entrada para adultos custa 12,50 euros, aproximadamente R$  44. 

Tudo isso faz parte de uma época não tão distante no tempo, mas muito diferente do clima atual da cidade de Berlim. Dê play no vídeo abaixo e conheça melhor todos os detalhes dessa história que mostra as lembranças da Guerra Fria e muito mais:

_______________________________________________________________________________________________________

Vinicius e Julia: um casal que sai da rotina
Arquivo pessoal
Vinicius e Julia: um casal que sai da rotina

*O Perca a Novela  é um trabalho conjunto do casal paulistano Julia Fraia (32) e Vinicius Bustamante (29).

Apaixonados por explorar a própria cidade, viajar e conhecer coisas novas, em abril de 2015 criaram um canal para compartilhar as dicas e as coisas interessantes que encontram! Agora, eles estão também aqui no iG com seus vídeos e posts descontraídos, que instigam nossa vontade de sair da rotina e ir passear.