Tamanho do texto

Já visitei mais de 30 países! Bruxelas, na Bélgica, é um dos lugares que mais encatam e respeitam os turistas

Ano passado fui a Bruxelas duas vezes. Na primeira vez, sozinha, mas gostei tanto que voltei após três meses com meu filho e meu sobrinho.

Bruxelas
Arquivo pessoal
Bruxelas


Transporte público excelente

Fomos aos principais pontos turísticos, fizemos quase tudo a pé - além de adorarmos andar, a cidade tem um sistema de transporte público excelente.

+  Irmãos belgas estão por trás de atentados em Bruxelas, diz polícia

Grand Place
Reprodução
Grand Place


Nossa primemira parada foi na famosa Grand Place, que é o principal ponto turístico da cidade, atrai gente dia e noite. Como era início do verão, sentamos em um dos cafés para experimentar uma tradicional  bière (cerveja em francês). As fachadas dos prédios são incríveis, a arquitetura é maravilhosa.

Palácio de Bruxelas

Fomos também ao Palácio de Bruxelas, o jardim é tão lindo quanto o Parque Real que fica em frente ao palácio, que não é mais a residência oficial da família real belga, mas uma espécie de centro de escritórios do governo ou hospedagem para os chefes de estados em visitas oficias.

Palácio de Bruxelas
Arquivo pessoal
Palácio de Bruxelas


Muito chocolate

Galeries Royales
Arquivo pessoal
Galeries Royales


Nos cerca de 200 metros de comprimento das Galeries Royales, a dica é experimentar tudo o que puder nas inúmeras lojas de chocolates belgas (das marcas mais tradicionais às artesanais), uma experiência inesquecível.

Caso você seja fã de pinturas e intervenções artísticas, vale ficar atento às laterais e fachadas dos prédios, com grafites interessantes e pinturas de quadrinhos belgas (TIN TIN).

Arco do Triunfo belga, uma mistura de Arco do Triunfo de Paris com o Portão de Brandemburgo de Berlin
Arquivo pessoal
Arco do Triunfo belga, uma mistura de Arco do Triunfo de Paris com o Portão de Brandemburgo de Berlin


Conhecemos também o Cinquentenaire, onde fica o Arco do Triunfo belga. O lugar é maravilhoso, posso falar que é uma das praças mais lindas que já conheci - e já rodei bastante, foram mais de 30 países. Mesmo tendo uma avenida enorme que corta o parque por baixo (subterrâneo), a sensação de paz é indescritível.

Atomium impressiona

Atomium
Arquivo pessoal
Atomium


Do Cinquentenaire fomos para o Atomium, construído para uma grande exibição que se realizava na cidade e seria desmontado após o término do evento, mas que acabou se incorporando à cidade juto ao Manneken Pis, um dos símbolos oficiais de Bruxelas, uma estátua muito pequena porém muito famosa. 

Sheila em frente ao Manneken Pis: pequeno famoso da Bélgica
Arquivo pessoal
Sheila em frente ao Manneken Pis: pequeno famoso da Bélgica

Hospital que funciona até para turistas

Quando fui com meu filho e meu sobrinho, saímos de trem de Amsterdã para Bruxelas e, no meio do caminho, meu filho começou a passar muito mal. Por isso, assim que chegamos, fomos para um hospital. Ele foi atendido prontamente por um médico em menos de 20 minutos, fizeram todos os exames e, em menos de duas horas, ele havia sido diagnosticado, medicado e recebido alta. E nada de conta salgada, para minha surpresa: tudo (consulta, medicação e exames) ficou em 19 euros.

Mais surpresa antes de partir

Na hora de partir, mais um contratempo mostrou que a organização dos serviços em Bruxelas: fiz uma confusão com o horário do trem (íamos a Paris, na França) e estávamos atrasados. No escritório da empresa, expliquei o que havia acontecido, nossas passagens foram revalidadas para o próximo trem sem cobrança de taxa alguma. 

Sheila em Bruxelas, na Bélgica
Arquivo pessoal
Sheila em Bruxelas, na Bélgica

Voltarei a Bruxelas, talvez neste ano ainda. Acho que, como todos que querem paz, também quero que os atentados parem. Como já disse, já viajei muito e é muito difícil encontrar tratamento tão digno em qualquer lugar, o que faz de Bruxelas uma das cidades mais encantam e respeitam os turistas.

*Sheila Dal Bó, 42 anos, é advogada, administradora, mãe, adora viajar.