Tamanho do texto

O fotógrafo Shaun Jeffers passou um ano nas cavernas de Waitomo fotografando os glowworms; saiba o que é

Costumamos ver algumas cenas em filmes que acreditamos que só existem na ficção, mas podemos nos surpreender ao descobrir que o mundo real também é palco de paisagens deslumbrantes. Foi o que aconteceu com o fotógrafo Shaun Jeffers, que passou um ano nas cavernas de Waitomo registrando a beleza dos glowworms e comparou o cenário ao do filme "Avatar". 

Caverna de Ruakuri e cena do filme 'Avatar'
Reprodução
Caverna de Ruakuri e cena do filme 'Avatar'

Os glowworms são insetos da espécie  Arachnocampa iluminos , vivem nas cavernas e emitem uma luz fosforescente que ilumina o ambiente. A presença deles transforma e dá um ar totalmente especial e diferenciado às cavernas, mostrando que o subsolo pode ser tão encantador quanto o resto da Nova Zelândia. 

Fotos tiradas por Shaun na caverna de Ruakuri
Reprodução Bored Panda
Fotos tiradas por Shaun na caverna de Ruakuri


"Fotografar os glowworms é muito semelhante a fotografar um céu estrelado, mas o tempo de exposição pode ser muito maior. Para conseguir o resultado que tive, passei cerca de 6 a 8 horas por dia dentro da água fria da caverna de Ruakuri. Mas é um trabalho que vale muito a pena", contou Shaun na publicação que fez no site "Bored Panda". 

A região de Waitomo é famosa por abrigar diversas cavernas que começaram a ser exploradas apenas em 1887. 

Shaun fotografando
Reprodução Bored Panda
Shaun fotografando