Tamanho do texto

Médico avaliou todas as comidas de companhias americanas e canadenses, desde o prato principal até aperitivos

Refeições em voo equivalem a dois Big Macs, segundo pesquisa
Getty Images
Refeições em voo equivalem a dois Big Macs, segundo pesquisa


Se você é do tipo de pessoa que se preocupa em ter uma alimentação regrada mesmo durante as férias, talvez seja melhor carregar alguns petiscos na hora de entrar em um avião. De acordo com uma pesquisa realizada pelo site Diet Detective  (Detetive da Dieta, em português), algumas companhias aéreas oferem refeições tão calóricas quanto dois Big Macs.

O estudo, guiado pelo médico especializado em dietas Charles Platkin, avaliou a comida oferecida na classe econômica por 12 companhias aéreas dos EUA e do Canadá e levou em conta todos os alimentos dados aos passageiros, desde as refeições principais até os lanches e aperitivos.

Leia:  Chulé, comida ruim e aperto: veja as 20 coisas mais irritantes em um avião

Entres as companhias que foram pior avaliadas pelo médico estão a Frontier Air, a Spirit Airlines e a Hawaiian Airlines, que receberam notas entre 1 e 1,25 em uma escala de 0 a 5, sendo 5 a nota mais alta. O prato mais calórico - almôndegas de peru ao molho de soja com arroz, salada e doce de leite para a sobremesa - foi oferecido pela Hawaiian Airlines, com 1.266 calorias, aproximadamente a mesma quantia contida em dois sanduíches Big Macs.

Em compensação, o topo do ranking ficou com a Virgin America, com 4,5 pontos e uma média de 352 calorias por refeição, seguida pela Jet Blue, Delta e Air Canada.

Veja também quais são as 10 cidades turísticas mais baratas para se visitar:

LEIA TAMBÉM
Guia para a primeira viagem de avião
10 dicas para viajar de avião com criança pequena
De batata brava a jamón: veja 6 tapas que você deve experimentar na Espanha