iG - Internet Group

iBest

brTurbo

Os melhores destinos do mundo

19/05 - 10:00

Internautas do site TripAdvisor escolheram os melhores lugares para se viajar, em diferentes países do globo. Entre os selecionados, destinos conhecidos e outros pouco procurados pelos brasileiros. Confira a lista!

Camila Sayuri, especial para o iG

Está planejando uma viagem incrível, mas não sabe para onde? O site TripAdvisor, a maior comunidade de viagens do mundo, fez um ranking dos melhores destinos conforme a sugestão de seus internautas.

As cidades foram escolhidas em diferentes categorias, como Praia & Sol, Romance e Esportes Radicais. Monte Carlo, no principado de Mônaco, foi eleita a cidade número um para se viajar. A bela Florença, em Roma, New Orleans, nos Estados Unidos e Queenstown, na Nova Zelândia, também foram selecionadas.


Melhor do mundo:
Monte Carlo, Mônaco

Getty Images

Encravado entre o mar e as montanhas, Monte Carlo é um destino cobiçado entre os turistas

Reduto de endinheirados, celebridades e esportistas, Monte Carlo, no principado de Mônaco, foi escolhido pelos internautas como o melhor destino do mundo. Além da localização privilegiada, entre o Mar Mediterrâneo e as montanhas, o local possui o célebre Cassino de Monte Carlo em um palácio repleto de afrescos, esculturas e um átrio em ouro e mármore.

A cidade também sedia uma das etapas do Grande Prêmio de Fórmula 1, campeonato de tênis, entre outros torneios esportivos. Reduto de bons restaurantes e hotéis, é o lugar certo para quem quer uma viagem com estilo.


Melhor da África:
Cidade do Cabo, África do Sul

Espremida entre o mar e a montanha, a Cidade do Cabo está situada no extremo sul do país, bem próxima ao Cabo da Boa Esperança. Rica em belezas naturais, a "Mama Africa" está em evidência este ano por conta da Copa do Mundo. De todos os cantos da cidade, pode-se ver a Table Mountain, seu cartão-postal. Para subir ao topo, há um passeio de bondinho.

Outras atrações são os mercados, em especial o Greenmarket, o Two Oceans Aquarium e as vinícolas. Para conhecer um pouco mais sobre a história do apartheid, catamarãs levam os turistas até a Robben Island, onde Nelson Mandela ficou preso por 27 anos.


Melhor dos Estados Unidos:
São Francisco, Califórnia

Thinkstock

Passear de barco até a Golden Gate é um dos muitos passeios em São Francisco

Os turistas que visitam São Francisco não podem reclamar de falta de opções de lazer na cidade. Com uma vida cultural agitada, sobram peças, exposições e shows para quem quiser se divertir. Durante o dia, é possível explorar a região do Fisherman's Wharf, de onde saem os passeios para a Golden Gate, o grande cartão-postal da cidade.

Quando a fome bater, procure um dos restaurantes estrelados do guia Michelin ou um estabelecimento mais baratinho, mas também delicioso, da Chinatown.  À tarde, a sugestão é passear de bondinho, visitar a prisão de Alcatraz ou um dos vários museus da cidade. Quem ainda tiver pique, pode se esbaldar em alguma das melhores baladas do Centro Oeste americano.


Melhor da Ásia:
Tóquio, Japão

A frenética capital do Japão, com uma população de 12,5 milhões de pessoas, pode assustar os turistas que visitam o país pela primeira vez. Mas passado o choque inicial da dificuldade de se comunicar e se locomover, é hora de aproveitar o que a metrópole tem para oferecer. Tóquio possui alguns dos melhores restaurantes do mundo, milhares de lojas de roupa e acessórios (destaque para o bairro de Harajuku), além de jardins magníficos e museus. É o paraíso para quem gosta de tecnologia, possui uma cultura rica e intrigante e tem tudo o que se espera de uma cidade cosmopolita. Vale ou não uma visita?


Melhor do Pacífico do Sul:
Sydney, Austrália

Thinkstock

A travessia de balsa lhe dá uma vista privilegiada da Harbour Bridge e da Opera House

Principal destino turístico da Austrália, Sidney contempla tanto aqueles que buscam a vida cultural agitada das grandes metrópoles quanto os que preferem a beleza natural e a tranquilidade das cidades litorâneas. Cartões-postais da cidade, a Harbour Bridge e a Opera House enfeitam a baía da capital do estado de New South Wales. As famosas praias de Bondi e Manly são os locais mais procurados para quem quer dar um mergulho.

Quem quiser ver os animais que só existem na terra dos cangurus pode dar uma passadinha no Aquário ou no Tarong Park Zoo. Não faltam opções de bares e boates, com destaque para o bairro de construções antigas The Rocks


Melhor do Caribe e México:
Chichen Itzá, México

A antiga cidade maia de Chichen Itzá é um dos destinos turísticos mais visitados do México. Declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o lugar permite aos turistas uma viagem ao período pré-hispânico. Entre seus importantes templos e ruínas, destaca-se a pirâmide de Kukulcan (ou El Castillo), eleita uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo. O Templo de Chac Mool, a Praça das Mil Colunas e o Campo de Jogos dos Prisioneiros também valem uma visita. 


Melhor da América Central e do Sul:
Machu Picchu, Peru

Thinkstock

Os aventureiros que se dispõem a fazer a trilha têm como recompensa a bela vista do alto

Machu Picchu, que já foi um destino quase exclusivo de mochileiros e místicos, recebe hoje turistas de todas as partes do mundo e de todos os estilos. Datada de meados do século XV, as ruínas incas ficam em uma montanha, a 2.560m de altura acima do nível do mar.

Sua porta de entrada é a cidade de Águas Calientes, ponto final da linha do trem turístico. De lá, é preciso pegar um ônibus que faz o percurso de ida e volta ao parque ecológico. Para os aventureiros, outra forma de chegar é percorrer a pé a trilha inca, com cerca de 50 quilômetros de extensão. Haja fôlego!


Melhor do Canadá:
Victoria, Colúmbia Britânica

Logo na extremidade sul da ilha de Vancouver, na Colúmbia Britânica, está localizada sua capital, Victoria. Com nome de rainha, é a cidade mais inglesa do Canadá.  O clima ameno e o agitado estilo de vida ao ar livre fazem de lá um lugar mais que agradável para visitar ou viver. 

Com belos jardins, como o Butchart Gardens e o Butterfly Gardens, possui o maior número de ciclovias do país. Movida pela geração mais nova, Victoria viu surgir nos últimos anos lojas descoladas, cafés autênticos e ótimos restaurantes de deixar qualquer cidade orgulhosa.


Melhor da Índia:
Munnar, Índia

Localizado a uma altitude de 1.500 metros de altitude, Munnar é vilarejo do estado de Kerala. Seu cenário é idílico, com plantações de chá intermináveis que cobrem as montanhas de Munnar. Além de apreciar a plantação é possível conhecer um pouco mais em uma visita à fábrica e ao Museu do Chá.

Para quem gosta de atividades ao ar livre, é permitido explorar as trilhas para Anaimudi (o pico mais alto ao sul da Índia) e os caminhos originados na confluência dos córregos das três montanhas. Uma das principais atrações, no entanto, é o Eravikulam National Park, a 16 km de distância, que abriga o Nilgiri Tahr, cabrito montês, ameaçado seriamente de extinção, o mangusto vermelho e 120 espécies de pássaros.


Praia e Sol:
Providenciales, Turks & Caicos

Getty Images

Praia de areia finíssima e mar azul-turquesa encantam turistas de Providenciales

Se você nunca ouviu falar de Providenciales, a maior ilha do arquipélago caribenho de Turks & Clarks, é melhor colocá-la rapidinho em seu mapa. Pertencente a coroa britânica, "Provo" é freqüentada por ricaços e famosos há muitos anos. Possui alguns dos maiores resorts

O motivo de tanto sucesso está nas praias de areia finíssima e mar azul-turquesa, com um dos melhores pontos de mergulho do mundo. A praia mais famosa é a de Grace Bay, mas quem quiser um recanto mais escondido pode se deliciar em Malcolm Beach.


Cultura e Pontos Turísticos: Florença, Itália

Thinkstock

Ponte Vecchio, com suas várias lojinhas, sobre o rio Arno

Berço da arte renascentista, obras como a estátua de Davi, de Michelangelo, e a bela catedral Santa Maria del Fiore, na Piazza del Duomo, são mundialmente conhecidas e admiradas.

Mas basta andar pelas charmosas ruazinhas da cidade para perceber que a beleza está em todo canto. Afrescos, esculturas e telas de pintores como Botticelli, Caravaggio e Rembrandt são encontradas ao acaso, em uma caminhada sem rumo por Florença. É a cidade para tomar os famosos gelattos, assistir ao pôr do sol sobre o rio Arno e bebericar os famosos vinhos da região de Chianti.


Vida Noturna: New Orleans, Estados Unidos

Em uma cidade onde a música não para, o prêmio na categoria Vida Noturna deixa de ser uma surpresa. Berço do jazz e do blues, vários festivais agitam New Orleans, no estado norta-americano de Louisiana. Entre eles, o Mardi Grass, carnaval conhecido por suas máscaras de gesso e trocas de colares, e o Festival de Jazz. Os bares, principalmente na Bourbon Street e na Royal Street, recebem bandas todas as noites.

Mas a festa também segue nas ruas, com músicos tocando nas calçadas. A cidade é um dos poucos lugares dos Estados Unidos onde é possível beber na rua. Por isso, independente da onde esteja, a diversão está garantida.


Destinos Emergentes: Garmisch-Partenkirchen, Alemanha

Divulgação

Garmisch-Partenkirchen é conhecida como a capital dos jogos de inverno

Como o hífen no nome sugere, Garmisch-Partenkirchen não era apenas uma, mas duas vilas nos Alpes alemães. Localizadas na Baviera, a poucos minutos da Áustria, elas foram unidas para que pudessem sediar os Jogos Olímpicos de Inverno, em 1936. Desde então, a cidade tornou-se um dos principais centros de esporte de inverno no país. Entre os cumes que cercam a cidade, destaca-se o Zugspitze, o mais alto da Alemanha, com 2.964 metros de altitude. Gostando ou não de esquiar, a cidade é charmosa e conta com bons hotéis e restaurantes.


Família: Marne-la-Vallée, França

Por que Marme-la-Vallée é o destino queridinho das famílias? A resposta é simples: é lá que está a Eurodisney. Essa versão simplificada da Disneylândia de Orlando, inaugurada em 1992, é uma das atrações turísticas mais visitadas da Europa.

Pertinho de Paris, fica a cerca de 40 minutos de trem. O complexo é formado por dois parques temáticos, o Disneyland Park Paris e o Walt Disney Studios Park. Conta ainda com a Disney Village, área com lojas e restaurante, e o campo de golfe Golf Disneyland. Tudo para agradar crianças de todas as idades.


Comida & Vinho: Napa Valley, Estados Unidos

Thinkstock

Napa Valley é um encanto principalmente para os amantes do vinho

Depois da Disney, o Napa Valley é o destino mais procurado na Califórnia, nos Estados Unidos. Seu sucesso tem fácil explicação. Turistas percorrem as estradas que cortam seus 48 quilômetros de extensão, parando em algumas das 260 vinícolas da região. Os vinhos de lá estão entre os melhores do Novo Mundo. Não aprecia a bebida? A região também é conhecida por suas águas termais e lama terapêutica, spas, bons hotéis e excelentes restaurantes.


Esportes Radicais e Aventura: Queenstown, Nova Zelândia

Considerada a capital dos esportes radicais, a cidade de Queenstown, no sul da ilha do sul da Nova Zelândia, oferece de tudo para os amantes da adrenalina. Bungee jump, Jet-boating, paraquedas, esqui e snowboard, rafting e mountain bike são só algumas das atividades oferecidas.  Quando estiver cansado de tanta aventura aproveite a natureza deslumbrante da cidade situada às margens do lago Wakatipu e cercada por montanhas.


Descanso & SPA:
Sedona, Estados Unidos

Thinkstock

Além da bela paisagem das montanhas, Sedona tem também alguns dos melhores spas do mundo

Cercada por montanhas de rochas vermelhas, a cidade de Sedona, no estado americano do Arizona, possui um bom número de premiados spas, em mega resorts. Tudo isso no meio do deserto. Quando estiver cansado de tomar sol à beira da piscina e já tiver experimentado vários tipos de massagem, há quilômetros de trilhas para serem percorridos de pé, de bicicleta ou de cavalo. Depois de tanta atividade, você vai precisar de novo de uma boa massagem. E este é ciclo vicioso diário de quem se hospeda por aqui.


Romance: Oia, Grécia

A pequena vila Oia, no arquipélago de Santorini, é o cenário perfeito para uma viagem a dois. O povoado fica no topo de um penhasco com casas de arquitetura típica grega, intercaladas por igrejinhas brancas de cúpula azul. Ao fim do dia, os turistas se posicionam para ver o grande espetáculo da cidade: o pôr do sol, considerado um dos mais bonitos do mundo. O cenário fica ainda mais romântico se acompanhado de uma taça de vinsanto, o vinho local. É ou não é para se apaixonar ainda mais?

Veja mais imagens no fotoshow

Leia também:

31 destinos para visitar em 2010
Os 12 destinos onde o luxo é um barato
Dicas para dar a volta ao mundo

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG




publicidade



Contador de notícias