iG - Internet Group

iBest

brTurbo

10 dicas para marinheiros de primeira viagem

04/12 - 12:15

Decidiu fazer seu primeiro cruzeiro nesta temporada? As nossas dicas vão te ajudar a se preparar para essa viagem inesquecível!

Carolina Monterisi, iG São Paulo

Navios luxuosos, roteiros diferenciados e preços acessíveis atraem cada vez mais turistas para os cruzeiros que tomam a costa brasileira durante o verão. Se você decidiu fazer a sua primeira viagem de navio nesta temporada, veja as nossas dicas para aproveitar ao máximo o passeio.

Getty Images


Sem enjoos
 
Se ao pensar em fazer uma viagem de navio você imediatamente fica desanimado pensando nos enjoos que vai sentir, a notícia é boa: os navios são tão grandes que você dificilmente ficará com o estômago embrulhado. Sim, o balanço do mar é perceptível, mas o navio não chacoalha tanto quanto você talvez imagine. Se mesmo assim você achar que pode passar mal, previna-se comendo maçã verde e leve algum remédio para enjoo.


Arrumando a mala

Na hora de preparar a mala, lembre-se de levar roupas adequadas para as atividades dentro do navio e para as atividades fora. Protetor solar, boné, saída de praia e chinelos são fundamentais para o dia, enquanto roupas e sapatos mais arrumados combinam com a programação noturna. Também é bom levar pilhas ou baterias extras e outros ítens simples, mas que podem custar caro dentro do navio (ou simplesmente serem impossíveis de achar). O mesmo vale para xampus, sabonetes e outros itens de higiene pessoal. 


Não fique sem energia

 
Se você planejava levar secador de cabelo, carregador de celular ou qualquer outro aparelho que precise de energia, não arrisque e providencie um adaptador de tomada, já que os navios são produzidos com padrão internacional e o tipo de entrada pode ser incompatível.


Fique atento às normas de segurança

 
O esquema de segurança nos cruzeiros é muito rigoroso. Sempre que for entrar ou sair do navio, você passa por um detector de metais e sua bagagem deve ser submetida ao aparelho de raio X.  Os passageiros normalmente são proibidos de ingressar no navio com bebidas e alimentos trazidos de fora. Informe-se que tipo de produtos é permitido para evitar transtornos.


Dinheiro sem dor de cabeça

 
Carregar um cartão de crédito internacional é a melhor maneira de “levar” dinheiro durante um cruzeiro. Além de evitar o incômodo de andar com dinheiro vivo, o cartão facilita o momento do check out: sua conta é fechada automaticamente e tudo o que você precisa fazer é assinar a fatura, evitando filas e estresse.
 
Se for levar dinheiro, informe-se com a empresa se eles aceitam Real a bordo. Alguns cruzeiros aceitam apenas dólares e pedem que você faça um depósito mínimo ao embarcar.
 

Desconecte-se
 
Se você não tem um trabalho importantíssimo para terminar durante sua estada em alto-mar, deixe o computador em casa. Os navios oferecem conexão à internet, mas o preço não é atrativo. Se você tem um modem 3G não se anime: dependendo do itinerário, pode ter dificuldades para conectar.
 

Se for usar o telefone...

 
Usar o celular é fácil quando o navio está atracado. Próximo às praias, o sinal só depende de sua operadora e o custo da ligação é o do DDD. Já quando o navio está em movimento, é quase impossível fazer ligações. Se você conseguir, fique atento: provavelmente seu celular identificou o sinal de uma operadora internacional e a ligação vai ser cobrada como um DDI.


Seja paciente
 
Fila no café-da-manhã, piscina cheia, desembarque demorado... Em um navio com capacidade para mais de 3 mil passageiros é de se esperar que nem tudo aconteça de forma rápida. Para fugir das aglomerações, evite os horários. Paciência é fundamental. 


O que (não) vestir
 
Apesar de terem as áreas de lazer como grandes atrativos, os navios também possuem salões requintados, cassinos luxuosos e restaurantes finos. Por isso, o ambiente em um cruzeiro é um pouco mais formal do que os típicos roteiros de verão. Você não precisa usar terno e gravata o tempo inteiro, mas evite, por exemplo, andar pelos corredores só em trajes de banho. Sobre as festas, fique atento à programação do cruzeiro para ter uma ideia de qual roupa é mais adequada para o evento.


Aproveite as paradas

Na maior parte das vezes, o navio fica parado apenas por um dia nas praias escolhidas. Por isso, é importante pensar em formas de aproveitar ao máximo quando não estiver em alto-mar. Para otimizar o tempo, o jeito mais fácil é fechar pacotes para excursões nessas cidades. Os navios têm sua própria agência de viagem, mas você também pode contratar esse serviço em terra. Para os mais independentes, a dica é se informar antes de sair de casa, com o roteiro em mãos.


Está planejando um cruzeiro? Não deixe de ler as dicas de Gloria Kalil

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias