iG - Internet Group

iBest

brTurbo

Praias boas para bebês e crianças

28/05 - 15:19

Quem tem criança pequena precisa de um mínimo de infraestrutura para andar com ele. Sejam os pais preocupados ou desencanados, o que define uma praia como boa para esses pequeninos frequentadores é mesmo a estrutura. Pensando nisso, listamos os melhores points para os bebês nas praias do Brasil!

Redação iG Turismo

- Viaje com crianças sem perder as suas férias
- Resorts: lugar de família, sim senhor!

A maioria das crianças adora praia. E esse amor começa, geralmente, logo cedo. Mas para aproveitar um dia com o seu bebê da melhor forma possível, é preciso um mínimo de infraestrutura, não é mesmo? Pensando nisso, listamos as melhores praias do Brasil para serem frequentadas por esses “ratinhos de praia”.

- Leblon, Rio de Janeiro (RJ) 

O famoso Baixo Bebê é uma “mão na roda” para os papais ratos de praia. Ele fica em frente à rua Venâncio Aires e é o maior point de bebês praieiros do Rio de Janeiro. O que antes era apenas mais um dos quiosques da praia se transformou no lugar mais disputado pelos pequeninos da zona sul caioca. O local conta até com cadastro e mais de quatro mil frequentadores. Fraldas e lenços umedecidos são distribuídos gratuitamente para mamães que forem pegas de surpresa na praia. Brinquedos espalhados ao redor do quiosque comandado por Tia Nilza e Tia Wanilma transformaram a área em um playground delicioso à beira-mar. Fique atento apenas porque alguns pontos da praia do Leblon estão impróprios para o banho.

- Barra do Sahy, São Sebastião, SP

A praia tem clima aconchegante, ideal para famílias com crianças de todas as idades. O mar é calmo e as águas são claras. Além do clima bem familiar, Barra do Sahy alegra papais com boas opções da culinária local. As crianças têm como vantagens não apenas a praia, mas outras atrações em São Sebastião. A cidade está com uma grande área de lazer, com parquinho, pistas para caminhadas e passeios de bicicleta, e quadras de esportes.

- Jurerê Internacional, Florianópolis (SC)

Reduto da classe A na capital catarinense, a Praia de Jurerê tem um canto chamado de Jurerê Internacional. Ideal para famílias inteiras, o local conta até com monitores para distrair as crianças, para a alegria dos papais. A região também oferece parque aquático e shopping. O mar é calmo e a água é limpa.

- Camurupim, Natal (RN)

Uma das praias mais sossegadas do litoral sul do Rio Grande do Norte, Cumurupim é ideal para ir com a garotada por vários motivos. Ela é ótima para banhos, pois não há perigo de ondas. Lá ficam dois dos três grandes parques aquáticos de Natal: o Parque dos Tubarões e o Pontal Parque Aquático, opções de lazer para as crianças um pouco maiores. Outra grande atração da praia são as piscinas naturais, na maré baixa, a Lagoa de Arituba, cercada de dunas, e a Gruta da Pedra Oca, que pode ser vista e visitada na maré baixa. A única recomendação é ficar sempre atento ao trânsito de buggys pela orla.

- Porto das Dunas, Aquiraz (CE)

Pouca gente já ouviu falar de Aquiraz, mas se a gente falar Beach Park a conversa é diferente. O famoso parque aquático, o maior da América Latina, fica na cidade, que foi a primeira vila da Capitania do Ceará. As seis praias da cidade têm infraestrutura. Pousadas e resorts têm estrutura ideal para receber famílias com crianças de todas as idades, o que facilita, e muito, a vida de quem tem bebês pequenos.

VEJA FOTOSHOW DO BEACH PARK

- Ipioca, Ipioca (AL)

Localizada a aproximadamente 18 quilômetros de Maceió, Ipioca tem muitos coqueiros e suas águas são tranquilas. Pelo menos, de um lado da praia. Como a praia é calma, é ideal para quem quer descanso e tranquilidade para os bebês. Marechal Deodoro, primeiro presidente do Brasil, passou a infância e adolescência na cidade. O Salinas Maceió Beach Resort fica na praia de Ipioca e oferece toda a estrutura para hospedar crianças de todas as idades, com muitas opções de lazer.

Dicas gerais para curtir a praia com seu bebê:

- Quem determina a hora é ele! O bebê não pode ficar exposto ao sol no período entre 10 e 16h (11 e 17h, durante o horário de verão). Então, vá antes disso! Bebês com menos de um ano não devem ficar mais de meia hora expostos diretamente ao sol, qualquer que seja o horário. Por isso, o guarda-sol será sempre bem-vindo.

- Leve chapéu ou boné, mesmo que leve ou alugue um guarda-sol.

- Brinquedinhos de praia, como baldinhos e pá, são ótimos para entreter a criança.

- Se tiver piscina inflável, ela também é uma boa opção de manter o bebê entretido e debaixo do guarda-sol.

- Leve fraldas. Há algumas especiais para que o bebê possa entrar no mar.

- Filtro solar é lei, para todos. No caso dos bebês, apenas se ele tiver mais de seis meses.

Leia mais sobre: praias no Brasil.

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias