Pesquisar muito, ficar atento às promoções, viajar na baixa temporada são algumas dicas para comprar aquela passagem

É preciso se planejar com antecedência e pesquisar muito para comprar passagens com desconto
Getty Images
É preciso se planejar com antecedência e pesquisar muito para comprar passagens com desconto
O médico Rodrigo Purisch, do blog Aquela Passagem , um dos melhores guias sobre aviação no País, dá dicas para conseguir aquela barganha. A primeira delas é planeje-se antes. Para voos internacionais, o ideal é comprar com antecedência de três a quatro meses da data marcada para a viagem. Já para voos nacionais, Purisch sugere adquirir o bilhete com cerca de 30 a 40 dias de antecedência, na baixa temporada, e cerca de dois meses para picos de demanda.

Voe na baixa temporada: Segundo Purisch, períodos de férias e feriados, tanto no Brasil quanto no exterior, elevam a demanda de voos e os preços. Além disso, as grandes promoções costumam acontecer na baixa estação.

Prefira os dias da semana: Se, como muitas pessoas, você gostaria de embarcar em uma sexta-feira à noite para passar o fim de semana em outro lugar, prepare-se para pagar a mais por isso. Em geral, os voos internos com saídas no meio da semana, sábado à noite e domingo pela manhã têm preços mais baixos. Os voos internacionais podem ter tarifas mais caras aos sábados e domingo à noite.

Viaje na madrugada: Costumam ter preços mais baixos horários de menor demanda, chamados de off peak. São os voos com saídas fora dos intervalos entre 7h e 10h e 17h e 20h, em especial durante a madrugada.

Pesquise muito: Antes de comprar uma passagem compare os preços com as concorrentes. Há alguns sites que rastreiam os preços mais baratos em diferentes companhias aéreas, auxiliando você a decidir pela melhor compra. Entre eles, há os nacionais, Submarino e Decolar , e os internacionais, Kayak e Expedia . Purisch alerta que apesar desses sites facilitarem seu trabalho, vale a pena continuar pesquisando nos sites das próprias companhias aéreas.

Fique informado: Para não perder nenhuma barganha, é preciso estar muito bem informado. Além de visitas periódicas aos sites das companhias aéreas, vale assinar os boletins de notícias (newsletters) e seguir o twitter oficial das companhias aéreas.

Veja os twitters de algumas empresas aéreas nacionais:

Azul
Gol
Passaredo
Tam
Trip
Webjet

Use as milhas: Inscrever-se em programas de fidelidade pode lhe garantir no futuro uma passagem-prêmio. Fique de olho em promoções que dão um número de milhas maior por trecho percorrido ou as que dão passagens por um número menor de milhas. E, se você sabe conter seus impulsos consumistas, dá para acumular milhas com cartões de crédito associados, locadoras de veículos, hotéis e postos de gasolina.

Atenção às linhas miúdas: Para o barato não sair caro, é bom prestar atenção nas regras das tarifas promocionais. Em alguns casos, são dadas multas altas nos casos de alteração de data, mudança de rota e cancelamento. Além disso, aquele preço promocional pode não existir mais caso você tenha que mudar a data da viagem. Veja também o limite de bagagem permitida, principalmente, no caso de companhias low cost .


Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.