Veja como arrumar pertences e roupas para deixar a bagagem mais organizada

Fazer a mala de viagem é considerado por muitos uma arte. Além de avaliar o que deve ser levado, sem excessos nem falta, organizar as roupas e acessórios para economizar espaço pode ser fundamental. Afinal de contas, a volta sempre fica mais pesada, e a bagagem acaba contando com lembrancinhas e outros apetrechos adquiridos no destino de férias.

Para facilitar a vida de quem já está praticamente com os pés no carro, barco ou avião, o iG Turismo dá dicas para tornar a tarefa bem mais fácil. Confira.

Selecione bem as roupas e acessórios que realmente precisam ser levados, sem exageros
Thinkstock
Selecione bem as roupas e acessórios que realmente precisam ser levados, sem exageros

Divida os pertences
Antes de se deixar levar pelo desejo de comprar aquele enorme nécessaire que viu na loja, pense duas vezes: a organizadora pessoal Lucy Mizael diz que não é preciso exagerar. “Frasqueira de mão para as mulheres e nécessaire para os homens podem carregar os produtos de higiene pessoal”, diz ela. “Não leve o estojo completo de maquiagem: selecione conforme o clima, destino e ambiente que irá frequentar”. O mesmo vale para as bijuterias e joias. Pequenos saquinhos são bem-vindos também porque podem ser colocados em vários cantinhos da mala. Mas é preciso ter atenção para não esquecê-los no quarto do hotel na hora de voltar para casa.

Leia também: Produtos que ajudam a ganhar espaço na mala

Arrume a roupa
Depois de selecionar bem os conjuntos de roupa que irão vesti-lo na viagem, pode começar a preencher a mala com rolinhos bem apertados de roupas sintéticas, de malha ou jeans, calçados ensacados e peças de roupas pesadas bem dobradas. A dica é dispor por cima as roupas mais leves, como blusas e camisas dobradas. A próxima camada deve ser preenchida com peças de tecido mais fáceis de amassar – como calças, saias e vestidos –, que devem ser dobradas no maior tamanho possível, seguindo o formato de retângulo. Manter as roupas bem compactas evita “escorregões” quando a mala é manuseada.

Encaixe os acessórios
Cintos podem ser esticados contornando as laterais internas da mala. As meias podem ser colocadas dentro dos sapatos, para economizar espaço. Evite levar sapatos de salto muito alto, pois podem danificar outras peças e geram muito volume. Escolha também uma bolsa resistente (couro é o ideal) com as cores marrom e preta, coordenadas para combinar com tudo. Dessa forma, não haverá outra dentro da mala.

Ignorando o dispensável
Ferros elétricos até podem parecer uma boa ideia à primeira vista, mas pesam muito e só atrapalham durante a viagem. Se precisar, procure o serviço de lavanderia do hotel. Caso se hospede em pousadas ou albergues, poderá contar com o serviço nos arredores da hospedagem. Também escolha, no máximo, dois livros, para não ficar tentado a ler demais. Caso seja escrava do secador de cabelo, certifique-se de que a hospedagem não oferece o equipamento ao hóspede.

Preveja situações
Bastará um dia para que parte da roupa fique suja. “Leve um saco plástico para separá-la das peças limpas”, lembra a organizadora pessoal Lucy Mizael. Outra situação que deve ser pensada é a possibilidade de a mala ser extraviada. Por isso, se estiver viajando com alguém, misture as peças para que ambos tenham ao menos um estepe em caso de alguma bagagem sumir. Leve máquinas fotográficas, smartphones e laptops sempre na bagagem de mão.

Continue lendo:

Sacos redutores, como estes da Space Bag Brasil (a partir de R$ 25), ajudam a ganhar espaço na bagagem
Divulgação
Sacos redutores, como estes da Space Bag Brasil (a partir de R$ 25), ajudam a ganhar espaço na bagagem



Produtos que ajudam a ganhar espaco na mala

Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.