O problema atinge 30% da população mundial, pode gerar diversos efeitos colaterais no corpo e possui relação com os transtornos de ansiedade

Você sabe o que é a aerofobia? Esse é o nome dado ao medo que algumas pessoas têm de voar de avião. O problema, que atinge 30% da população mundial, está ligado aos transtornos da ansiedade. Essa fobia não dá apenas frio na barriga, mas também pode provocar outras diversas reações no corpo que se tornam um risco para a própria pessoa e para quem está em volta.

Leia também: Horas de voo: 6 dicas para aguentar uma viagem de avião muito longa

Evitar alguns comportamentos na hora de viajar de avião podem ajudar a melhorar a fobia
shutterstock
Evitar alguns comportamentos na hora de viajar de avião podem ajudar a melhorar a fobia


“O medo de voar realmente pode interferir na vida da pessoa, principalmente quando a profissão exige deslocamentos constantes. Para evitar constrangimentos e riscos à saúde, o ideal é procurar tratamento”, diz Fernanda Queiroz, psicóloga e cofundadora da VOE Psicologia.

Se você faz parte do grupo de pessoas que sofrem com a aerofobia, saiba que existem alguns comportamentos que você pode tentar evitar para ter um voo mais tranquilo.

1. Tomar medicamentos sem prescrição médica

Para aliviar o pânico, é comum que passageiros se automediquem. Porém, se isso já é perigoso em terra, imagine no ar. Quando você está em um avião, a oxigenação diminui devido à altitude e isso gera cansaço e sonolência, então, se tomar um remédio que dê sono, o efeito será potencializado, podendo resultar em confusão mental, delírio e outros efeitos colaterais.

2. Beber antes ou durante o voo

Consumir bebida alcoólica pode até dar uma sensação de relaxamento, mas como os níveis de oxigênio no sangue ficam baixos durante o voo, você sentirá mais sonolência e cansaço. O álcool também afeta o estado de consciência e pode elevar os níveis de ansiedade.

Leia também: Guia de boas maneiras no avião

3. Misturar medicamentos com álcool

Se separados já causam, imagina juntos. Essa perigosa mistura pode fazer com que a pessoa entre em coma, pois pode levar a uma depressão do sistema nervoso central, tornando a função cerebral mais lenta. Lembre-se que entrar em coma dentro de um avião, pode ser algo fatal, devido a falta de recursos.  

4. Perturbar os outros passageiros

Uma pessoa com medo geralmente fica ansiosa e como consequência, pode se descontrolar e tomar algumas atitudes impulsivas. Você até pode puxar assunto para tentar descontrair, mas veja se a pessoa ao lado quer papo. Quando estiver conversando, não fale do medo de voar, opte por falar de assuntos leves. O segredo é evitar passar o medo que sente para os outros passageiros.

5. Incomodar a tripulação

Outra atitude comum de quem está com medo é fazer perguntas a todo o momento para os funcionários do avião. Evite chamar a tripulação para saber se o avião já está chegando ao destino, se há algum problema no voo ou algo do tipo.

Leia também: Veja dicas de como diminuir enjoo durante viagem de avião

6. Desobedecer às regras de voo

Ficar andando pelo corredor ou indo ao banheiro toda hora não vai resolver as coisas. Segure a ansiedade ao voar de avião, mas se não conseguir ficar parado escolha um assento no corredor, assim fica mais fácil para você sair da poltrona. Durante o serviço de bordo, procure ficar no lugar e respeite as orientações dadas pelos comissários de bordo. Tudo é pela sua segurança!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.