iG - Internet Group

iBest

brTurbo

Programe-se para as festas de São João do Nordeste
Confira 15 roteiros de festas juninas por diferentes cidades do Nordeste. Não vão faltar comidas típicas, quadrilhas, shows musicais e forró pé de serra

Alessandra Oggioni, especial para o iG Turismo


São João de Campina Grande (Paraíba)

Divulgação

Campina Grande disputa com Caruraru o título de maior São João do mundo

As atrações do grandioso São João de Campina Grande, uma das maiores festas juninas do mundo, ficam concentradas no Parque do Povo, espaço com mais de 42 mil m². Nos 31 dias de festejos, serão mais de mil horas de forró, 150 barracas de comida e 80 camarotes, para um público estimado em mais de 2 milhões de pessoas.

Neste ano, o evento vai homenagear dois nomes da cultura nordestina: o cantor Genival Lacerda – que completa 80 anos e fará um show no penúltimo dia de festa – e o poeta cordelista Manoel Monteiro. Haverá um palco duplo para shows de artistas locais e nacionais e grupos folclóricos, além de apresentações de repentistas, competições de quadrilhas juninas e muito forró pé de serra, com mais de 150 trios.

Entre as novidades da festa está o “Expresso Forrozeiro”, um trem turístico que parte da Estação Velha e vai até o distrito de Galante com vagões animados por grupos que tocam sanfona, triângulo e zabumba. Para conhecer melhor a capital paraibana, réplicas que retratam a história de Campina Grande serão montadas no Parque do Povo, a exemplo da Catedral Nossa Senhora da Conceição e do vilarejo que leva o nome originário da cidade, a Vila Nova da Rainha.

Para embelezar ainda mais a festa de Campina Grande, haverá o Círio de São João, uma cavalgada em homenagem ao santo, que acontece no dia 24 de junho, além de uma fogueira de 18 metros de altura e shows pirotécnicos com duas toneladas de fogos de artifício, com duração de 15 minutos.

Quando: 3 de junho a 3 de julho
Destaques da programação: Dominguinhos (18/06), Elba Ramalho (23/06), Zé Ramalho (30/06) e Genival Lacerda (02/07) e shows pirotécnicos (03/06, 23/06 e 03/07)

 

São João de Caruaru (Pernambuco)

AE

Festa de São João de Caruaru recebe mais de um milhão de visitantes

Localizada no agreste de Pernambuco, a 140 quilômetros de Recife, Caruaru é considerada a capital do forró. Neste ano, a festa estará um pouco mais curta, com 26 dias de São João, ao invés de 30. Como parte dos festejos dos 154 anos da cidade, o evento terá shows de artistas locais e nacionais, incluindo o grupo de axé baiano Chiclete com Banana, que se apresenta no dia 18 de junho.

Além de dançar ao som do forró pé de serra, quem participar dos festejos também poderá curtir as apresentações dos tradicionais grupos de bacamarteiros – desfile ao som de xaxado que serve para “acordar” os santos juninos e homenagear os soldados nordestinos que lutaram na Guerra do Paraguai – e das bandas de pífano, antigo instrumento de percussão e sopro, parecido com flauta, característico da música folclórica brasileira.

O São João de Caruaru tem, ainda, apresentações de quadrilhas estilizadas, como a gaydrilha, e muita comida típica, além de quitutes diferenciados e “exagerados”, como o maior bolo de macaxeira do mundo, o festival do milho verde e a festa da canjica gigante.   


Quando:
de 04 de junho a 29 de junho.
Destaques da programação: shows de Elba Ramalho (04/06), Mastruz com Leite (11/06), Chiclete com Banana (18/06), Zé Ramalho (26/06) e Aviões do Forró (29/06) e festas típicas como a da Canjica Gigante (18/06) e o Festival do Milho do Murici (29/06).

 

São João de São Luís (Maranhão)

SXC

A grande estrela do São João de São Luís é o bumba-meu-boi

Em São Luís, capital maranhense, os festejos de São João são um pouco diferentes: o forró cede espaço às matracas e às zabumbas do bumba-meu-boi, sem falar nas apresentações de tambor de crioula e de danças como o cacuriá, portuguesa, do coco e da fita. Elas acontecem em diversos bairros da cidade.

Apesar de o arraial do Maranhão ter como atração central as centenas de grupos folclóricos de bumba-meu-boi, as tradicionais quadrilhas e os shows com artistas locais também ganham espaço no grandioso evento. As comidas típicas são outra atração a parte, já que as barraquinhas oferecem delícias da culinária local, como o arroz de cuxá com peixe frito.

O dia de São Pedro, 29 de junho, é um dos mais movimentados da festa. Nesta data, acontece o tradicional encontro de bois de matraca, no Largo de São Pedro, reunindo multidões de moradores e turistas e atravessando toda a madrugada, até a chegada do dia 30, quando o homenageado é São Marçal. (Veja outros motivos para conhecer São Luís do Maranhão)

Quando: de 01 de junho a 03 de julho.
Destaques da programação: shows de grupos folclóricos de bumba-meu-boi (ainda sem calendário definido pela organização do evento) e encontro de bois de matraca (29/06).

 

São João de Amargosa (Bahia)

Divulgação/Eduardo Pelosi

Festa de São João de Amargosa tem noites animadas por grandes bandas

Um pouco mais distante de Salvador, a 240 quilômetros, Amargosa – conhecida como “Cidade Jardim” – promete fazer o “São João Sustentável”, pregando a consciência ambiental com uma decoração feita de materiais reciclados.

Neste ano, serão dez dias de festa, com destaque para a programação infantil, com atividades culturais e de entretenimento. Na Vila Amargosa, montada no estilo de roça, as crianças vão poder participar de quadrilhas, cantar no coral e brincar no pau de sebo.

Para animar as noites da festa, a cidade promete shows com artistas locais de forró e destaques da música nacional. Entre os cantores previstos para o São João deste ano estão Elba Ramalho, Chiclete com Banana, Banda Eva, Luan Santana e Leonardo.

Quando: de 17 a 26 de junho.
Destaques da programação: atividades infantis na Vila Amargosa e show de Elba Ramalho (24/06).

 

São João de Cruz das Almas (Bahia)

Getty Images

Tradicional guerra de espadas no São João de Cruz das Almas

Com muitas atrações, o interior baiano conta também com os festejos de Cruz das Almas, cidade localizada a 145 quilômetros de Salvador. É nas ruas do município, no dia 24 de junho, que acontece a Guerra de Espadas, um espetáculo noturno que utiliza roupas especiais – uma espécie de armadura – e fogos de artifício.

O arraial de Cruz das Almas está concentrado em dois grandes palcos: um no Parque Sumaúma e o outro na Praça Ramiro Eloy Passos (conhecida como Praça Multiuso). Além de shows de forró de grandes bandas e artistas nordestinos, também já estão confirmados a dupla César Menotti e Fabiano e o grupo Calypso.

A cidade espera receber 100 mil visitantes durante os cinco dias de festa, que terá, ainda, comidas e bebidas típicas, quadrilhas juninas, feira de artesanto e atrações e brincadeiras para o público infantil.

Quando: de 22 a 26 de junho.
Destaques da programação: Guerra das Espadas (24/06) e shows de César Menotti e Fabiano (22/06) e Calypso (23/06).

 

São João de Piritiba (Bahia)

Outra cidade do interior baiano que presta homenagens a São João é Piritiba, a cerca de 300 quilômetros de Salvador, na encosta da Chapada Diamantina. Ali, a festa é bem tradicional: com fogueiras, bandeirinhas coloridas, forró pé de serra, apresentação de quadrilhas e muita comida típica, como o beiju, doce à base da goma da tapioca vendido nas diversas barraquinhas de palha de ouricuri.

O cenário é a Praça Getúlio Vargas, onde dois grandes palcos serão montados para os shows musicais, como o da cantora Paula Fernandes, marcado para o dia 25 de junho.

Outra tradição na cidade é o concurso de ornamentação das ruas, realizado nos dias que antecedem ao de São João. Muitos moradores participam da disputa promovida pela prefeitura ao enfeitar as casas e os bairros com bandeirinhas e adereços típicos.

Quando: de 23 a 26 de junho.
Destaques da programação: apresentação de quadrilhas e show da cantora Paula Fernandes (25/06).

 

São João de Barra (Bahia)

A oeste do estado, distante 650 quilômetros da capital, Barra costuma receber 20 mil visitantes nos nove dias de São João. Ali acontecem as apresentações de clubes juninos, como Riachuelo, Curuzu e Humaitá, que desfilam na noite do dia 23 de junho, na Praça Barão de Cotegipe.

Neste ano, além da apresentação de quadrilhas e dos shows de artistas como Amado Batista e Magníficos, os visitantes poderão conhecer as belezas da região com a Barca Nina, embarcação que realiza passeios turísticos pelos rios Grande e São Francisco, ao som de muito forró. Outro atrativo será a encenação da Guerra do Paraguai, interpretada por atores locais há mais de um século.

Receptiva e organizada, a cidade se prepara para receber os turistas com uma iluminação especial e decoração ao estilo “caipira”. Os festejos juninos se juntam às comemorações dos 135 anos de emancipação de Barra, marcada por eventos como o Festival da Tilápia e a Vila dos Artesãos.

Quando: de 15 a 24 de junho.
Destaques da programação: desfile de clubes juninos na Barra (23/06) e show de Amado Batista (16/06).

 

São João de Santo Antônio de Jesus (Bahia)

Antes mesmo de o tradicional São João de Santo Antônio de Jesus começar, a cidade já entra em festa com a comemoração do dia do padroeiro, 13 de junho, com 50 barracas com comidas regionais, procissão e shows em várias ruas da cidade.

Logo depois, de 22 a 25 de junho, a festa em Santo Antônio de Jesus, a 185 quilômetros de Salvador, vira um verdadeiro arraial, com uma grande estrutura montada para receber shows de artistas locais e nomes da música nacional, como os grupos Calcinha Preta, Cavaleiros do Forró e Aviões do Forró, além dos cantores Sérgio Reis e Ivete Sangalo. Na “Vila do Forró”, área de 22 mil m², haverá palcos interligados para receber os artistas e um coreto com grupos de forró pé de serra.

A festa de Santo Antônio costuma atrair os turistas que gostam de participar de atrações juninas tradicionais, como pular fogueira com o pau de fita, subir no pau de sebo, tomar quentão e comer delícias da época, como pamonha e arroz doce.

Quando: de 22 a 25 de junho.
Destaques da programação: show de Ivete Sangalo (23/06).

 

São João de Jequié (Bahia)

Getty Images

A cidade de Jequié tem São João ao ritmo de baião, xote, forró e xaxado

No São João deste ano, a cidade de Jequié, distante 365 quilômetros de Salvador, fará uma homenagem à cantora Elba Ramalho, que se apresentará na Praça da Bandeira ao lado de Dominguinhos e de grupos de baião, xote, forró e xaxado.

A cidade também é conhecida pelas chamadas “festas de camisa”, que neste ano apresentarão shows de Ivete Sangalo, no Forró das Margaridas, Capital Inicial, no Forró Namoral, e Psirico, no Forró da Budega.

Serão 25 dias de muito arrasta-pé, quadrilhas, comidas típicas e diversos tipos de licores. Quem quiser, pode aproveitar a ocasião para conhecer as belezas naturais da região, como a cachoeira do Rio da Pedra e a Prainha, às margens da Barragem da Pedra. 

Quando: de 1º a 25 de junho.
Destaques da programação: shows de Elba Ramalho (25/06) e Dominguinhos (25/06).

 

São João de Senhor do Bonfim (Bahia)

AE

Guerra de espadas também é tradição no São João de Senhor do Bonfim

Considerada a “capital baiana do forró”, a cidade de Senhor do Bonfim, a 370 quilômetros de Salvador, atrai turistas especialmente pela festa com foco na cultura regional, com muita sanfona, quadrilha, banda de pífanos, guerra de espadas em volta das fogueiras e alvoradas juninas, que animarão o público durante a madrugada ao som de forró.

A festa acontece de 22 a 26 de junho, no Espaço Gonzagão (Parque da Cidade). Neste ano, confirmaram presença os cantores Zé Ramalho e Nino Coutinho e os grupos Garota Safada, Magníficos e Trio Nordestino.

Além do grandioso arraial de Senhor do Bonfim, também acontecem festas privadas pela cidade. Uma delas é o Forró do Sfrega, que pretende reunir 25 mil pessoas a cada dia de show. Entre os artistas confirmados para o evento estão Asa de Águia, Aviões do Forró e Harmonia do Samba.

Quando: de 22 a 26 de junho.
Destaques da programação: show de Zé Ramalho (24/06) e apresentações de banda de pífanos.

 

São João de Salvador (Bahia)

AE

O Pelourinho é todo decorado para a festa de São João

Além das cidades do interior baiano, a capital Salvador também tem festa junina garantida. As atrações acontecem no centro histórico, de 17 a 25 de junho, com palcos montados no Terreiro de Jesus e em outras três praças.

Os festejos de São João de Salvador ganharam força no calendário turístico da cidade há três anos, especialmente no período pré-junino, quando diversas bandas e cantores fazem seus “ensaios” na capital baiana. Neste ano, a abertura do São João contará com a presença de Gilberto Gil.

As festas gratuitas se concentram especialmente no Pelourinho e incluem concurso de quadrilhas, shows de forró e muito quitute junino, além de opções da culinária baiana, como o acarajé. Para beber, o cravinho, bebida à base de cachaça e cravo, faz companhia aos famosos quentão e vinho quente.

Quando: de 17 a 25 de junho.
Destaques da programação: show de Gilberto Gil (17/06) e comidas típicas no Pelourinho.

 

Mossoró Cidade Junina (Rio Grande do Norte)

A diversidade de atrações é uma das marcas da 15ª edição do Mossoró Cidade Junina, a 280 quilômetros de Natal. O evento tem de tudo um pouco: do forró eletrônico ao pé de serra, teatro, shows de humor, feira de artesanato, seminários e projetos culturais voltados para o artista popular.

Realizada no Circuito do Forró, no Corredor Cultural da avenida Rio Branco, a festa terá mais de cem shows durante o ano, com nomes como Aviões do Forró, Mastruz com Leite e Maria Cecília e Rodolfo. Quem curte teatro, poderá assistir ao espetáculo “Chuva de Bala no País de Mossoró”, que conta a história da resistência do povo de Mossoró ao bando de Lampião.

A programação do São João de Mossoró reúne atrações que agradam a todos os públicos. Para as crianças, há brincadeiras populares, pau de arara eletrônico e concurso de maquetes juninas. Já os adultos podem ser divertir no festival de poetas repentistas, nos shows de sanfoneiros e nos concursos de piadas, além de se deliciarem com a grande diversidade de comidas típicas. As apresentações se dividem nos palcos da Estação das Artes, na Praça da Convivência, no Memorial Jazz, na Cidadela Junina e na Praça de Eventos. (Confira os encantos do Rio Grande do Norte)

Quando: de 4 a 28 de junho.
Destaques da programação: Teatro Chuva de Bala (09/06), shows de Aviões do Forró (10/06) e Maria Cecília e Rodolfo (28/06).

 

São João de Assú (Rio Grande do Norte)

Divulgação

Animado carnaval de Assú começa no dia 12 e vai até o dia 25

Localizada a 220 quilômetros de Natal, a cidade de Assú é palco de um tradicional São João no Rio Grande do Norte. A festa começa no dia 12 de junho e vai até o dia 25, com muito forró e outros ritmos. Já estão confirmados shows com os cantores Leonardo e Zé Ramalho, além do sanfoneiro Waldonis, que vai comandar o tradicional “Arraiá do Jegue”.

Além do arrasta-pé, o evento traz um festival de violeiros e repentistas, quadrilhas estilizadas, teatro de bonecos, corrida de jegues e o espetáculo teatral ao ar livre “Oratório de João na Terra da Poesia”, que encena a vida do apóstolo São João Batista.

Neste ano, a volta da “Vaquejada de São João Batista”, que estava fora da programação há oito anos, é uma das atrações mais esperadas. Trata-se da disputa entre duplas de vaqueiros montadas a cavalo que perseguem o boi até derrubá-lo no local demarcado.

Quando: de 12 a 25 de junho.
Destaques da programação: corrida de jegues (19/06), Vaquejada de São João Batista (18/06 e 19/06), shows de Cavaleiros do Forró (16/06), Leonardo (19/06) e Zé Ramalho (22/06).

 

Forró Caju - Aracaju (Sergipe)

Em Sergipe, o Forró Caju, tradicional festa junina na capital Aracaju, deve reunir cerca de 100 mil pessoas a cada dia de evento. As atrações acontecem pela extensão do centro histórico da cidade, incluindo quadrilhas, apresentações de trios de forró pé de serra e até professores para ensinar os turistas a dançarem o ritmo mais tradicional do Nordeste.

O número de shows é grandioso e bem variado. As apresentações musicais reunirão artistas como Calcinha Preta, Aviões do Forró, Fagner, Zé Ramalho, Alceu Valença, Genival Lacerda e Elba Ramalho.

Haverá também um palco alternativo, montado no mercado Thales Ferraz, para apresentação de artistas locais, a exemplo da Orquestra Sinfônica de Aracaju, que faz show na abertura da festa, no dia 17 de junho. (Confira guia para descobrir o Sergipe)

Quando: de 17 a 29 de junho.
Destaques da programação: shows de Dominguinhos e Zé Ramalho (23/06), Alceu Valença e banda Calypso (24/06), Fagner (25/06) e Elba Ramalho (28/06).

 

Juaforró de Juazeiro do Norte (Ceará)

Em comemoração ao centenário da cidade de Juazeiro do Norte, no Ceará, o Juaforró começou mais cedo, de 21 a 28 de maio, mas os festejos se estenderão até o mês de julho.

Nesta 11ª edição, artistas se apresentam nos dois palcos do Parque de Eventos Padre Cícero. Quem preferir dançar o forró pé de serra pode ir ao “Palhoção”, espaço reservado exclusivamente ao ritmo, onde sanfoneiros se revezam para animar o público.

Além dos shows musicais, Juazeiro do Norte, que fica a 530 quilômetros de Fortaleza, será palco de apresentações de teatro ao ar livre, encenado na cidade cenográfica montada no local. Grupos de tradição popular e folclóricos também têm espaço garantido, assim como as comidas típicas e as competições de quadrilhas.

Quando: de 21 a 28 de maio (programação também nos meses de junho e julho).
Destaques da programação: as atrações para os próximos meses ainda não foram divulgadas pela organização do evento.

 

- Voltar para a matéria principal

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias