iG - Internet Group

iBest

brTurbo

O essencial de São Luís do Maranhão
Única capital brasileira fundada por franceses, São Luís é uma bela ilha que acumula alguns “apelidos”simpáticos: de Jamaica Brasileira, por causa da paixão do seu povo pelo reggae, até Ilha do Amor, por causa do romantismo presente em vários cantos da cidade, a capital do Maranhão tem muito a mostrar.

Fernanda Castello Branco

Acordo Ortográfico

- Como chegar e se locomover em São Luís
- Onde ficar e o que comer em São Luís
- Arredores de São Luís
- Atrações para as crianças em São Luís
- Compras em São Luís

VEJA GALERIA DE FOTOS DE SÃO LUÍS

Uma festa junina única, diferente de todas existentes no resto do Brasil, com a tradição do Bumba-meu-boi falando mais alto, é uma das atrações da cidade. Um conjunto arquitetônico belíssimo, que rendeu a São Luís o título de Patrimônio da Humanidade, dado pela Unesco em 1997, é outro bom motivo para conhecer essa cidade, atualmente com cerca de 1 milhão de habitantes.

Principais atrações:

- Centro histórico

Há passeios pelo centro histórico de São Luís, promovidos pelo Centro de Informações Turísticas (em frente à Igreja da Sé). Basta chegar, se inscrever em um dos grupos e sair passeando, acompanhado por um guia. Uma coisa bacana do passeio é que vultos da história do Maranhão, como Ana Jansen, Benedito Leite, Daniel de La Touche e Catarina Mina, aparecem no meio dos visitantes. O acervo arquitetônico de São Luís impressiona pela beleza e grandiosidade: são cerca de 3500 prédios espalhados por mais de 220 hectares de centro histórico.

- Praias

São Luís é uma ilha. Ou seja, praia não vai faltar para você se deliciar. Entre as mais frequentadas pelos moradores estão a de São Marcos, Calhau e Araçagy. Na praia do Araçagy, acontece uma coisa típica da cidade: os carros podem transitar pela areia e as pessoas estacionam, ligam o som e são atendidas pelos garçons dos bares ali mesmo, do lado dos seus carros. Isso gera uma “poluição sonora”, mas, dependendo do lugar escolhido, não chega a ser insuportável.

- Reggae

Conhecida como a Jamaica Brasileira, São Luís tem no reggae a maior opção de lazer para todas as classes sociais. Não deixe de conhecer um clube de reggae ou visitar algum bar que se especializou no ritmo jamaicano, e ver de perto como os maranhenses dançam. Ao contrário dos pulinhos vistos por aí, em São Luís dança-se reggae bem agarradinho! Entre os clubes mais tradicionais está o Espaço Aberto, no bairro do São Francisco. Atualmente, o Bar do Nelson, na Avenida Litorânea, Praia do Calhau, é muito frequentado pelo público jovem e de classe média.

- Ceprama
Rua de São Pantaleão, 1232 - Madre Deus

O prédio de três mil metros quadrados onde funciona o centro de artesanato já vale o passeio. Quem estiver disposto a gastar, pode encontrar vários produtos locais, como a cachaça tiquira (feita de mandioca e de cor lilás), além de produtos feitos de fibra de buriti, uma árvore bem comum no Maranhão, e de renda de bilro, entre outros materiais. No período junino, a área ao ar livre do Ceprama costuma ser palco de um animado arraial. Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 9 às 19h; sábado, das 9 às 20h; e domingo, das 9 às 13h.

- Madre Deus

O bairro é conhecido por concentrar vários grupos de cultura popular. O carnaval por lá é muito animado (lá fica a sede da Turma do Quinto, uma das escolas de samba mais tradicionais de São Luís), mas vale dar uma voltinha pela Madre Deus em qualquer época do ano. O local é famoso, ainda, por ser reduto de boêmios.

- Bar do Léo
Rua 104, nº 500 - Habitacional Vinhais


Localizado dentro do mercado do bairro do Vinhais, o Bar do Léo é imperdível. Pelo menos para aqueles que gostam de música popular brasileira. Decorado com objetos antigos, o bar é um verdadeiro museu da música. Léo, o dono, é apaixonado por música e exibe ali discos do seu acervo pessoal, clássicos da MPB e raridades.

Veja também:
- Só tem em São Luís
- São Luís tem São João mais diferente do Brasil


Leia mais sobre: São Luís - Maranhão - turismo no Maranhão.

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG




publicidade



Contador de notícias