iG - Internet Group

iBest

brTurbo

Países baratos para viajar: Ásia
Tailândia, Indonésia e Laos são os destinos asiáticos mais econômicos. Confira diária em hotel luxuoso por menos de US$ 20 e prato sofisticado a US$ 0,70  

Camila Sayuri, especial para o iG

 

Tailândia

Getty Images

Só na Tailândia: elefante passeia pelas ruas de Bangcoc


Um dos destinos mais procurados na Ásia, a Tailândia não faz o brasileiro sofrer tanto ao abrir a carteira. E não faltam motivos para se visitar este belo país. Conhecer as ilhas paradisíacas de Phuket e Ko Samui, os belos templos da capital Bangcoc e as mulheres girafas da tribo Padang são apenas alguns exemplos.

Para aproveitar bem gastando pouco, o segredo é pechinchar. No táxi, hotel, lojas e atrações turísticas os vendedores esperam que você peça um descontinho. Há hotéis luxuosos à beira-mar por menos de US$20 por dia e bons restaurantes por menos de US$10. Uma sugestão é se hospedar na bela ilha de Phuket, com belas praias e atrações turísticas.

Quanto precisa: Dá para aproveitar as maravilhas da Tailândia gastando de US$ 30 a 50 por dia.

Pechincha: As famosas massagens tailandesas custam cerca de US$8 por hora.

Onde ficar: Hospedagens podem ser encontradas por US$10 e 20, até menos. Localizado em frente ao mar, o hotel quatro estrelas Pacific Club Resort tem quarto para duas pessoas com diárias a partir de US$ 37, reservando-se com antecedência.

Onde comer: Restaurante badalado na praia de Surin, o Silk Restaurant & Bar serve comida típica tailandesa por cerca de US$7,50.


Indonésia

Getty Images

As praias de Bali são procuradas por surfistas de todo o mundo

 
O gigantesco arquipélago de mais de 17 mil ilhas chama a atenção por sua diversidade cultural, étnica e religiosa. Curiosamente, a maior nação islâmica do mundo tem como principal destino turístico a ilha de Bali, o único lugar de maioria hindu. Neste lugar de contrastes, a miséria da população local é vista ao lado dos sofisticados hotéis e restaurantes de Kuta, em meio a ruas de trânsito caótico.

Bali também é a cidade dos templos, das plantações de arroz e tem uma das mais belas vista do pôr-do-sol. É ainda um dos melhores points de surfe, com uma vida noturna frenética e incansável. Acima de tudo isto, a ilha é um dos lugares mais baratos para se viajar, apesar de ser um dos mais caros da Indonésia.

Quanto gastar: Uma noite em um hotel confortável, comendo em um bom restaurante local e ainda fazendo uma relaxante massagem de uma hora por US$35.

Pechincha: Uma forma de economizar viajando por lá, especialmente se estiver em grupo ou família, é combinar com um taxista um tour por alguns dos principais destinos turísticos. Por cerca de US$ 30 ele fica o dia inteiro com você e seus acompanhantes.

Onde ficar: Dá para encontrar bangalôs na praia por menos de US$ 10, como o Linda Bungalows, em Nusa Lenbongan. Uma opção mais refinida é o hotel spa de quatro estrelas Tjampuhan por US$ 64 dólares a suíte, em Ubud.

Onde comer: Bali é farta em opções de restaurantes de comida asiática e ocidental a menos de US$5. São uma boa pedida os restaurantes Batan Waru e Ibu Oka, em Ubud.


Laos

Getty Images

Crianças participam do festival de água, na capital Luang Prabang


Após anos de guerra e isolamento, Laos tem recebido cada vez mais turistas. O exótico país ainda mantém muito de sua cultura e tradição intactas, o que desperta o interesse dos ocidentais curiosos. Mesmo em sua capital Vientiene, os moradores ainda levam uma vida rural tranquila às margens do rio Mekong.

O principal destino turístico do país, no entanto, é a cidade histórica de Luang Prabang, tombada como patrimônio cultural da humanidade pela Unesco. Lá, centenas de monges circulam por entre as dezenas de templos e monastérios, como o Wat Xieng Thong. Belezas naturais também não faltam, como a cachoeira de Tat Kuang Si e as cavernas de Pak Ou.

Quanto gastar: O turista que viaja para Laos consegue passar o dia facilmente gastando entre US$ 20 a 25, comendo em bons restaurantes de Luang Padang.

Pechincha: Vale a pena acordar bem cedinho para ver a ”ronda das almas”, quando os monges passam recebendo oferendas dos moradores e turistas.

Onde ficar: Dá para encontrar confortáveis hospedagens em Luang Prabang por menos de US$ 20. O belo hotel Sala Prabang é um pouco mais caro, a suíte custa US$ 55, mas tem ar-condicionado e ventilador no quarto, quase uma raridade em Laos.

Onde comer: Luang Prabang possui uma boa gama de restaurantes e preços em conta. O Café des Arts (Tel: 071/252-162) tem pratos de US$0,70 a US$5. Já No Tamnak Lao Restaurant (071/252-525) os preços variam entre US$2 e US$10.

*preços consultados em abril/2010


Não deixe de conferir outras opções de países econômicos:

Países baratos nas Américas
- Países baratos na Europa
- Países baratos na África e no Oriente Médio

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias