iG - Internet Group

iBest

brTurbo

St. Barths, o destino das estrelas
St. Barths, no Caribe, atrai todos os anos vários ricos e famosos para suas praias. Mas o que essa ilha tem de especial?

Carolina Monterisi, iG São Paulo

No último réveillon, uma festa no gigantesco iate de Paul Allen, co-fundador da Microsoft, juntou num mesmo deck Steven Spielberg, Denzel Washington, Linda Evangelista e Jon Bon Jovi. Na mesma época, a cantora Gwen Stefani se divertia na praia com a família, o casal de ouro do hip-hop Beyoncé e Jay-Z relaxava em alto-mar e a garota-problema Lindsay Lohan atraía a atenção dos paparazzi com seus biquínis polêmicos.

É a reunião dessas (e muitas outras) celebridades que faz de St. Barths o lugar mais quente do Caribe. Com apenas 24km2, a ilha é um tradicional reduto dos ricos e famosos, que agitam a marina com seus barcos de luxo durante a alta temporada. 

Divulgação

Os atrativos da ilha são muitos. Com pouco mais de 8 mil habitantes, St. Barths é tranquila e tem o típico cenário caribenho, com mar cristalino e areias brancas. Suas duas dezenas de praias oferecem diversão para todos os tipos de turista. Livre de impostos e com lojas do mundo todo, é um paraíso para quem gosta de boas grifes.

Visitar St. Barths significa provar um pouco desse estilo de vida luxuoso. As casas glamorosas na parte alta da ilha, as favoritas das estrelas, garantem uma vista incrível. Para se hospedar em uma delas, prepare-se para desembolsar por volta de 10 mil dólares por semana (ou mais). Os hotéis bacanas da ilha, apesar de pequenos, também não abrem mão do luxo: durante a alta temporada, suas diárias dificilmente saem por menos de 3 mil dólares.   

 

Brainpix

Durante suas férias em St. Barths, o estilista Marc Jacobs casou-se com o namorado brasileiro Lorenzo Martone


Oficialmente chamada Saint Barthelemy, a ilha parece ter roubado um pouco do charme dos balneários da França, país a qual pertence. Mas também é possível perceber por lá um pouquinho da Suécia, dona do território durante o século 18. Repare nas placas das ruas, na arquitetura de algumas casas e nos nomes de alguns lugares, como da capital, nomeada em homenagem ao rei Gustav II.

Frequentadora da ilha, Vivi Mascaro, colunista social do iG Gente, dá as dicas para quem quer curtir o melhor de St. Barths:


O melhor restaurante:
Maya’s
"O restaurante, que acabou de completar 25 anos, serve comida tradicional da região caribenha. É um dos lugares mais bombados de St. Barths, fica cheio de famosos todos os dias. Foram eles que fizeram o jantar servido na festa de casamento do Marc Jacobs."


O melhor drink: Sex On The Beach
"Em todos os lugares, o drink que todo mundo toma é o Sex On The Beach. Ele é servido em uma garrafa grande e é para ir tomando em shots."


A melhor balada: VIP
"St. Barths não é muito forte em questão de baladas. Além das festas fechadas nos iates, o único lugar bom para ir é a VIP, que também existe em St. Tropez. O staff da casa, inclusive, é o mesmo."


O melhor lugar para relaxar: Isle de France

"A praia em frente ao hotel Isle de France, em Flamand, é a melhor para relaxar. Além de lindo, o lugar ainda conta com o serviço maravilhoso do hotel."


O melhor hotel: Eden Rock

"É um dos mais tradicionais da ilha e mesmo quem não se hospeda lá reserva uma noite para jantar no restaurante do hotel."


Imperdível: passeio de barco
"Quem vai para St. Barths não pode deixar de pegar um barco e passear por fora da ilha, para vê-la do mar. É lindo!"


Conheça mais de St. Barths:

- As praias de St. Barths
- Como chegar em St. Barths
- Onde ficar e o que comer em St. Barths
- Compras em St. Barths
- Vida cultural e noturna de St. Barths
- Informações úteis de St. Barths
- Fotos de St. Barths

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias