iG - Internet Group

iBest

brTurbo

O essencial de Budapeste - Viagem
O Rio Danúbio serpenteia por Budapeste e divide a cidade em duas. Buda, à margem oeste, é montanhosa e tem muitas opções de passeios para quem gosta de caminhar. Peste fica do outro lado, é mais histórica e guarda relíquias arquitetônicas.

Mapa-Mundi - www.mapa-mundi.com

- Fuso-Clima-Visto-Feriados em Budapeste
- Como chegar a Budapeste
- Onde ficar e o que comer em Budapeste
- Atrações para as crianças em Budapeste
- Vida cultural e noturna de Budapeste
- O que ver nos arredores de Budapeste
- Compras em Budapeste
- Informações úteis sobre Budapeste

VEJA A GALERIA DE FOTOS DE BUDAPESTE

Descobrir os encantos de cada pedaço de Budapeste é a graça de qualquer visita. A capital da Hungria ainda guarda o clima místico do Leste Europeu, mas já é possível notar pelas ruas as transformações que vêm ocorrendo depois de décadas de regime comunista.

A principal mudança foi o ingresso na União Europeia, em 2004 - desde então, Budapeste se torna mais e mais europeia. A vida cultural é intensa, com impressionantes apresentações de música clássica. A noturna, então, nem se fala: os húngaros são festeiros. Bares, restaurantes, bistrôs e discotecas ficam lotados de jovens moderninhos.

Entre as atrações imperdíveis em Budapeste e arredores estão os spas e as inúmeras termas. Mas o que realmente é incomparável é o cruzeiro pelo Danúbio. Durante o passeio, o turista conhecerá a história da região e verá as mais belas paisagens panorâmicas de Buda e de Peste.

Principais atrações

1 - Hösök tere (Praça dos Heróis)
Metrô Hösök tere (linha amarela)

É um dos cartões-postais de Budapeste. Situada no final do Boulevard Andrássy út, na entrada do famoso Parque Városliget, a praça sempre foi palco de manifestações políticas e culturais, especialmente na era comunista. No centro, uma coluna de 35 metros de altura rodeada por estátuas equestres que representam heróis nacionais.

2 - Szépmüvészeti Múzeum (Museu de Belas Artes)
XIV Hösök tere. Metrô: Hösök tere (linha amarela)

Localizado na Praça dos Heróis, em um edifício de estilo neoclássico, o museu é o principal da Hungria e reúne obras de arte da Europa Central. São oito seções: arte egípcia, antiguidades, esculturas barrocas, pinturas antigas (com direito a Raphael, Van Dyck, Rembrandt e Velázquez), desenhos e gravuras, telas do século 19, quadros do século 20 e esculturas modernas.

3 - Holokauszt Emlékközpont (Memorial do Holocausto)
IX Páva u. 39. Metrô: Ferenc körut (linha azul)


O centro presta homenagem aos judeus mortos durante a Segunda Guerra Mundial. Aberto em 2004, foi construído dentro de uma sinagoga e exibe documentos, fotografias e outros objetos.

4 - Magyar Állami Operaház (Ópera House)
VI. Andrássy út 22. Metrô: Opera (linha amarela)


É o mais importante palco cultural de Budapeste, casa das companhias nacionais de Ópera e de Balé. Concluído em 1884, na elegante via Andrássy út, tem um interior ricamente decorado com afrescos de dois importantes artistas húngaros, Bertalan Székely e Károly Lotz, além de estátuas de figuras como Beethoven, Mozart, Verdi e Wagner. Faça o tour guiado, todos os dias, às 15 e 16 horas.

5 - Varga Imre Gyüjtemény (Coleção Imre Varga)
III. Laktanya u. 7 Obuda. Trem HÉV de Batthyány tér p/ Árpád híd

Imre Varga é o mais famoso escultor contemporâneo da Hungria. O pequeno museu mostra uma seleção de seus melhores trabalhos. Vale a pena caminhar pelo amplo e belo jardim ao redor do edifício.

6 - Bazilika (Igreja St. Stephen)
V. Szent István tér 33, Pest.  Metrô: Arany János utca (linha azul)

A maior igreja do país levou 50 anos para ficar pronta. Guardou documentos importantes e obras de arte durante a Segunda Guerra Mundial. Em 2003, passou por renovação e hoje segue imponente na Praça Szent István tér, onde turistas passam o tempo nos cafés.

7 - Nemzeti Múzeum (Museu Nacional da Hungria)
VIII. Múzeum krt. 14, Pest. Metrô: Kálvin tér (linha azul)


Situado em um prédio neoclássico de 1847, o museu tem duas importantes exposições permanentes. "The History of the Peoples of Hungary from the Paleolithic Age to the Magyar Conquest" e "The History of the Hungarian People from the Magyar Conquest to 1989" contam por meio de objetos e documentos a história do povo húngaro, desde a migração da Sibéria até os tempos atuais.

8 - Gellért Baths
XI. Kelenhegyi út 4. Trem 47-49 de Deák tér p/ Szent Gellért tér

A mais espetacular casa de banho da cidade fica no Hotel Gellért, o mais antigo spa da Hungria e joia do art nouveau. Destaque para a piscina indoor com colunas de mármore e para a banheira termal em estilo turco.

9 - Parliament
V. Kossuth tér, Pest. Metrô: Kossuth tér (linha vermelha)

Concluído em 1902, o edifício do Parlamento mescla o estilo predominante neogótico com o domo neorrenascentista. A cúpula é decorada com estátuas dos reis húngaros. À beira do Rio Danúbio, é um dos principais símbolos de Budapeste.

10 - Palatinus Strand
XIII. Margit-sziget. Ônibus 26 a partir da Nyugati pu

No meio da Ilha Margaret está esse complexo a céu aberto - praticamente uma praia. Há piscinas termais, piscina de ondas e deques para quem quer tomar sol, além de bares e restaurantes.

VEJA OUTROS GUIAS DE DESTINOS INTERNACIONAIS

Leia mais sobre: Budapeste - viagem à Hungria.

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG


Contador de notícias