iG - Internet Group

iBest

brTurbo

Père Lachaise: cemitério é atração turística em Paris
O maior cemitério do mundo é também o mais famoso, com seus “habitantes” ilustres atraindo visitantes de todas as partes do planeta.

Redação iG Turismo

Acordo Ortográfico

- Cemitérios são museus a céu aberto
- O essencial de Paris

- VEJA FOTOS DO PÈRE LACHAISE

O mais famoso e maior cemitério do mundo fica em Paris, uma das cidades mais visitadas do mundo. O Père Lachaise é um dos pontos turísticos da capital francesa porque, além de ter muitos famosos entre os mortos que lá estão enterrados, o local é, ainda, garantia de um belo passeio. Cerca de dois milhões de pessoas visitam o local por ano.

Coube ao arquiteto neoclássico Alexandre Théodore Brongniart a criação do Père Lachaise, em 1803. A inauguração aconteceu no dia 21 de maio de 1804. De lá para cá, o cemitério já foi reformado várias vezes, sempre sendo ampliado, o que fez com que ele passasse de 17 para 43 hectares.

Inaugurado com o enterro de uma menina desconhecida de apenas cinco anos de idade, o Père Lachaise é hoje conhecido no mundo todo por abrigar as ossadas de célebres das mais variadas áreas.

Um dia é muito pouco para visitar todos os túmulos famosos do cemitério parisiense. Mas não custa fazer uma seleção e fazer uma visitinha aqueles que você mais admira. Não se assuste porque se perder por lá é a coisa mais fácil do mundo. Mas, para facilitar a vida dos visitantes, são vendidos logo na entrada mapas com a localização das sepulturas célebres. Há visitas guiadas também, mas elas são pagas.

Mortos e famosos

Entre as mais de 70 mil sepulturas estão as de celebridades como Jim Morrison, vocalista da banda norte-americana The Doors, morto em Paris em 1971, aos 27 anos. O músico atrai milhares de fãs e curiosos para a sua sepultura, o que já rendeu alguns problemas, como a ameaça de expulsão dos seus restos mortais do Père Lachaise. Fãs fazem verdadeiros rituais ao redor do túmulo de Morrison, o que não agrada todas as famílias de mortos enterrados no cemitério.

Além de ícones pop, escritores como Molière (1622-1673), Balzac (1799-1850), Marcel Proust (1871-1922) e Oscar Wilde (1854-1900) também estão enterrados no famoso cemitério.

Entre os músicos clássicos, destaque para Chopin (1810-1849) e Rossini (1792-1868). As cantoras Maria Callas (1923-1977) e Édith Piaf (1915-1963) também têm túmulos muito visitados todos os dias por turistas e fãs.

Horário de visitação:

De março a novembro, das 8 às 17h30. Sábados e domingos, das 9 às 18h.

Como chegar:

-
De ônibus: 60, 69 ou 102, que vão até a praça Gambetta.
- De metrô: Père Lachaise, Philippe Auguste, Gambetta ou Alexandre Dumas.

Leia mais sobre: Paris - França - cemitérios

Você tem mais informações? Envie para Minha Notícia, o site de jornalismo colaborativo do iG




publicidade



Contador de notícias