Centenárias fazendas de café se transformaram em charmosos hotéis. Conheça algumas delas e faça uma viagem no tempo

Centenárias, as antigas fazendas de café têm muita história para contar. Muitas foram transformadas em hotéis, mas conservam o mesmo jeitinho colonial na arquitetura de janelonas azuis e nos pesados móveis de madeira.

Conheça algumas fazendas tradicionais de São Paulo e do Rio de Janeiro e dê uma volta ao passado. Com pausa para uma boa xícara de café:

Fazenda Ponte Alta – Barra do Piraí - RJ

Para entrar no clima, o visitante é recebido pelo barão de café, a baronesa, a sinhazinha e uma escrava. Em seguida, percorre a propriedade com o Barão de Mambucaba, primeiro dono daquelas terras, que dá uma verdadeira aula de história sobre a fazenda de 1830 e o ciclo do café, quando o Vale do Paraíba concentrava a riqueza do País. Na verdade, são os funcionários do hotel vestindo roupas de época, mas não importa.

A casa grande e a senzala hoje abrigam quartos confortáveis, decorados com móveis e objetos do século 19. Não perca o animado sarau histórico com dramatizações que apresentam o modo de vida das famílias e terminam com danças da época do Império como polca, minueto e valsa. Até dá para arriscar uns passinhos.

Emoldurada por belas montanhas, aproveite a tranquilidade da serra para fazer caminhadas, andar a cavalo e mergulhar no açude e na piscina do hotel. Uma curiosidade: Getúlio Vargas costumava visitar a fazenda com bastante frequência, quando era presidente. Ali ele comemorou seus últimos cinco aniversários.

Endereço: Rua Silas Pereira da Mota, 880 – Parque Santana – Barra do Piraí.
Telefone: (24) 2443-5005
Diária: a partir de R$ 350 o casal. Inclui pensão completa

Leia também: Aproveite o melhor da culinária local durante as viagens


Dona Carolina - Itatiba - SP

A fazenda do século 19, que já foi uma das maiores produtoras de café do País, hoje abriga um requintado hotel. O antigo casarão colonial construído em taipa de pilão foi transformado em área de lazer. Já a estrebaria abriga hoje a sala de leitura e espaço para o chá da tarde.

A programação é recheada de atividades como tirolesa, arco e flecha, oficina de bumerangues e caiaques no lago, além de oito trilhas ecológicas nas redondezas. O hotel ainda conta com piscinas climatizadas, saunas, quadras de tênis, vôlei e campo de futebol.

Amantes de cavalgadas podem fazer uso dos cavalos disponíveis na Fazenda Dona Carolina
Divulgação
Amantes de cavalgadas podem fazer uso dos cavalos disponíveis na Fazenda Dona Carolina
A equipe de recreação está sempre pronta para uma nova brincadeira com a criançada. Já os pais podem fazer um tour pela cachaçaria local e acompanhar o processo de fabricação da aguardente, da moagem da cana até o envasamento.

Cansou? Esqueça da vida com a pescaria no lago ou uma massagem relaxante no spa. De tão bem preservada, a fazenda serviu de cenário para o filme Gaijin, de Tizuka Yamasaki.

Diária: A partir de R$ 831 para o casal. Inclui pensão completa
Endereço: Estrada Manoel Stefani, altura do km 39,5 da Rodovia Itatiba-Bragança.
Telefone: (11) 3120-9699

Leia também: Os 11 melhores lugares para você viajar pelo Brasil

Fazenda União – Rio das Flores - RJ

De longe se vê a fileira das imponentes palmeiras imperiais em frente à casa sede, que pertenceu ao Visconde de Rio Preto. A fazenda foi totalmente restaurada, mas conserva todo o luxo dos tempos áureos do café. E não é para menos, já que a produção de café daqui chegou a representar 1% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

A casa grande exibe lustres de cristais, mesas de jacarandá e paredes pintadas com motivos franceses. Nas confortáveis suítes com pé direito alto, a mobília antiga convive harmoniosamente com modernas televisões de plasma.

Siga o @iGTurismo no Twitter

Todas as refeições são preparadas no forno à lenha, com culinária inspirada em receitas daquela época como o pastel de angu com recheio de carne seca e o funduntum, feito com canjiquinha e recheado com agrião e carne de porco refogada. Para sobremesa, pudim de café. No chá da tarde, o azul da porcelana Limoges e o brilho dos talheres de prata são acompanhados por uma farta mesa com pães, bolos, queijos e geleia, preparados na própria fazenda.

As noites são animadas por danças afro, capoeira e jongo ritmadas por atabaques. Repare nos pés de camélias, presentes em todos os cantos da propriedade. Símbolo do movimento abolicionista, as flores eram usadas nas lapelas ou cultivadas nos jardins por quem lutava pela libertação dos escravos.

Diária: a partir de R$ 500 o casal, com pensão completa
Endereço: Estrada do Abarracamento, quilômetro 3,5 - Rio das Flores,
Telefone: (24) 9915-1210

Leia também: Cinco viagens em uma, em Sergipe

Fazenda Capoava – Itu - SP

Encravada em uma pequena encosta, a casa sede construída de taipa de pilão pelos bandeirantes em meados de 1750, preserva o mesmo charme. A enorme senzala hoje abriga os hóspedes em confortáveis chalés na fazenda que já abrigou plantações de cana de açúcar e café.

Divulgação
Clima interiorano e cenário paradisíaco dão o tom da Fazenda Capoava
As crianças contam com programação especial, sempre acompanhada pelos atenciosos monitores. Dá para esbaldar na piscina e nos campos de futebol e vôlei. O criadouro de aves reúne araras, papagaios e tucanos. E uma simpática família de macacos prego vive em uma ilha, no meio de um grande lago.

Destaque para os mais de 70 cavalos da fazenda. Aproveite para fazer cavalgadas em noites de lua cheia ou para conhecer outras fazendas históricas da região.

Endereço: km 89,9 da Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (antiga Marechal Rondon - saindo de SP, com acesso na saída 59 da Rodovia dos Bandeirantes)
Telefone: (11) 2118-4100
Diária: sob consulta. É possível entrar em contato pelo
site da fazenda

Hospedaria Águas Claras – Itapira - SP

Um cheirinho bom de café insiste em pairar no ar. Aqui, ele ainda é produzido à moda antiga, de maneira artesanal. Vale a pena fazer uma visita guiada para acompanhar todo o processo de fabricação: da colheita nos cafezais, passando pela secagem e torragem dos grãos até a embalagem, com direito, é claro, à degustação.

A fazenda de 1870 preserva a arquitetura nos quartos decorados com móveis pesadões de madeiras e delicados azulejos pintados a mão. Percorra as trilhas até as cachoeiras e os mirantes, de onde se tem uma bela vista da região. Se quiser um pouco mais de adrenalina, troque a caminhada pela mountain bike ou pelo cavalo. Quer mais? Ainda tem rapel, boia cross e rafting. Desse jeito, você nem vai perceber a ausência da televisão.

Endereço: Rodovia SP-147, acesso pelo km 35 - Itapira
Telefone: (11) 3044-1893
Diária: a partir de R$ 510 para o casal. Inclui pensão completa 

Leia também: Os melhores lugares para curtir o outono
________________________________________________________________________

*** O iG Turismo não se responsabiliza pelos preços divulgados, sujeitos a alterações. Sugerimos confirmação prévia. As informações foram atualizadas em em 9 de abril de 2011

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.