Pouco conhecido, Parque Nacional guarda mais de 600 sítios arqueológicos, com pinturas rupestres de até 12 mil anos

As duas pinturas mais famosas da Serra da Capivara:
Ligia Helena
As duas pinturas mais famosas da Serra da Capivara: "Beijo" e as duas capivaras
A 530 km de Teresina, no interior do Estado do Piauí, existe um tesouro pouco conhecido. Espalhado por quatro municípios, o Parque Nacional da Serra da Capivara abriga uma das maiores coleções de arte rupestre do mundo.

Dos mais de 600 sítios arqueológicos que existem dentro do Parque Nacional, 170 estão abertos para a visitação. São registros de ocupação humana que, segundo estudos de arqueólogos e antropólogos, pode chegar até a 100 mil anos de antiguidade. Por sua importância, foi incluído na lista de Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

A aventura já começa na estrada. O jeito mais fácil de chegar à cidade de São Raimundo Nonato, que é a base para esta verdadeira viagem no tempo, é via Petrolina no estado de Pernambuco.

Pouco mais de 300 km de estrada separam as duas cidades, mas devido ao estado das rodovias, a viagem pode levar mais de cinco horas. Bois, bezerros, bodes e cabritos surgem na pista a todo momento, portanto é necessária uma boa dose de prudência no volante.

Uma vez no parque, é indispensável a contratação de um guia. Não é permitida a presença de visitantes sem o acompanhamento de um desses profissionais, que além de saberem os melhores caminhos para os principais pontos de interesse, ainda dão verdadeiras aulas sobre a fauna, flora e história do local. Além disso, devido às dimensões do Parque, é necessário o uso de um automóvel para explorá-lo.
Aí sim, é hora de embrenhar-se pelas trilhas, muito bem sinalizadas, até encontrar paredões de pedras com desenhos que ora retratam animais, ora cenas da vida pré-histórica, como danças, lutas, caça, sexo e parto.
Toca do Boqueirão da Pedra Furada é iluminada a noite
Ligia Helena
Toca do Boqueirão da Pedra Furada é iluminada a noite

É fascinante imaginar há quantos milhares de anos essas pinturas foram feitas e o quanto foram bem conservadas pela natureza. Trata-se de um verdadeiro museu a céu aberto, com pedra no lugar da tela e carvão e minerais como a hematita e o óxido de manganês no lugar da tinta.

Um dos grandes destaques do Parque é o Boqueirão da Pedra Furada. Vale a pena reservar um fim de tarde para visitar este que é o sítio-modelo de escavação arqueológica da região. Nesta parede de pedra estão duas das mais famosas pinturas da Serra da Capivara: os dois animais símbolo do parque e o singelo “Beijo”. Se reservado com antecedência, o visitante pode ver o paredão em uma visita noturna, com uma iluminação excelente para fotos. Próximo ao Boqueirão da Pedra Furada há um bem equipado centro de visitantes. Além de lanchonete e loja de lembrancinhas conta com uma pequena exposição de fósseis de animais pré-históricos que foram encontrados no local. Pode-se ver a mão da preguiça gigante catonyx, os caninos de um tigre dente de sabre e pedaços da carapaça de um panochtus, espécie de tatu que chegava a ter o tamanho de um carro Fusca.

Museu do Homem Americano
Para entender melhor a importância do Parque Nacional da Serra da Capivara, é essencial uma visita ao Museu do Homem Americano. Uma exposição permanente conta a história da presença do homem nas Américas, baseado nas descobertas feitas na região do parque.

Crânios, ossadas, pedras lascadas e objetos como machadinhas e urnas funerárias podem ser vistos de perto. Os vestígios mais antigos têm até 100 mil anos de idade, e os mais recentes são pós-colonização. Uma sofisticada sala multimídia oferece aos visitantes filmes sobre as pinturas rupestres.

COMO CHEGAR:

Avianca (www.avianca.com.br), GOL (www.voegol.com.br), TAM (www.tam.com.br) e Trip (www.voetrip.com.br) têm voos regulares para o Aeroporto Senador Nilo Coelho, em Petrolina (PE).
A partir de Petrolina, siga pela BR - 235 até Remanso, e depois pela BR - 324 até São Raimundo Nonato.

ONDE FICAR :
Hotel Serra da Capivara
Rodovia PI-140, s/nº - Sta Luzia
Tel. (89) 3582-1389 ou (89) 3582-1760

Pousada Zabelê
Praça Major Toinho, 280 - Centro
Tel. (89) 3582-2726 ou (89) 3582-1129

Lelinha Pousada
Rua Dr. Barroso, 249 - Aldeia
Tel. (89) 3582-2490 ou (89) 3582-2281

Albergue Serra da Capivara
Sítio Barreirinho - Zona rural - Coronel José Dias
Tel. (89) 3581-1760

NO PARQUE :
Entrada: R$ 10 (meia-entrada para estudantes e idosos)
Diária do guia: R$ 75 (para grupos de até oito pessoas)

PARA A CONTRATAÇÃO DE GUIAS :
Selva Branca Turismo e Aventura - (89) - 9405-4607
Agência Trilhas da Capivara - (89) - 3582-1294

* A repórter viajou a convite da Assimptur, da TAM e da Associação São-Raimundense dos Empreendedores de Turismo
** Preços pesquisados em maio/2011

*** O iG Turismo não se responsabiliza pelos preços divulgados, que estão sujeitos a alterações. Sugerimos confirmação prévia .

Acompanhe as novidades do iG Turismo também pelo Twitter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.