Fazenda particular tem permissão para explorar turismo em caverna

A partir do Poço Encantado, siga por 20 quilômetros até a estrada para Itaeté. São mais 17 quilômetros até o Rio Paraguaçu, onde uma canoa leva os turistas de uma margem à outra.

Turistas podem dar um mergulho no Poço Azul, no interior de uma caverna
Flickr / Deltafrut
Turistas podem dar um mergulho no Poço Azul, no interior de uma caverna
Após atravessar as plantações de mamona, você encontra a entrada para o Poço Azul - descer, só depois de tomar uma ducha. Doze pessoas por vez entram na caverna, guiadas por um salva-vidas. Além de apreciar a água azulada, dá para nadar no riacho, que chega a 20 metros de profundidade.

"A cada dia existem mais limitações, tanto para reduzir o impacto ambiental quanto por questões de segurança", diz Ismael Braga Junior, salva-vidas e filho do dono do Poço Azul. Assim como o Poço Encantado, trata-se de uma fazenda particular com permissão para explorar o turismo


Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.