Eles são imensos, desafiadores e reservam algumas das paisagens mais belas do País

Pontos culminantes do Brasil revelam paisagens únicas e inesquecíveis
Evelyn Araripe
Pontos culminantes do Brasil revelam paisagens únicas e inesquecíveis
São dias e mais dias de longas caminhadas . Pouquíssimo conforto. Mochila pesada nas costas, frio, calor, sol forte e chuvas. Mosquitos, mato e um desgaste físico maior do que longas maratonas. No final, a recompensa: estar no topo de um dos picos mais altos do País e ter como prêmio paisagens únicas avistadas apenas por alguns heróis que encararam tamanho desafio.

Assim é chegar aos pontos culminantes do Brasil. Apesar de todo o cansaço e desconforto, é praticamente impossível encontrar alguém arrependido pelo feito. “Muita gente me pergunta onde está o prazer em caminhar e se esforçar durante dias de caminhadas e escaladas e eu respondo que o mais gostoso é encontrar as pessoas e falar: eu cheguei lá”, conta a venezuelana Myd Hassoun, após seis dias de longas caminhadas para chegar ao topo do Monte Roraima, na tríplice fronteira entre Brasil , Venezuela e Guiana.

Assim como Myd, muita gente sente prazer ao desafiar o corpo e a mente para alcançar os milhares de metros de altitude dos pontos culminantes do País e entrar para o seleto grupo de corajosos que encaram essas montanhas e exploram alguns dos cenários mais belos e ricos em biodiversidade do planeta.

Se você é um desses aventureiros, confira e saiba como chegar a alguns dos pontos mais altos do Brasil que merecem o seu suor.

Topo do Pico da Neblina só foi alcançado por aproximadamente 300 aventureiros
Divulgação
Topo do Pico da Neblina só foi alcançado por aproximadamente 300 aventureiros

- Pico da Neblina
Próximo à fronteira do Brasil com Colômbia e Venezuela – 2.993 m de altitude

Aventureiros levam três dias para chegar ao topo do Monte Roraima
Evelyn Araripe
Aventureiros levam três dias para chegar ao topo do Monte Roraima

- Monte Roraima
Na fronteira entre Brasil, Venezuela e Guiana – 2.734 m de altitude

Pico da Bandeira é o ponto mais alto do Sudeste e guarda um dos alvoreceres mais belos do Brasil
Wilson Neves de Miranda
Pico da Bandeira é o ponto mais alto do Sudeste e guarda um dos alvoreceres mais belos do Brasil

- Pico da Bandeira
Na divisa entre os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo – 2.892 m de altitude

No Parque Nacional de Itatiaia, visitantes podem chegar ao topo do Pico Agulhas Negras e se refrescar em cachoeiras
Gustavo Leite
No Parque Nacional de Itatiaia, visitantes podem chegar ao topo do Pico Agulhas Negras e se refrescar em cachoeiras

- Agulhas Negras
Dentro do Parque Nacional de Itatiaia, no Estado do Rio de Janeiro – 2.791 m de altitude


Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.