Das belezas da Pipa ao mergulho inesquecível nos Parrachos de Maracajaú, descubra os encantos do Estado nordestino

Normalmente quem vai ao Rio Grande do Norte  deseja aproveitar um pouco dos seus mais de 400 quilômetros de praias de águas límpidas, mornas e com sol constante. Entre abril e setembro até pode chover um pouco, mas nas outras estações o clima é predominantemente seco e bem quente.

Veja as principais praias próximas a Natal

Chegar a Natal pode surpreender até mesmo quem está preparado para encontrar um lugar especial. Cerca de uma hora depois de desembarcar no Aeroporto Augusto Severo, em um passeio pelo calçadão da Praia de Ponta Negra, o visitante encontra um grupo de jovens com cartazes onde se lê "abraço grátis".

Cerca de 20 minutos depois, no mesmo calçadão, um bugueiro tenta vender seus serviços de transporte, mas também distribui para quem quiser uma receita de chá de linhaça, que, segundo ele, é ótimo para reduzir o colesterol.

Nesse pouco tempo, o turista percebe que chegou a um lugar onde irá desfrutar de momentos especiais não apenas com a natureza, mas com as pessoas. E é isso mesmo que acontece. O povo potiguar sabe que turista bem tratado é turista que volta sempre.

Veja seis razões para conhecer o Rio Grande do Norte

Atrações de Natal

Noite agitada em Natal

Delícias da culinária potiguar

Emoção nas dunas de Genipabu

Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Facebook do iG. 


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.