Um roteiro dos melhores bares e casas noturnas para se acabar no Rio de Janeiro

Claro que a cidade tem casas noturnas e boates animadíssimas, mas um programa que é a cara do Rio são os bares e botequins. Repletos de gente bonita, petiscos e bebidas variados, contam muitas vezes com apresentações musicais. Os temáticos são uma atração à parte. Selecionamos diferentes estilos que vão da Zona Sul ao centro da capital. Escolha o que tem o seu perfil e divirta-se.

as belezas do restaurante
Divulgação/Riotur
as belezas do restaurante
Rio Scenarium
Instalada na rua do Lavradio, no boêmio bairro da Lapa, a casa de shows (que também abriga um restaurante e um antiquário – ponto alto da decoração do lugar) é uma das principais responsáveis pela revitalização do chamado Rio Antigo. Frequentada por cariocas de diferentes idades, é também atração para os turistas. O animado cardápio musical inclui samba, gafieira e choro, sempre com apresentações ao vivo.

Serviço: Rua do Lavradio 18 e 20, Centro. Tel: (21) 3147-9000 (Em média, a entrada custa R$ 20).

Bracarense

Petiscos e bom chope garantem a fama do bar, que é um dos mais festejados da cidade. Vale a pena experimentar os tradicionais bolinhos de aipim com camarão e catupiry.

Serviço: Rua José Linhares, 85, loja B, Leblon. Tel: (21) 2294-3549

Tropeço
A decoração é repleta de pôsteres que destacam topadas, tombos e outros micos. Mas, nas cadeiras confortáveis – sem riscos de queda, claro – é possível saborear bons drinques e petiscos. Caipivodca de limão e mojito são servidos em jarra de 1,5 litro (R$ 55,90 e R$ 49,90, respectivamente). O chope vem em caneca de 500 ml (R$ 6,95) ou na tradicional tulipa de 300 ml (R$ 4,90). Entre os petiscos, destaque para os pasteis de filé-mignon com cheddar e cebolas ao shoyo, carne seca com catupiry e camarão com catupiry (R$ 18,90 porção com seis), além de bolinhos de arroz com queijo brie e alho porró (R$ 18,90 a porção com doze).

Serviço: Rua Farme de Amoedo, 57, Ipanema. Tel: (21) 2247-8403

Choperia Brazooca

A casa oferece sambaokê (sim, caraoquê de samba). É só escolher o repertório e soltar a voz acompanhado de uma banda ao vivo. Os que preferem o sossego não precisam se preocupar. Instalado em um casarão antigo, o espaço conta com três andares onde é possível bater um papo sossegado com os amigos. A seleção de petiscos tem como destaque a sardinha frita (R$ 24,60 oito unidades), a linguiça calabresa acebolada (R$ 22,50 a porção) e o rolinho primavera de abóbora com carne seca e catupiry (R$ 24,50 a porção com oito). Entre as bebidas, chope (R$ 5,10 a tulipa) e drinques como o jegue louco (R$ 15), feito com vodca, catuaba e energético.

Serviço: Avenida Mem de Sá, 70, Lapa. Tel.: (21) 2224-3236. Entrada R$ 20 (sexta e sábado).

Casa da Matriz

É a mais tradicional do grupo Matriz e conta com uma programação baseada em festas fixas e eventos esporádicos, realizados nos dois andares da casa (são seis ambientes no total com fliperamas, bares, loja de moda alternativa e duas pistas de dança). Na agenda fixa, sexta-feira tem DJ Janot, com repertório de música brasileira. No sábado é a vez de os DJs Tito e Edinho comandarem o evento com clássicos do pop rock, indie e soul.

Serviço: Rua Henrique de Novaes, 107, Botafogo. Tel: (21) 2266-1014. (Em média, a entrada custa R$ 20).

** O iG Turismo não se responsabiliza pelos preços divulgados, sugerimos confirmar preços com agências e operadoras de viagens

- Voltar para a matéria principal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.