Desânimo com percurso desaparece ao se avistar a queda d´água

Para chegar até a Cachoeira da Fumaça é preciso persistência. São 400 metros de subida dura e, depois, seis quilômetros no meio da mata antes de atingir o mirante.

É preciso deitar para ver a Cachoeira da Fumaça, na Chapada da Diamantina
Flickr / Fred Schinke
É preciso deitar para ver a Cachoeira da Fumaça, na Chapada da Diamantina
Neste passeio, não há banho de cachoeira ou rio. Pelo contrário: a temperatura em cima do morro, na encosta da Serra Larga , exige um casaco. O percurso na trilha que, até 2002 servia para a passagem de gado, é acompanhado de neblina, leve garoa e muitas poças de lama.

As adversidades dão um certo desânimo, mas é inacreditável como tudo desaparece ao avistar a Cachoeira da Fumaça, com 380 metros de altura. Para enxergá-la é preciso deitar de bruços na pedra. E, assim, você entende a razão do nome da famosa cascata: a água evapora antes de chegar ao chão


Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.