Com novos e modernos museus, capital mineira é perfeita para um fim de semana recheado de arte e história

Conhecida por seus bares e petiscos de primeira linha, Belo Horizonte está se estabelecendo também como um dos principais destinos culturais brasileiros, concorrendo em inovação e qualidade com São Paulo. A virada teve início em 2010, com a transferência de diversas Secretarias para a nova Cidade Administrativa do governo mineiro , um complexo projetado por Oscar Niemeyer .

Com a mudança, os históricos casarões ao redor da Praça da Liberdade, no bairro de Savassi, foram liberados e, num bem sucedido projeto cultural que une governo e iniciativa privada, estão sendo transformados em espaços culturais, entre museus históricos, artísticos e temáticos, centros culturais, bibliotecas e espaços para oficinas, cursos e ateliês.

Praça da Liberdade, em Savassi, novo centro cultural de Belo Horizonte
Juliana Bianchi
Praça da Liberdade, em Savassi, novo centro cultural de Belo Horizonte
Em uma única tarde é possível conhecer mais sobre a história da Inconfidência Mineira em um divertido teatro virtual, no Memorial Minas Gerais, viajar pelo espaço no planetário do Espaço TIM UFMG do Conhecimento, e descobrir a diferença entre o grafite e o diamante em um divertido Show do Milhão, no Museu das Minas e Metais. Com direito a pausas em agradáveis cafés ou à sombra de frondosas árvores na praça centenária, onde, aos finais de semana, é possível ouvir música ao vivo enquanto admira a beleza do Edifício Niemeyer entre os demais prédios históricos.


Confira outros 10 passeios saindo de Belo Horizonte

Instigantes e interativos, como os museus e mostras mais modernas do mundo, as instalações já inauguradas no Circuito Cultural da Praça da Liberdade são dignas de orgulho, e refletem um novo momento de valorização e divulgação do conhecimento. Por enquanto nem todos os 13 espaços previstos estão em funcionamento.

Até 2014, a região deverá abrigar ainda o Centro de Arte Popular Cemig (com previsão de abertura dia 19 de março), o Centro Cultural Banco do Brasil (previsto para o segundo semestre de 2012), a Casa Fiat de Cultura (em 2013), o Inhotim Escola, o Museu do Automóvel e o Museu do Homem Brasileiro (estes últimos em 2014).

Enquanto isso, confira as principais atrações que merecem ser visitadas.


- Palácio da Liberdade

Detalhes do interior do Palácio da Liberdade, um dos principais cartões postais de Belo Horizonte
Divulgação/ Lucia Sebe
Detalhes do interior do Palácio da Liberdade, um dos principais cartões postais de Belo Horizonte
Principal prédio do conjunto arquitetônico da Praça da Liberdade, a sede histórica do Governo do Estado é um dos principais cartões postais de Belo Horizonte. Inaugurado em 1897, com forte influência neoclássica, passou por recente restauração para permitir ao público um passeio inebriante por suas escadas belgas e salões recheados de candelabros em bronze, painéis alegóricos e rico mobiliário, com destaque para o lustre de cristal. Não deixe de conhecer também o lindo jardim.

Horário de funcionamento
Domingos, das 9h às 13h
No último domingo do mês ocorre o hasteamento de bandeiras com troca de guarda, a partir das 8h30, em frente ao Palácio
Tel: (31)3217-9543


- Memorial Minas Gerais

Manequins confeccionados por Ronaldo Fraga trazem trechos dos poemas narrados por Carlos Drummond de andrade, no Memorial Minas Gerais
Juliana Bianchi
Manequins confeccionados por Ronaldo Fraga trazem trechos dos poemas narrados por Carlos Drummond de andrade, no Memorial Minas Gerais
Instalado no antigo prédio da Secretaria de Estado da Fazenda, datado de 1895, o Memorial é a porta de entrada para se conhecer um pouco mais sobre a identidade de Minas, seu povo, sua cultura, história, linguagem e folclore. Com investimento de R$ 23 milhões, o espaço projetado pelo cenógrafo Gringo Cardia mostra toda a riqueza cultural do Estado, desde o século 18 até hoje, de forma interativa e dinâmica.

Horário de funcionamento
Terças, quartas, sextas e sábados, das 10h às 17h30
Quinta, das 10h às 21h30
Domingos, das 10h às 13h30
Para visitas guiadas de grupos e escolas é necessário o agendamento pelo telefone (31) 3343-7317
Entrada gratuita


- Museu das Minas e Metais

Uma das salas do Museu das Minas e do Metal, com curadoria de Marcelo Dantas
Divulgação/ Jomar Bragança
Uma das salas do Museu das Minas e do Metal, com curadoria de Marcelo Dantas
Tombado pelo IEPHA/MG, o antigo prédio da Secretaria de Estado da Educação, datado de 1985, ganhou projeto de ampliação do arquiteto Paulo Mendes da Rocha, um dos grandes nomes da arquitetura brasileira, para receber o Museu das Minas e do Metal.

Em seus 5,8 mil m² foram criadas 18 salas de exposição, distribuídas em três andares, para recontar com 44 atrações recheadas de efeitos especiais a história do desenvolvimento econômico e cultural de Minas, do ciclo do ouro à indústria de microprocessadores. Tudo sob a coordenação museológica de Marcello Dantas, responsável, entre outros, da direção artística do Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.

Horário de funcionamento
De terça a domingo, das 12h às 18 horas
Entrada: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia-entrada). Entrada franca às quintas
Tel: (31) 3516-7200


- Espaço TIM UFMG do Conhecimento

Revestida com material especial, a fachada do Espaço TIM do Conhecimento se torna tela de cinema ao ar livre
Divulgação/ Lucia Sebe
Revestida com material especial, a fachada do Espaço TIM do Conhecimento se torna tela de cinema ao ar livre
O antigo prédio da reitoria da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) ganhou nova fachada, onde são projetados vídeos sobre ciências. Por dentro, exposições como “O Aleph”, “Origens”, “Vertentes”, “Águas” e “Demasiado Humano” ocupam os cinco andares, coroadas por um pequeno planetário com projeção digital e um observatório astronômico.

Horário de funcionamento:
De terça a sexta, das 11h às 16h
Quinta, até as 21h
Sábado e domingo, das 12h às 17h
Tel: (31) 3409-8350

- Biblioteca Pública
Instalada em prédio projetado por Oscar Niemeyer na década de 50, a Biblioteca Pública Estadual Luiz de Bessa encerra obras raras, jornais históricos digitalizados, vasta coleção de livros de literatura e infanto-juvenil, acervo em Braille e salas de estudos. Fique atento à programação, que costuma trazer cursos, oficinas e peças de teatro.

Horário de funcionamento
De segunda à sexta, das 8h às 20h
Sábados, das 8h às 13h
Tel: (31) 3269-1166


Serviço:
Circuito Cultural Praça da Liberdade
Praça da Liberdade
Belo Horizonte (MG)
Tel: (31) 3272-9584/ 3272-9584


Acompanhe as novidades do iG Turismo também pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.