Arraial d´Ajuda - Bahia

Por Redação iG Turismo |

Texto

Com investimento em infraestrutura, este é um dos destinos mais bonitos e desejáveis do turismo brasileiro

Felipe Carneiro
Praia de Araçaípe em Arraial d'Ajuda, na Bahia

A pequena vila de Arraial d’Ajuda, muito procurada por integrantes do movimento hippie entre 1960 e 1970, cresceu com estilo. Um charmoso salto para receber cada vez mais visitantes sem perder o requinte e clima hospitaleiro do passado. O destino é hoje capaz de caminhar com as próprias pernas para oferecer ao turista entretenimento, beleza natural e sossego.

O luxuoso rústico é a cara do lugar, com muitas construções intimistas em madeira e tijolos aparentes, restaurantes de primeira linha da culinária internacional, lojas de artesanatos e grifes famosas, além de contar com boa a estrutura oferecida ao longo de suas praias.

Arraial d’Ajuda não para, tal qual Porto Seguro, mas a diferença entre estilos de vida é grande. A badalação da vila é mais moderada, propícia ao romantismo, menos adequada ao famoso “auê” que se instalou no destino vizinho. Quem procura, no entanto, pode achar diversão 24 horas por dia. E, claro, sol e charme espalhados pela areia das praias...


Principais praias:


Mucugê

É a principal praia do local, com acesso bem fácil a partir do centro. Mucugê recebe o maior número de visitantes e tem muitas opções para a alimentação, nas diversas barracas espalhadas. Além disso, em certas épocas do ano, algumas pequenas formações de ondas garantem a alegria dos surfistas e, na areia, outros esportes, como o frescobol, são muito praticados. A Praia de Mucugê é a mais badalada de Arraial d’Ajuda.

Pitinga
A Pitinga é um pouco mais afastada do centro de Arraial d'Ajuda, sendo mais fácil chegar a ela de carro. Como recebe muitas excursões provenientes de Porto Seguro, possui boas opções em barracas de praia. O destaque vai para a Barraca Carlitos, que serve um excelente peixe assado, além da tradicional moqueca de peixe com molho de camarão. Por aqui os esportes radicais estão presentes nas trilhas por falésias e voos de parapente.

Manuel Maure / Flickr
Para chegar a Taípe, é preciso buggy ou carro, mas a paisagem compensa o esforço

Taípe
O acesso para a praia é difícil, restrito para quem vai de carro ou buggy. São sete quilômetros de estradas de terra, compensados pela exímia paisagem encontrada por aqui. Taípe abriga duas barracas de praia e muitas falésias que fazem a fronteira com a Praia de Rio da Barra.

Parracho
Entre Mucugê e Pitinga, a Praia do Parracho é bem tranquila, de águas calmas e sem barracas de praia. A faixa de areia é estreita e quem mais a procura são casais com crianças pequenas.

Araçaípe
É a praia que mais abriga pousadas à beira-mar. Tem apenas dois pontos de acesso livre, ao longo da estrada de entrada de Arraial d'Ajuda. Na baixa temporada ela fica deserta, com pouquíssimas opções para a alimentação, ideal para o descanso de férias.

Rio da Barra
A mais remota praia de Arraial d’Ajuda. Esconde belíssimas paisagens e é muito procurada por aventureiros que gostam de caminhadas. Rio da Barra é famosa até em outros municípios próximos a Arraial.

 

Leia tudo sobre: PraiasNordesteBrasilLitoralBahia
Texto

notícias relacionadas