Próxima à capital capixaba, Vila Velha tem boas praias e surpresas para as crianças; nas montanhas, a pedida é curtir o frio

Quem se encanta com as belezas da capital do Espírito Santo , Vitória, pode prolongar a viagem com passeios a alguns municípios vizinhos igualmente charmosos, como Vila Velha , a apenas seis quilômetros de distância, e suas belas praias. Para curtir um dia de sol, destacam-se as praia da Costa , totalmente urbanizada, com calçadão e ciclovia, a de Itapoá , com ondas mais fortes, e a de Itaparica , uma das mais badaladas de Vila Velha.

Getty Images
Vila Velha: praias e diversão para as crianças
Para um programa em família, o turista que visita a cidade também pode conhecer todo o processo de produção de chocolates, na fábrica da Garoto . Quem agenda a visita paga R$ 10 e pode degustar os sabores que estão sendo feitos naquele dia. Sim, é verdade que o doce consumido ali parece ter outro sabor. Seja pelo frescor ou pela experiência única de acompanhar o passo a passo do bombom.

Após o passeio guiado, quem quiser ainda mais chocolate poderá adquirir na lojinha local. Mas atenção para o preço, que costuma ser o mesmo ou até maior que o de atacadistas. O que vale a pena mesmo é escolher o bombom de sua preferência e levar de quilo.

Ainda em Vila Velha, também não deixe de conhecer o famoso Convento da Penha . Construído a partir de uma capela, em 1562, o santuário foi edificado no cume de um penhasco, a 154 metros de altitude, proporcionado a mais bela vista panorâmica da região.

Vista a partir do Convento da Penha, em Vila Velha
Getty Images
Vista a partir do Convento da Penha, em Vila Velha

Serras capixabas

Um pouco mais longe, mas tão imperdível quanto Vila Velha, estão as montanhas capixabas . Para quem busca o agradável frio de inverno em regiões mais altas e menos badaladas, o passeio vale a pena. A temperatura no inverno costuma ser cerca de 10ºC a menos que a marcada nos termômetros da capital.

A região abrange nove municípios: Afonso Cláudio, Brejetuba, Castelo, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Laranja da Terra, Marechal Floriano, Vargem Alta e Venda Nova do Imigrante . Cada uma tem sua atração principal, seja na gastronomia, nos esportes radicais ou nas riquezas naturais, como é o caso da Pedra Azul , localizada em Domingos Martins. O pico, que é um dos principais cartões-postais do Estado, chega a mudar de cor 31 vezes por dia, oscilando entre o azul, o verde, o amarelo e o cinza, dependendo da luz que bate em determinado horário do dia nos líquens que crescem na pedra.

Pedra Azul, em Domingos Martins: um dos principais cartões-postais do Espírito Santo
Getty Images
Pedra Azul, em Domingos Martins: um dos principais cartões-postais do Espírito Santo

Já quem visita Venda Nova terá outro atrativo: a culinária. Além dos deliciosos morangos cobertos com chocolate e recheados com leite condensado, vendidos nas diversas lojas de especialidades, a cidade abriga fazendas que funcionam como restaurantes e também vendem produtos locais, como iogurte, queijo e cachaça.

Um destes locais é o Sítio Lourenção , pioneiro na fabricação do socol, embutido tipicamente italiano produzido artesanalmente com a gordura do lombo do porco. “O segredo, na verdade, não é segredo. Eu continuo usando o mesmo tempero de minha avó: sal, pimenta do reino e alho”, entrega Cacilda Caliman, de 75 anos, que recebe o visitante com muita cortesia.

Serviço:

Fábrica de Chocolates Garoto
Praça Meyerfreund, 01, Glória – Vila Velha (ES)
Tel.: (27) 3320-1707
Preço: R$ 10 (visita agendada)

Convento da Penha
Rua Vasco Coutinho s/nº - Vila Velha (ES)
Tel.: (27) 3329-0420

Sítio Lourenção
BR 262, km 102 – Venda Nova (ES)
Tel.: (28) 3546-1130
Funcionamento: diariamente, das 7h às 17h 

* A repórter viajou a convite da Allia Hotels

Acompanhe as novidades do iG Turismo também pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.