Pertinho da capital alagoana, há algumas das mais belas paisagens do Nordeste

Além dos 40 quilômetros de orla, Maceió está localizada próxima a cenários ricos em belezas naturais. Em um passeio de um dia dá para mergulhar em piscinas naturais, nadar em belas praias, ver os casarões históricos de Marechal Deodoro e conhecer o Parque Memorial Quilombo dos Palmares

.



1. Praia do Francês 

Praia do Francês é famosa por suas piscinas naturais
Giuliano Griffante / Flickr
Praia do Francês é famosa por suas piscinas naturais

Distância: 20 quilômetros de Maceió

Considerada uma das mais belas do estado, a Praia do Francês fica no município de Marechal Deodoro, vizinho a Maceió. A boa infraestrutura de pousadas e restaurantes convida o turista a ficar mais alguns dias. Do lado esquerdo da praia, há bares e as águas calmas e claras atraem famílias com crianças. Passeios de barco e de banana boat fazem podem ser contratados. Do lado direito, ondas fortes desafiam os amantes do surfe.

Como chegar:
De carro - Partindo de Maceió, seguir pela AL-101 sentido sul. No trevo de Marechal Deodoro, entrar à esquerda.

De ônibus - Ônibus circulares que passam pelas praias de Ponta Verde e Pajuçara levam até a Praia do Francês. Algumas agências de turismo, como a Jaraguá (http://www.jaraguaturismo.com), oferecem serviço de traslado.


2. Praia do Gunga

Distância: 35 quilômetros de Maceió

O encontro das águas do Oceano Atlântico com as do Rio São Miguel proporciona cenários inacreditáveis nessa praia, uma das mais bonitas do Brasil. Fica no município de Roteiro e a melhor maneira de chegar até ela é pegando uma escuna na Praia do Niquim, em Barra de São Miguel. No trajeto, os barqueiros param em um imenso recife de corais e na prainha, antes de chegar ao destino final. No Gunga, bares e restaurantes recebem os turistas e é possível contratar um bugue para conhecer as impressionantes falésias da praia.

Como chegar:
De carro - Partindo de Maceió, seguir pela AL-101 sentido Sul até Barra de São Miguel. De lá, placas indicam a Praia do Niquim, de onde saem as escunas. Se preferir seguir a rodovia por mais 15 quilômetros, uma estrada leva diretamente à praia, mas as condições não são das melhores.

De ônibus - Ônibus circulares que passam pelas praias de Ponta Verde e Pajuçara, em Maceió, levam até Barra de São Miguel. De lá, placas indicam a Praia do Niquim, de onde saem as escunas.


3. Costa dos Corais

Distância: de 35 a 150 quilômetros de Maceió

Maragogi é o segundo destino mais visitado pelos turistas
Divulgação
Maragogi é o segundo destino mais visitado pelos turistas

Na cidade vizinha de Paripueira se inicia a segunda maior concentração de recifes de corais do mundo. São mais de 100 quilômetros de aglomerados de vida marinha que, na maré baixa, formam inacreditáveis piscinas naturais com águas transparentes . Ao todo, oito cidades compõem o roteiro e cada uma delas guarda um tesouro especial em suas praias, pedindo uma parada, seja para um mergulho ou para apreciar uma paisagem. Partindo de Maceió, a Costa dos Corais termina em Maragogi , na divisa com o Estado de Pernambuco. Não é à toa que o município que encerra essa bela jornada é o segundo destino mais visitado por turistas no estado alagoano.

- Leia também: Maragogi: mergulho no Caribe brasileiro

Como chegar:
De carro -  De Maceió, seguir pela AL-101 até São Miguel dos Milagres. De lá, ir pela via principal, de paralelepípedo, até a cidade de Maragogi, passando por Porto de Pedras e Japaratinga.


4. Marechal Deodoro

Distância: 30 quilômetros de Maceió

Logo ao lado de Maceió, Marechal Deodoro se orgulha de ser a cidade onde nasceu o primeiro presidente do Brasil, o Marechal Deodoro da Fonseca, e de ter sido a primeira capital de Alagoas. Em 2006, a ganhou o título de Patrimônio Histórico Nacional. No centro, igrejas e prédios do século 18 estão em restauração. A casa onde nasceu Marechal Deodoro, em 5 de agosto de 1827, está aberta para visitação (Rua Marechal Deodoro, s/nº). Na mesma rua, o Espaço Cultural Santa Maria Madalena da Lagoa do Sul atrai turistas à procura de rendas e cestarias feitas por artesãos locais. Ao voltar para Maceió, não deixe de comprar as cocadas caseiras que são vendidas ao longo da AL-101. São quase dez sabores diferentes e, independentemente de quantas levar, você sempre vai se perguntar porque não comprou um pouco mais.

Como chegar:
De carro - Para quem sai de Maceió, seguir na AL-101 sentindo sul. No trevo de Marechal Deodoro, entrar à direita. De lá são mais 10 quilômetros até o centro histórico da cidade.


5. União dos Palmares

Distância: 80 quilômetros de Maceió

Uma visita ao centro histórico de União dos Palmares já valeria a viagem. Mas a grande atração está lá no alto, na Serra da Barriga, onde por quase 100 anos os negros do Quilombo dos Palmares se refugiaram e formaram o maior grupo de resistência à escravidão. O Parque Memorial Quilombo dos Palmares guarda lembranças e histórias do período de 1597 a 1694. Baseadas em relatos e documentos históricos, as casas dos moradores foram reconstituídas como na época do quilombo. As muitas árvores que cercam o parque e o visual panorâmico da região enriquecem a visita, que é um verdadeiro mergulho na história de um Brasil dominado pela Coroa Portuguesa. No pé da serra, não deixe de conhecer o povoado quilombola de Muquém. Ali reside a famosa artesã mestre Irineia, que, junto com o marido, Antônio Nunes, produz impressionantes peças de cerâmica de argila. Nascida na comunidade quilombola, ela recebe os visitantes em casa, conta histórias e mostra o dom de expressar as crenças de seu povo por meio de seu trabalho artesanal.

Como chegar:
De carro - De Maceió, são 80 quilômetros pela BR-104. Ao chegar a União dos Palmares, é preciso acessar uma estrada de 9 quilômetros de terra para a Serra da Barriga. No centro da cidade, há guias que orientam como chegar ao parque. Se visitar mestre Irineia antes de seguir para lá, as filhas dela adoram se voluntariar para levar os turistas até o alto da serra. 

- Voltar para a matéria principal

Receba mais dicas de viagens pelo nosso Twitter.

Leia também:
- As praias mais sossegadas do Brasil
- 18 dicas para evitar que sua bagagem seja roubada

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.