Sendo fiel ou não, esses locais se tornaram um ponto de parada obrigatória, pois impressionam por sua grandiosidade e por carregar muita história

O dia 12 de outubro não celebra apenas o Dia das Crianças, mas também o dia em que a imagem de Nossa Senhora Aparecida foi encontrada por pescadores, tornando-se um dos principais feriados religiosos do País. E sendo católico ou não, muitos turistas podem separar a data para conhecer as basílicas, catedrais e igrejas brasilieras que tanto encantam pela beleza e arquitetura.

Leia também: Turismo religioso: "O que motiva é minha fé em Nossa Senhora e o sacrifício"

Mesmo não sendo fiel, visitar as diversas igrejas católicas espalhadas pelo país é uma indicação turística
Creative Commons
Mesmo não sendo fiel, visitar as diversas igrejas católicas espalhadas pelo país é uma indicação turística


Confira dez igrejas católicas que são muito populares e merecem ser inclusas na rota turística:

1. Basílica Nossa Senhora da Aparecida

Aparecida do Norte é a segunda maior basílica do mundo e está entre as igrejas católicas mais visitas do país
Reprodução
Aparecida do Norte é a segunda maior basílica do mundo e está entre as igrejas católicas mais visitas do país

Conhecida internacionalmente por ser a segunda maior catedral do mundo, a Basílica de Nossa Senhora só perde em tamanho para a de São Pedro, no Vaticano. O imenso local foi inaugurado em 1972 e já recebeu visitas importantes, como a do papa João Paulo II e a do papa Francisco. Segundo informações da Via Lumina, loja de artigos religiosos, o local é o maior da América do Sul quando se trata de peregrinação religiosa, recebendo cerca de 10 milhões de visitantes por ano, e tem um espeço que capacita até 43 mil pessoas.

Além da imponente igreja, no complexo da basílica é possível encontrar uma praça de alimentação, uma feira com várias lojinhas de produtos religiosos e até um parque de diversões, como aqueles de praia. Todos os anos, principalmente no dia 12 outubro, muitos fiéis saem de São Paulo e caminham a pé até o local para demonstrar a fé que sentem na santa. Lá também há uma imensa rampa que liga a igreja antiga à nova e muitas pessoas a sobem de joelhos para pagar promessa.  

2. Igreja Matriz de São Pedro

Igreja Matriz de São Pedro é um dos principais pontos turísticos de Gramado
Divulgação/Via Lumina
Igreja Matriz de São Pedro é um dos principais pontos turísticos de Gramado


O local se destaca como um dos principais pontos turísticos da cidade de Gramado, no Rio Grande do Sul. O belo local foi construído com pedras basálticas, e os vitrais formam imagens que representam a passagem do apóstolo Pedro ao lado de Jesus. Outro atrativo é que na frente da igreja é possível encontrar estátuas dos 12 apóstolos.

3. Catedral Metropolitana de Brasília

Catedral Metropolitana de Brasília tem um moderno design criado por Oscar Niemeyer
Divulgação/Via Lumina
Catedral Metropolitana de Brasília tem um moderno design criado por Oscar Niemeyer


Com arquitetura moderna, esse local foi projetado por ninguém mais, ninguém menos que Oscar Niemeyer. É considerada a principal igreja de Brasília, foi fundada em 1970 e, em 1990, declarada monumento histórico e artístico do país. A atração abriga até quatro mil pessoas e impressiona por possuir do lado de dentro enormes anjos de bronze e painéis da via sacra, pintados por Di Cavalcanti.

4. Igreja Nossa Senhora da Candelária

Na Igreja Nossa Senhora da Candelária, os painéis internos impressionam
Divulgação/Via Lumina
Na Igreja Nossa Senhora da Candelária, os painéis internos impressionam


No centro da cidade do Rio de Janeiro encontra-se essa construção criada por volta de 1609 e que ainda chama atenção por possuir um estilo neoclássico. Em seu interior, o turista vai encontrar painéis representando personagens do Antigo Testamento, a Virgem Maria e as Sete Virtudes. No local, também fica o museu sacro, que conta com um arquivo cheio de documentos datados dos séculos 18 e 19.

Leia também: Círio de Nazaré: por dentro da maior festa religiosa do Brasil

5. Igreja Nossa Senhora da Conceição

Na Igreja Nossa Senhora da Conceição, funciona o Museu do Aleijadinho
Divulgação/Via Lumina
Na Igreja Nossa Senhora da Conceição, funciona o Museu do Aleijadinho


Em Ouro Preto, Minas Gerais, está mais uma opção de igreja antiga. De acordo com a Via Lumina, a construção com estilo barroco foi feita pelo pai Aleijadinho e concluída em 1746. A beleza do local é incontestável e o visitante ainda pode conhecer o Museu do Aleijadinho, que funciona na sala da cripta e na sacristia.

6. Catedral da Sé

A Catedral da Sé fica bem no centro de São Paulo e tem capacidade para oito mil pessoas
Divulgação/Via Lumina
A Catedral da Sé fica bem no centro de São Paulo e tem capacidade para oito mil pessoas


Bem no centro de São Paulo, na movimentada Praça da Sé, está essa popular catedral. A construção é de 1591, mas de lá para cá passou por várias reformas. O local tem capacidade para oito mil pessoas e ainda possui uma cripta aberta para visitação. Caso seja católico, saiba que há diversos horários de missa de segunda a domingo.

7. Igreja São Francisco de Assis

Igreja São Francisco de Assis é simples e comporta até 200 pessoas
Divulgação/Via Lumina
Igreja São Francisco de Assis é simples e comporta até 200 pessoas


Fundada em 1943, a igreja, do jovem santo que largou tudo para viver uma vida missionária, está localizada na capital mineira. O local é simples, assim como Francisco era, e tem capacidade para 200 pessoas. Lá, acontecem muitas tradições religiosas e culturais, principalmente na Semana Santa. Na quinta-feira Santa, por exemplo, é realizada a tradicional missa de Lava-pés, que simboliza a noite em que Jesus teve essa humildade atitude para passar uma mensagem aos discípulos.

8. Igreja São Francisco da Penitência

O revestimento interno da Igreja São Francisco da Penitência impressiona
Divulgação/Via Lumina
O revestimento interno da Igreja São Francisco da Penitência impressiona


O local está na lista das mais belas igrejas do país. Para se ter uma ideia, o interior da igreja é revestido de ornamentos de ouro, dando um toque de beleza e brilho especial. Situada no Rio de Janeiro, a igrejinha comporta apenas 66 pessoas. O detalhe mais curioso é que no altar as imagens de São Francisco de Assis e do Cristo Seráfico dão a sensação de que estão se movendo, algo que impressiona os visitantes.

9. Igreja Nosso Senhor do Bonfim

A Igreja Nosso Senhor do Bonfim é a mais conhecida da Bahia
Divulgação/Via Lumina
A Igreja Nosso Senhor do Bonfim é a mais conhecida da Bahia


O santo padroeiro dos baianos foi a inspiração para o nome dessa popular igreja de Salvador. Ela começou a ser erguida em 1745, ano em que, de acordo com informações da Via Lumina, chegaram de Portugal as imagens do Senhor Jesus do Bonfim e de Nossa Senhora da Guia. Uma das tradições mais conhecidas é a Lavagem do Bonfim, que acontece na segunda quinta-feira do mês de janeiro. Nesse dia, as baianas utilizam água de cheiro para limpar as escadarias da igreja, uma multidão acompanha esse animado ritual e claro que isso termina em muita festa. 

Leia também: Tapetes de rua são atrações turísticas durante Corpus Christi

10. Basílica Santo Antônio do Embaré

Basílica Santo Antônio do Embaré fica em Santos e as imagens do local são todas de madeira
Divulgação/via
Basílica Santo Antônio do Embaré fica em Santos e as imagens do local são todas de madeira


A última da lista das igrejas católicas mais populares fica em Santos, litoral do Estado de São Paulo. Comparado ao ano de construção das outras igrejas, essa é bem recente, fundada em 1948. Em 1952, foi reconhecida como basílica pelo Papa Pio XII. Uma curiosidade é que é permitido acender velas eletrônicas dentro da igreja, pois todas as imagens de santos são feitas de madeira. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.