Desbrave as praias do sul da Bahia de carro

Por Paola Deodoro , especial para o iG

Texto

A opção é a melhor forma de não perder nenhum recanto escondido na rota que passa por Porto Seguro, Itacaré e Ilhéus

Arte iG
Localize-se na rota do Sul da Bahia

O sul da Bahia concentra um belo número de paraísos à beira-mar, onde o encontro do oceano e da vegetação faz bater mais forte o coração de quem passa por ali. Mas essa não é a única justificativa para pegar o carro e desbravar as praias e estradas que dão início ao Nordeste brasileiro. Trilhar esse caminho é uma chance de se aproximar da maneira mais íntima possível do processo de formação do nosso País.

Para facilitar essa aula de história, dividimos o roteiro em quatro partes – da maneira como as regiões são localmente conhecidas: Costa das Baleias (da Praia dos Lençóis, em Mucuri, até a Ponta do Corumbau), Costa do Descobrimento (de Caraíva a Belmonte), Costa do Cacau (entre Canasvieiras e Itacaré) e Costa do Dendê (a partir de Maraú até Valença). O trecho, que soma 648 km no total, atende a todo o tipo de turista: aquele que quer enfrentar trilhas para descobrir paraísos quase desertos, o que gosta de esportes radicais, o que pretende se deliciar com a culinária local (farta em frutos do mar), o que aprecia igrejas, festas regionais e monumentos históricos ou simplesmente o que está disposto a aceitar o convite da natureza para deitar à sombra de um coqueiro, olhando para o mar.

Como o acesso às praias mais surpreendentes é feito por estradas de terra, o ideal é evitar o período de chuvas na região, de março a julho. Em todo o restante do ano, a Bahia é garantia de sol e água quentinha, onde quer que você esteja.

Vista da praia em Cumuruxatiba. Foto: Pit ThomsponEmbarcações de Cumuruxatiba. Foto: Pit ThomsponBaixa da maré em Cumuruxatiba. Foto: Pit ThomsponVista da praia de Corumbau. Foto: DivulgaçãoVegetação em torno da praia de Corumbau. Foto: DivulgaçãoOs ambientes são integrados na Fazenda São Francisco, em Corumbau. Foto: DivulgaçãoBanheiro de uma das locações na Fazenda São Francisco do Corumbau. Foto: DivulgaçãoCafé da manhã no Hotel São Francisco, em Corumbau. Foto: DivulgaçãoEspreguiçadeiras na areia de Corumbau. Foto: DivulgaçãoTranquilidade na praia de Corumbau. Foto: DivulgaçãoCortinas leves protegem a Vila Naiá, em Corumbau. Foto: DivulgaçãoA Vila Naiá, em Corumbau, disponibiliza áreas de sombra e espriguiçadeiras à beira-mar. Foto: DivulgaçãoCasa de Praia é o nome deste hotel, em Caraíva. Foto: DivulgaçãoNa Casa de Praia, em Caraíva, a cama fica protegida com dossel e mosquiteiro. Foto: DivulgaçãoO jardim do hotel Casa de Praia, em Caraíva, pode ser usado para prática de ioga. Foto: DivulgaçãoCafé da manhã na Aldeia do Sol, em Trancoso. Foto: DivulgaçãoA Aldeia do Sol, em Trancoso, oferece a possibilidade de descansar no redário ou à beira-mar . Foto: DivulgaçãoDesde o café da manhã, os hóspedes da Aldeia do Sol, em Trancoso, estão com os pés na areia. Foto: DivulgaçãoAcomodação rústica e espaçosa na Pousada Jequitibá, em Trancoso. Foto: DivulgaçãoCafé da manhã na Pousada Jequitibá, em Trancoso. Foto: DivulgaçãoPraia do Espelho, em Trancoso. Foto: DivulgaçãoVista da Praia do Espelho, Trancoso. Foto: DivulgaçãoTranquilidade na Praia dos Coqueiros, em Trancoso. Foto: DivulgaçãoIgreja no Quadrado, em Trancoso. Foto: DivulgaçãoRestaurante no Quadrado, em Trancoso. Foto: DivulgaçãoPasseios de barco levam visitantes para ver baleias Jubarte em Porto Seguro. Foto: DivulgaçãoEm Porto Seguro é possível chegar bem perto das baleias. Foto: DivulgaçãoEm Coroa Vermelha foi celebrada a primeira missa do Brasil. Foto: DivulgaçãoEm toda a região, aproveite a ótima oferta de frutas deliciosas. Foto: DivulgaçãoDrinque de água de coco à beira da piscina em Coroa Vermelha. Foto: DivulgaçãoO Bataclan, boate da história de “Gabriela”, de Jorge Amado, tornou-se um complexo com restaurantes, bares, um terraço e uma adega, em Ilhéus. Foto: DivulgaçãoVista de Ilhéus a partir da praia. Foto: DivulgaçãoCaminho entre a Pousada Lua e Mar e a praia, em Ilhéus. Foto: DivulgaçãoPreguiças são comuns nesta região do Nordeste. Foto: DivulgaçãoNa pousada Casa da Praia, em Itacaré, ninhos colocados próximos à varanda garantem o som dos pássaros. Foto: DivulgaçãoDeck com piscina na pousada Casa da Zazá, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoVaranda iluminada da pousada Casa da Zazá. Foto: DivulgaçãoPassarinhos coloridos comem frutas nos arredores da pousada Casa da Zazá, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoNa pousada Coqueiro Verde, em Itacaré, a rede fica na sombra e convida ao descanso. Foto: DivulgaçãoEnterdecer na praia da Concha. Foto: DivulgaçãoVista da cidade de Itacaré. Foto: DivulgaçãoItacaré também tem boas ondas para quem gosta de surf. Foto: DivulgaçãoPraia em Itacaré. Foto: DivulgaçãoA pesca é a principal atividade econômica dos moradores de Itacaré. Foto: DivulgaçãoCulinária típica do restaurantes Itacarezinho, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoVista exterior da casa de forró Mar e Mel, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoBaile de forró na Mar e Mel, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoVista da rua Pituba, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoCosta de Itacaré. Foto: DivulgaçãoVista da praia do Resende, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoNatureza exuberante na Prainha, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoVista da Prainha, em Itacaré. Foto: DivulgaçãoA pousada Bahia Bella fica em um dos recantos mais tranquilos da Segunda Praia, em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoQuarto da pousada Bahia Bella, em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoCafé da manhã na pousada Bahia Bella . Foto: DivulgaçãoFachada do Clube do Balanço, em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoO pequeno portal separa a propriedade do Clube do Balanço e a areia da praia, em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoÁrea de descanso na pousada Clube do Balanço, em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoPíer de chegada em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoAntigas tradições de transporte sobrevivem em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoPasseios entre as ilhas próximas à Morro de São Paulo são ótimas pedidas. Foto: DivulgaçãoVista da praça em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoVista do mar em Morro de São Paulo. Foto: DivulgaçãoBar flutuante em Boipeba. Foto: DivulgaçãoVista da costa de Boipeba. Foto: DivulgaçãoPíer do Boipeba Eco Lodge. Foto: DivulgaçãoLagostas do Guido, em Boipeba. Foto: DivulgaçãoA pousada Luar das Águas está a 10 minutos da vila e em frente ao mar da Boca da Barra. Foto: DivulgaçãoÁrea de descanso na pousada Luar das Águas, em Boipeba. Foto: DivulgaçãoPraia de Cueira, em Boipeba. Foto: Divulgação


Veja mais:
- As praias mais sossegadas do Brasil
- Conheça destinos turísticos da Costa das Baleias
- Resorts à beira-mar no Nordeste

O passeio pode começar por uma das praias de mais difícil acesso do Nordeste, Cumuruxatiba (são 34 km de estrada de terra para chegar até lá), saindo do município de Prado, no centro da Costa das Baleias. A região, que também conta com a bela Ponta do Corumbau, é famosa pelo rio Caí, onde no dia 23 de abril de 1500, Nicolau Coelho, capitão da esquadra de Pedro Álvares Cabral, desceu em terra para se abastecer de água doce e foi o primeiro homem branco a ter contato com os índios locais. Desta área também se tem uma vista privilegiada do Monte Pascoal – a primeira porção de terra brasileira avistada por Cabral.

Divulgação
Tranquilidade à beira-mar em Caraíva

Seguindo rumo ao norte, você chegará na Costa do Descobrimento por Caraíva. O local é um dos points mais procurado atualmente por quem está em busca de destinos rústicos – um pequeno vilarejo de pescadores, com uma população acolhedora, instalações simples e visual deslumbrante. Por ali você poderá conhecer a Praia do Espelho, que está sempre no topo do ranking das mais bonitas do Brasil, e Trancoso, destino que virou febre entre as celebridades internacionais, mas que mantém seu charme e sua discrição em períodos menos festivos do ano. É inevitável não se encantar com o Quadrado, a praça central da cidade, emoldurada por casas coloridas e vigiadas por uma igrejinha branca ao fundo, de onde saem as procissões das festas regionais, muito comuns na cidade. Mas a movimentação por ali só começa depois das 16h – antes disso está todo mundo na beira da praia.

Para mudar totalmente de perfil, você pode visitar os badalados destinos de Arraial D’Ajuda e Porto Seguro. Embaladas pelo ritmo do axé, essas cidades se tornaram os destinos preferidos das viagens de formatura dos alunos do Ensino Médio, que demonstram animação dia e noite. Até os anos 1970, esses locais eram ocupados exclusivamente por hippies e aventureiros em busca de destinos inexplorados.

Veja mais:
- Dê um pulinho ao lado
- O essencial de Caraíva
- O essencial de Cumuruxatiba

Depois de Porto Seguro, passe pela histórica Santa Cruz Cabrália, com sua encantadora praia de Coroa Vermelha e por Belmonte, com a praia de Mojiquiçaba, um ótimo point de surf (não esqueça de consultar a tábua das marés para conferir se tem ondas) e onde deságua o rio Jequitinhonha, no fim da Costa do Descobrimento.

Divulgação
Em Itacaré, visite o Centro de Recuperação do Bicho Preguiça

Já a Costa do Cacau começa por Una, de onde é possível partir para a Ilha de Comandatuba, um elegante resort com 21 km de praia, cada vez mais procurado por turistas do mundo inteiro. É ali também que está instalado o Ecoparque de Una, um complexo ecológico construído por meio de passarelas suspensas, que aproximam os visitantes da biodiversidade do local.

Mas as grandes atrações desta costa estão entre Ilhéus e Itacaré. Na primeira, considerada cidade-símbolo de Jorge Amado, estão as principais referências baianas que o Brasil conhece por meio de seus romances. Pelas estradas de Ilhéus dá para ver os telhados pontiagudos das fazendas de cacau. E para os mais curiosos, é possível visitá-las, acompanhar a colheita, o beneficiamento das amêndoas e ainda ter uma aula sobre fabricação de chocolate artesanal – e o melhor – com direito a degustação.

A cidade também abriga diversas reservas ecológicas, incluindo o Centro de Recuperação do Bicho Preguiça (BR-415, km 22, Rodovia Ilhéus / Itabuna. Tel.: (73) 3214-3014), instalado no mesmo espaço que já foi ocupado pelo projeto que salvou da extinção o mico-leão baiano. Por lá também está a Lagoa Encantada (km 14 da estrada Parque Ilhéus-Itacaré), área de proteção ambiental com um espelho d’água de 6,4 km² com ilhas flutuantes que se movem de uma margem a outra da lagoa, criando um espetáculo natural fascinante.

Veja mais:
- Praia do Espelho - Bahia
- Ilhéus homenageia Jorge Amado
- Arraial d´Ajuda - Bahia

Esta costa termina em Itacaré, com uma alta concentração de praias paradisíacas, como a Praia da Concha, Tiririca, Jeribucaçu, Itacarezinho e Barra do Sargy. Aqui você vai tirar ainda mais proveito de estar de carro, pois as praias são longe umas das outras e você vai querer conhecer todas. A praia de Hawaizinho é bem pequena e deserta. Com um pouco de coragem dá até para fazer topless escondido.

Divulgação
Praça na pacata Morro de São Paulo

A última parte da viagem começa na Costa do Dendê, a partir da região de Maraú. A Cachoeira do Tremebé, que desemboca nas águas do rio Camamú e tem acesso de barco, subindo o rio Maraú, é uma das principais atrações da região. Mas quem chega por aqui provavelmente está no caminho para a ilha de Barra Grande, para onde se vai de barco ou lancha rápida, por Camamú (deixe o carro estacionado na cidade para chegar até a ilha). Ao sul de Barra Grande, na área dos Taipús, está a grande atração do local: as imensas piscinas naturais que se formam na maré baixa entre os recifes de corais.

Apesar das inúmeras praias que completam a orla até o final da costa, vale mais a pena seguir pela BA-650 e ir direto a Valença, de onde saem os barcos para as ilhas de Morro de São Paulo e Boipeba. Aqui você também terá de deixar o carro em um dos estacionamentos da cidade e seguir de barco. O ideal é escolher uma das ilhas para se hospedar – Morro de São Paulo é maior e mais badalada, já Boipeba é mais rústica e preservada – e circular entre elas nas embarcações que saem pela manhã e voltam ao final do dia.

Veja também:
- Onde ficar
- Onde comer
- Vale a pena parar
- Prepare-se para a viagem

Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter.

Texto

notícias relacionadas