Enoturismo mistura degustação, visita a vinícolas e até participação na colheita das uvas

É o cenário perfeito. Uma mesa delicadamente posta em um campo verde, com uma paisagem incrível de vinhedo ao fundo, uma taça de vinho da melhor qualidade e um dueto de violinos tocando ao vivo. Parece sonho, mas esta cena pode ser uma realidade nos roteiros de enoturismo – viagem que mistura cultura, gastronomia e, é claro, muito vinho.

Regiões de vinícolas oferecem a oportunidade do visitante conhecer a produção, passear pelos vinhedos, degustar vinhos e até participar da colheita
Denise Cavalcante
Regiões de vinícolas oferecem a oportunidade do visitante conhecer a produção, passear pelos vinhedos, degustar vinhos e até participar da colheita
O mercado de enoturismo tem crescido bastante entre os brasileiros, segundo agências especializadas neste modelo de viagem. De acordo com José Selingardi Junior, diretor da Windows Travel (SP), a procura por este tipo de roteiro aumentou 30% de 2010 para 2011.


- Não deixe de ler: 11 imperdíveis rotas de vinho


Nas viagens, os enoturistas visitam vinícolas, passeiam pelos vinhedos, degustam diferentes tipos de rótulo e, em alguns casos, podem até participar da colheita. “O enoturismo é ideal para pessoas que tenham interesse em entrar realmente no mundo do vinho, conhecer sua origem, seu processo de produção”, afirma Selingardi.

Os pacotes de enoturismo costumam ser bastante personalizados. O turista pode optar por visitar uma ou mais regiões produtoras – e até mais de um país –, dependendo do tempo disponível e do orçamento da viagem. “Os roteiros são adaptados a cada tipo de visitante. Pode-se percorrer um país inteiro, como Portugal, por exemplo, em 15 dias”, afirma João Marinho Falcão, especialista em enoturismo.

Mas se engana quem pensa que este tipo de viagem é apenas para quem já está por dentro do universo dos vinhos. As agências geralmente oferecem a companhia de guias e críticos especializados para acompanhar os grupos. Desta forma, o profissional ajuda a traduzir os termos técnicos, dá uma introdução dos rótulos daquele país e assessora os turistas de maneira geral, inclusive os leigos em enologia.


Confira imagens dos principais destinos de enoturismo do mundo:

- Leia também: 11 imperdíveis rotas de vinho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.