Moderna, vibrante e com excelente estrutura para o turismo, a capital da Catalunha tem inúmeras opções de passeios

Da montanha ao mar: vista da cidade desde o Parque Güell
Getty Images
Da montanha ao mar: vista da cidade desde o Parque Güell

Mais sobre Barcelona:
-
Fuso-Clima-Visto-Feriados
-
Como chegar
-
Onde ficar e o que comer
-
Atrações para as crianças
-
Vida cultural e noturna
-
O que ver nos arredores
-
Compras
-
Informações úteis

Situada às margens do Mediterrâneo, entre a Costa Dorada ao sul, e a Costa Brava, ao norte, Barcelona é um destino de viagem todos em meses do ano. Desde 1992, quando foi sede dos jogos olímpicos, a prosperidade da cidade tem se expandido para áreas antes periféricas.

O melhor exemplo acontece na zona portuária. Antes um lugar decadente, hoje um centro de vida noturna e cultural. Picasso, Dali, Miró, Gaudi e mais recentemente, Frank Gehry e Jean Nouvel são alguns dos gênios da arte e da arquitetura que deixaram suas marcas na sua paisagem. Com prédios monumentais, localização estratégica, população alegre e gentil, Barcelona é sempre uma festa.

Principais Atrações

1 - Sagrada Família
L'Eixample Dreta, metrôs Verdarguer ou Sagrada Família

Aberta diariamente, a obra prima do arquiteto Gaudi começou a ser construída em 1882 e ainda está inacabada. As torres mais altas chegam a 170 metros de altura, de onde se pode ter uma vista panorâmica da cidade.

2 - Parque Güell
Gracia, metrô Lesseps ou ônibus 24

Esse museu a céu aberto foi encomendado pelo industrialista Conde Eusebi Güell, ao amigo Gaudi, no início do século 20. A intenção era fazer dali uma cidade modelo, o que nunca aconteceu.

Parque Güell: obra de arte ao ar livre e para o desfrute de todos
Getty Images
Parque Güell: obra de arte ao ar livre e para o desfrute de todos
O lugar passou ao controle da prefeitura em 1926 e foi aberto ao público. Ao todo são mais de três quilômetros de trilhas, decoradas com estátuas insólitas, assinadas pelo artista. A mais famosa é a lagarta gigante, feita com mosaicos de azulejos.

3 - Museu d'Història de la Ciutat
Praça del Rei, Barri Gotic
Metrôs Liceu ou Jaume I

O primeiro andar é dedicado a exposições itinerantes sobre as culturas ibérica e mediterrânea. Mas a melhor parte fica no subsolo, sob o chão da Plaça del Rei, onde escavações recentes revelaram restos de uma cidade romana, com ruas, praças, casas e lojas. Passarelas elevadas construídas sobre as ruínas e permitem que os visitantes caminhem por todo o sítio arqueológico.

4 - Palau Real Major
Praça del Rei, Barri Gotic, metrôs Liceu ou Jaume I

Construído no século 10, serviu de residência aos Reis de Aragão. Foi do alto das escadarias que o casal real Fernando e Isabella recebeu o navegador Colombo na sua chegada, depois de descobrir as Américas. No Saló de Tinell estão os maiores arcos de pedra encontrados em toda a Europa.

5 - Museu Picasso
La Ribera, metrôs Jaume I e Arc de Triomf

Constituídos por cinco mansões medievais, o museu inclui grande parte da produção artística de Pablo Picasso, cerca de 2.500 delas doadas pelo próprio pintor em 1970. As mais interessantes são as 59 que compõem a série Las Meninas, na qual Picasso faz uma paródia à obra do mestre espanhol Velázquez.

6 - Museu Marítim
Região do porto, metrô Drassanes

Talvez o mais belo museu dedicado à construção naval em todo o mundo, ele ocupa os antigos estaleiros reais, muito bem restaurados. A peça mais bonita da coleção é a réplica exata da galera real de Don Juan da Áustria, que há 400 anos liderou as esquadras católicas na guerra contra os turcos otomanos.

Casa Millà: também conhecido como La Pedrera, local é aberto à visitação
Barcelona Tourisme
Casa Millà: também conhecido como La Pedrera, local é aberto à visitação
7 – La Pedrera ou Casa Milà
L'Eixample, metrô Diagonal

Esse espetacular exemplo da arquitetura genial de Gaudi parece ter sido moldado em curvas em vez de ter sido construído com tijolos. Muitos dos apartamentos ainda são residências particulares. No entanto, desde a restauração do prédio em 1996, um deles foi decorado com móveis desenhados por Gaudi e está aberto ao público.

8 – Fundació Joan Miró
Parque de Montjuic – ônibus 50 e 55, e Funicular de Montjuic

Nascido em 1893, Joan Miró foi um dos maiores expoentes da arte espanhola de todos os tempos. Cerca de 10 mil dos seus trabalhos estão na coleção desse museu, construído em 1970 especificamente para dar lugar à Fundação.


9 – Catedral de Barcelona

Barri Gotic, metrô Jaume I e Liceu

O mais belo exemplo da arquitetura gótica catalã, a catedral pode ser vista de todo o bairro. A construção atual data do século 13, mas sob as estrutura estão restos de um templo romano e de uma mesquita. O sarcófago de alabastro de Santa Eulália está entre seus tesouros.

10 – Museu d'Art Contemporani de Barcelona
El Raval, metrôs Catalunya e Universitat

Um projeto do arquiteto americano Richard Meier, o prédio moderno guarda obras de grandes artistas do século 20, como Paul Klee e Basquiat. A maioria das obras são de artistas da região, como o Grup del Treball, cujas pinturas criticavam a ditadura de Franco.

Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.