Se até hoje diversão para você só era possível onde o Mickey estava, conheça outros parques e atrações que fogem do convencional

O Spindizzy é escavadeira gigante que gira em alta velocidade
Divulgação
O Spindizzy é escavadeira gigante que gira em alta velocidade
Diggerland - Durham (Inglaterra)

No lugar da montanha-russa, uma escavadeira, em vez de carrinhos bate-bate, a brincadeira é com pequenos tratores... Roda-gigante? Não, a curtição por lá é ficar suspenso metros do chão por um enorme guindaste. À primeira vista, parece um canteiro de obras, com máquinas, terra e pedras por todos os lados. Mas basta chegar mais perto para ver que os funcionários não são pedreiros e o maquinário é usado para outro fim: como brinquedos .

O Diggerland é uma rede de quatro parques (Yorkshire, Devon, Kent e Durham), que entretêm muito mais os adultos do que as crianças; afinal, dá para apostar uma corrida dirigindo veículos barulhentos de quase 9 toneladas. Entre as atrações há o Spin Dizzy, uma escavadeira gigante remodelada com diversos assentos, que gira em alta velocidade; um campeonato de empilhadeira, que testa a habilidade dos participantes; e até uma pescaria, onde não há vara: para pegar os patinhos de borracha é preciso operar um guindaste. O show no parque da construção fica a cargo da dança das miniescavadeiras.

Langley Park, County Durham DH7 9TT, tel. +44 870/034-4437‎. O parque fecha no inverno, mas reabrirá a partir do dia 19 de fevereiro. Entradas por £ 17.

No topo de uma colina, o Parque Tibidabo tem 101 anos de idade
Shutterstock/Viajar pelo Mundo
No topo de uma colina, o Parque Tibidabo tem 101 anos de idade
Parque Tibidabo - Barcelona (Espanha)

Neste parque de diversões espanhol, o termo Montanha Encantada não se refere a uma de suas atrações, mas pode ser aplicado ao parque inteiro. Para chegar ao topo do Monte Tibidabo, onde a atração está localizada, é preciso tomar o Tramvia Blau (trem azul) e depois um funicular. Lá em cima, a bela vista que se tem da cidade de Barcelona rouba, nem que seja por alguns minutos, a atenção dos brinquedos.

Inaugurado em 1908, o parque é o mais antigo da cidade. Durante esse tempo passou por diversos ajustes, alguns brinquedos antigos ficaram para contar história, outros se modernizaram. E como eles estão no topo de uma colina com mais de 500 metros, a sensação de frio na barriga é ainda maior, na montanha-russa. Seus carrinhos trepidantes deslizam a 80 km por hora. Também há o Pndol, simulando uma queda livre que atinge 100 km/h em menos de três segundos. Além dos brinquedos, Tibidabo conta com um museu de robôs, diversas lojinhas e restaurantes. Já que se está lá em cima, vale esticar (é preciso pegar um ônibus) até o mirante da torre de comunicação Collserola e visitar a Igreja de Sagrat Cor.

Plaça Tibidabo, 3-4, tel. +34 932/117-942. Entradas por € 25,20. O horário de funcionamento do parque varia ao longo dos meses e está disponível no site.

Parc Asterix - Plailly (França)

O Parque do Asterix é uma opção divertida de passeio para quem visita Paris
Parc Astérix 2009 ©
O Parque do Asterix é uma opção divertida de passeio para quem visita Paris

A história de Asterix, o herói gaulês baixinho que tem como melhor amigo o grandalhão e comilão Obelix, é conhecida no mundo todo. Inspirado nesses personagens, o Parc Asterix, a 30 km de Paris, recria atrações baseadas nas aventuras da dupla e é dividido em zonas temáticas: Gália, Império Romano, Grécia, Vikings e Através dos Tempos.

Os visitantes podem navegar em uma embarcação gaulesa, andar na montanha-russa Goundurix com cinco loopings, descer corredeiras em boias gigantes e curtir um show de golfinhos. Há restaurante de comida variada, cerca de 20 lojas, com suvenires que vão de escudos, espadas até roupas. Brinquedos em madeira e bonecas antigas são vendidos na Rue de Paris. Original e com a cara da França, o parque é uma alternativa à Eurodisney. Além de ser mais em conta.

É possível ir de carro pela Rodovia A1. Há um ônibus que parte, diariamente, do Museu do Louvre, em frente ao Hall Charles V, tel. +33 826/301-040. Entradas por 40 euros. O horário de funcionamento do parque varia ao longo dos meses e está disponível no site.


O Dickens World retrata a Inglaterra urbana dos anos de 1800
Divulgação
O Dickens World retrata a Inglaterra urbana dos anos de 1800
Dickens World - Chatam (Inglaterra)

Foi na cidade de Chatam, no condado de Kent, nas imediações de Londres, que Charles Dickens passou boa parte de sua juventude. Em pleno século 19, o brilhante romancista britânico, autor de Oliver Twist, aproveitava os acontecimentos da época para escrever seus romances. E a partir de suas histórias surgiu a inspiração para criar o Dickens World, o mundo que ele abordava em seus romances.

O complexo retrata a Inglaterra urbana dos anos de 1800, reproduzindo não só as construções do período, mas os sons e os aromas que invadiam as ruas há dois séculos. Como nem tudo é glamour, o país vivia uma fase de transição e o clima sombrio do período foi transferido para o parque. Há ratos (não de verdade, é claro) em diversos pontos, cenas de crimes e dá até para sentir o odor de esgoto dos canais na época. Só para se ter uma ideia, no tiro ao alvo os patinhos perderam seu espaço para as ratazanas, e na montanha-russa, o caminho passa por cemitérios e hospitais. A atração mais procurada é o passeio pelo rio artificial, com um cheiro nada agradável.

Leviathan Way, Chatham Maritime, Kent, tel. +44 1634/890-421. Entradas por £ 13 adultos e crianças £ 7,50. O parque funciona de terça a sexta das 10h às 16h30 e aos sábados e domingos das 10h às 17h30.

O parque Sesame Place reproduz cenários do programa Vila Sésamo
Getty Images
O parque Sesame Place reproduz cenários do programa Vila Sésamo

Sesame Place - Filadélfia (Estados Unidos)

Quem tem mais de 30 anos com certeza se lembra dos bonecos peludos e divertidos que foram a sensação do programa infantil Sesame Street (na versão nacional, Vila Sésamo). Elmo, Garibaldo e os outros personagens que fizeram do seriado um sucesso mundial são o tema central do Sesame Place, um parque temático localizado na Filadélfia (Estados Unidos).

Os brinquedos são para as crianças, mas os adultos que cresceram assistindo à série se divertem também. Entre as dezenas de atrações, incluindo um parque aquático e shows ao vivo, os visitantes podem passear pela Sesame Neighborhood, que reproduz os cenários do programa, e conhecer o Elmo’s World, com três brinquedos bem suaves para a criançada.

100 Sesame Road, Langhorne, tel. +1 215/752-7070‎. O parque está a 90 minutos de Nova York. Entradas por US$ 56. O horário de funcionamento do parque varia ao longo dos meses e está disponível no site.



Shijingshan Amusement Park - Pequim (China)

O Shijingshan AmusementPark tem uma versão
Dyliu714
O Shijingshan AmusementPark tem uma versão "made in china" do Castelo da Cinderela
Neste parque chinês, a semelhança com o Walt Disney World não é mera coincidência. Mickey, Pato Donald, Castelo da Cinderela? Até a esfera do Epcot Center não ficou de fora. Isto mesmo, a criatividade não é o forte deste parque, ou melhor, não era. Para não parecer uma cópia escancarada, os personagens bem ocidentais ganharam uma versão “Made in China”. A Cinderela tem olhos puxados e o Mickey virou um gato com orelhas maiores e arredondadas.

A direção do parque diz que tudo por ali é “original”. De qualquer forma, o Shijingshan é repleto de atrações e considerado um dos maiores da Ásia. Há montanha-russa, elevador que despenca, montanha encantada, cinema 4-D, tudo, ou quase, que se encontraria no parque americano.

25 Jingshan Road, Shijingshan District, Pequim, distante 15 km da Praça Tiananmen. Entradas por 10 Iuan. O horário de funcionamento do parque varia ao longo dos meses e está disponível no site.

Os animais ganham vida e caraterísticas deseres humanos no Bonbon Land
Michael Welsing
Os animais ganham vida e caraterísticas deseres humanos no Bonbon Land
BonBon Land - Holmegaard (Dinamarca)

A primeira impressão é que se trata de um parque normal, com brinquedos, restaurantes, lojinhas e um monte de crianças. Ao olhar de novo, percebe-se que o Bonbon Land é pra lá de bizzaro. Os animais são os personagens: vacas, ratos, patos e tartarugas retratados com toques de humor negro. Não estranhe ao ver desenhos de ratos vomitando, vacas com peitos grandes usando roupas de dançarias de cancã, cães sujando as calçadas e por aí vai.

Em uma das atrações, um carrinho segue por trilhos que passam dentro da casinha de um cachorro que solta pum. Ainda há as joaninhas voadoras que “fazem xixi” (água) e tentam acertar as crianças. Tirando isso, há dezenas de brinquedos “normais” para a criançada se divertir.

Gartnervej 2, 4684 Holmegaard, tel. +45 55/530-700‎. Entradas por DKK 129. O horário de funcionamento do parque varia ao longo dos meses e está disponível no site.

Os visitantes sentem na pele os dramas e a violência do período do regime soviético
Divulgação
Os visitantes sentem na pele os dramas e a violência do período do regime soviético
Išgyvenimo Drama - Florestas de Nimencine (Lituânia)

Medo, crueldade, pressão: o objetivo deste “parque” da Lituânia é resgatar o sofrimento provocado pelo regime comunista soviético de 1984 e transmiti-lo aos visitantes. Localizado em um bunker a cinco metros abaixo da superfície, antigamente usado como sede de uma emissora de televisão clandestina, o lugar organiza visitas que instigam o emocional, sendo a “Noite na URSS” a mais longa, com 12 horas de duração.

Ao entrar no local, os visitantes vestem um uniforme puído e iniciam o percurso em clima de tensão, sempre comandados pelos gritos de um oficial. Entre outras atrações, as pessoas são obrigadas a fazer exercícios pesados, a colocar máscaras de gás em uma sala cheirando fortemente a mofo – e que inesperadamente cai na escuridão, e ainda a colar o rosto contra uma parede ouvindo latidos de cães (como se fossem ser atacadas a qualquer momento). Fora os interrogatórios, dos quais é possível ouvir os gritos de alguém na sala ao lado. Depois da sessão de horror, que muitos caracterizam como terapia, entra a parte gostosa do tour: uma refeição soviética regada a muita vodca.

Florestas de Nimencine, a 25 km de Vilnius, tel. +370 696/14-993. Entradas por US$ 220.


* O iG Turismo não se responsabiliza pelos preços divulgados. Sugerimos confirmar preços com agências e operadoras de viagens, bem como possíveis taxas extras e formas de pagamento.  

Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.