Conheça algumas dicas e evite entrar numa fria nas suas férias

- Fuso horário: -3 horas em relação ao horário de Brasília

- Língua: Espanhol

- Moeda: Peso mexicano (MXN)

- Visto e documento: Brasileiros já podem viajar a Cancún sem a necessidade de visto. No final de 2010, os mexicanos liberaram essa exigência para entrar em seu território e a substituíram por uma autorização eletrônica. Clique aqui para acessá-la.

Brasileiros já podem viajar a Cancún sem a necessidade de visto
Flickr/Mike_fleming
Brasileiros já podem viajar a Cancún sem a necessidade de visto
A viagem com a autorização eletrônica, no entanto, depende da companhia aérea escolhida. Algumas delas ainda exigem o visto no momento do embarque dos turistas brasileiros.

Dependendo dos documentos apresentados, o visto pode ser concedido por um período de 180 dias até dez anos. Para mais informações, acesse a página do Consulado .

- DDI: (52) 998

- Informações turísticas: A Oficina de Visitantes y Convenciones de Cancún publica informações na internet e também atende os turistas pelo telefone (52 998) 881.2745.

O site do departamento de turismo da Prefeitura também é uma boa opção de consulta.

- Gorjetas: Nos bares e restaurantes, é comum deixar uma propina (gorjeta) equivalente a 10% do valor da conta. Se necessitar usar o serviço de carregadores de malas, o turista pode oferecer uma gorjeta de 10 MXN por volume transportado.

- Embaixada do Brasil: A Embaixada Brasileira na Cidade do México está situada na Calle Lope de Armendáriz, 130 (esquina com o número 906 de Bvd. de los Virreyes), tel. (52 55) 5201.4531.

- Vacinas: O México exige o certificado de vacinação contra a febre amarela.

Acompanhe as novidades do iG Turismo também pelo Twitter .

* Consulte os estabelecimentos para saber a disponibilidade de vagas, possíveis taxas extras e formas de pagamento. O iG Turismo não se responsabiliza pelos preços divulgados. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.