7 dicas para curtir uma viagem sem perrengues

A temperatura nos gêiseres de El Tatio chega a -15 graus no inverno
Getty Images
A temperatura nos gêiseres de El Tatio chega a -15 graus no inverno
Para que sua viagem transcorra com tranquilidade, fique atento a algumas dicas simples.

1. Proteja o corpo
O deserto do Atacama é o mais seco do mundo e o corpo sente logo os efeitos de tamanha aridez. Por isso, leve sempre um protetor labial com você durante os passeios. Para quem sofre com a secura dos olhos, um colírio ajuda a aliviar esta sensação. Não se esqueça do creme hidratante no corpo após o banho para evitar que a pele fique rachada.

2. Roupas para o frio
O clima desértico é marcado pelas grandes variações térmicas, portanto, é preciso colocar na mala agasalhos, para as noites frias, e roupas leves, para o calor do dia. Já quem quiser visitar os gêiseres de El Tatio deve levar casaco de neve, roupas térmicas ou tipo segunda pele, gorro, cachecol, luvas e, se possível, sapatos com forro interno. O passeio para os gêiseres, localizados a uma altitude de 4.200 metros, tem início de madrugada e a temperatura no local pode chegar a -15º C no inverno. Luvas e um casaco grosso também serão necessários para o tour astronômico.

3. Roupas de banho
Para mergulhar nas lagoas termais, na laguna Cejar ou nas termas de Puritana vá vestido por baixo da roupa com seus trajes de banho. Leve uma toalha na mochila para se enxugar depois.

4. Beba muita água
Não deixe de lavar uma garrafinha de água com você para todos os passeios e mantenha-se sempre hidratado. Evite bebidas alcóolicas e comidas pesadas na noite anterior aos passeios de grande altitude, como o salar de Tara e os gêiseres de El Tatio, para evitar um possível mal-estar.

5. Cuidado com o sol
Apesar de ser um deserto, a temperatura costuma ser amena ao longo do dia. Mas não se engane, o sol queima – e muito. Por isso, não se esqueça do protetor solar, óculos de sol e chapéu.

6. Guias e agências de viagens
As agências de viagens de San Pedro de Atacama costumam oferecer um desconto para os turistas que fecham mais de um passeio com elas. Pergunte o preço para fechar um pacote com os tours que deseja fazer. Vale lembrar que as entradas dos parques não estão inclusas no preço. Muitos visitantes também costumam dar gorjeta ao guia ao fim do passeio.

7. Prepare-se para a altitude
O corpo leva alguns dias para se aclimatar à altitude. Então, não se preocupe se sentir um certo mal-estar durante os primeiros dias. Os sintomas mais comuns da sorache (o mal da altitude) são dor de cabeça, náusea, tontura, ânsia, cansaço e falta de ar. Até caminhadas curtas podem provocar estas sensações desagradáveis, portanto, deixe os lugares localizados a uma altitude elevada e as atividades que exijam maior esforço fisíco para os últimos dias da viagem. Isto dá ao corpo um tempo maior para a aclimatação. Beba bastante água, procure movimentar-se lentamente e descanse. Beber chá de coca ou mascar folhas de coca para amenizar os sintomas também é comum por lá.

Continue lendo:

Tours imperdíveis no Atacama
Getty Images
Tours imperdíveis no Atacama

Uma viagem de extremos pelo Atacama
Eduardo Vessoni
Uma viagem de extremos pelo Atacama


Tours imperdíveis no Atacama

Andar por entre gêiseres, ver neve no deserto, observar estrelas em potentes telescóspios são algumas das atividades possíveis. Leia mais








Uma viagem de extremos pelo Atacama

Vulcões nevados, gêiseres, lagos e piscinas termais compõem a paisagem de outro planeta no deserto chileno. Leia mais

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.