Fogos em alto mar, belas praias e boa vida. Veja como é viajar com o Mickey a bordo do Disney Dream

Com capacidade para quatro mil passageiros, o navio Disney  Dream parte de Cabo Canaveral – a 45 minutos de Orlando, Flórida  – rumo às Bahamas . A viagem de quatro noites prevê duas paradas, uma em Nassau e outra em Castaway Cay, a ilha particular da Disney . Após o percurso, o Disney Dream volta para Cabo Canaveral, região conhecida por abrigar uma base da NASA.

Foram necessários dois anos para que o estaleiro alemão Meyer Werft concluísse o sonho em alto mar projetado pelos criativos da Disney . O navio de cruzeiro, totalmente embalado em 'art déco', tem 340 metros de comprimento, 16 deques, 1.250 cabines, seis restaurantes de grande porte, clubes para crianças e adolescentes, bares, spa, teatro, cinema e três piscinas. A cereja do bolo é o brinquedo AquaDuck, o toboágua do Pato Donald.

Descer pelo AquaDuck é percorrer 233 metros por meio de um tubo de acrílico transparente. Crianças com pelo menos um metro de altura também podem curtir o brinquedo. Assista ao vídeo e acompanhe a nossa experiência divertida.

Muitas outras atrações são destinadas a crianças e adolescentes. Divididos por faixa etária, os Youth Clubs oferecerem cuidados e lazer. No “It’s a Small World Nursery”, por exemplo, as crianças de até três anos são acompanhadas por monitores enquanto os pais exploram o navio. Os maiores brincam no quarto de Toy Story, participam de oficinas e jogam videogames de última geração. Quem tem entre 14 e 17 anos acessa o Vibe, um espaço teen que reúne balada, cinema e piscina privativa. Só não pode namorar.

Comandada por Jack Sparrow, a festa “Mickey's Pirates in the Caribbean” é um dos pontos altos da viagem. Todos recebem lenços de pirata no quarto e são convidados a entrar no clima. Os mais animados roubam a cena com fantasias elaboradas e até ganham aplausos.

A batalha épica de Sparrow é encerrada com queima de fogos. O espetáculo pirotécnico não chega a ser tão grandioso como nos parques da Disney, em Orlando, mas empolga mesmo assim, e o material é ecologicamente correto, não polui o mar.

Com o fim dos fogos, uma festa ao ar livre segue embalada por DJs, mas após um dia cheio de atividades, pouca gente tem fôlego para dançar até altas horas. Além disso, o Disney Dream é um ‘cruzeiro família’, e as crianças dormem cedo.

Encontros com Mickey e sua turma
Mickey, Minnie, Tico e Teco, Pluto, Lilo e Stitch, Pateta, Pato Donald e Margarida aparecem todos os dias com trajes diferentes, geralmente no lobby do navio. Além dos beijinhos e autógrafos, os personagens brincam bastante com os viajantes e fazem graça para as câmeras.

As oportunidades de encontros com os personagens são informadas no ‘Personal Navigator’, folheto entregue todas as noites nas cabines com a programação do dia seguinte. Não é preciso fazer reserva, basta chegar com alguns minutos de antecedência para não perder tempo na fila.

Já o disputado ‘meet & greet’ com várias princesas Disney requer um pouco mais de paciência. É preciso solicitar o ticket de acesso no momento do check-in, e, no dia do encontro, aguardar na fila.

Encontro com a realeza no lobby do Disney Dream
Disney Cruise Line
Encontro com a realeza no lobby do Disney Dream

As estrelas da Disney também podem ser assistidas com todo conforto em superproduções musicais no Walt Disney Theatre. O espetáculo “The Golden Mickeys” homenageia Walt Disney e seu legado. O divertido Villains Tonight! (um pouco mais adulto, com piadas em inglês) festeja os maiores vilões de todos os tempos, com destaque para Malévola, que arranca aplausos da plateia. O Disney’s Believe fecha a noite que antecede o fim da viagem. “O melhor sempre vem no final”, conta Christian Abbott, diretor artístico do cruzeiro, sobre o musical lotado de personagens queridos e efeitos especiais.

Mickey e sua turma estão em todos os momentos do passeio
Disney Cruise Line
Mickey e sua turma estão em todos os momentos do passeio

Sensação do momento, Elsa e Anna, de Frozen, não aparecem no navio. Contudo, as irmãs devem ser as estrelas de um novo cruzeiro pelos fiordes noruegueses, que inspiraram os cenários da animação. De acordo com a Disney Cruise Line, a primeira viagem está marcada para o próximo verão americano.

Sistema ‘all inclusive’ e jantares rotativos
Definitivamente, o hambúrguer não é a comida oficial do cruzeiro. Os principais restaurantes trabalham com pratos elaborados e muito bem apresentados. Peixes, carnes, massas e frutos do mar aparecem em todos os cardápios.

E como tudo na Disney, os restaurantes também contam histórias. O pomposo Royal Palace expõe quadros de todas as princesas e ostenta um grande lustre decorado com sapatinhos de cristal. Do pôr do sol ao céu estrelado, o teto do Enchanted Garden muda ao decorrer do dia. No Animator's Palate, a turma do Nemo interage com os convidados por meio de telas inteligentes.

O Disney Dream trabalha com o sistema ‘all inclusive’. Café da manhã, almoço e jantar estão inclusos no pacote. Estações de fast-food, refrigerantes e sorvetes funcionam o tempo todo à vontade. Bebidas alcoólicas são cobradas à parte, assim como os restaurantes assinados Palo e Remy. Balde de pipoca, café gourmet e outras guloseimas vendidas em alguns estabelecimentos não fazem parte do sistema.

O programa de ‘jantares rotativos’ permite que os passageiros façam suas refeições em um restaurante diferente por noite, sempre com o mesmo garçom servindo. Dessa forma, quem compra o cruzeiro já embarca com todos os jantares agendados.

“A presença do mesmo garçom todas as noites cria uma relação de confiança. Nós acabamos chamando muitos passageiros pelos nomes. Conhecemos os gostos já na primeira noite e isso facilita muito na indicação de pratos”, conta Graziela os Anjos Oliveira Ribeiro, brasileira que faz parte da animada tripulação com mais de 1.400 membros.

Em caso de insegurança com o inglês, é possível solicitar um garçom brasileiro. Segundo Graziela, a Disney costuma atender aos pedidos personalizados. De qualquer forma, cardápios em português estão disponíveis.

Relax ou agito sem crianças
Tudo bem que o Disney Dream é um cruzeiro familiar com muitas crianças a bordo, mas um pouco de silêncio, sombra e água fresca não faz mal a ninguém.

Só para adultos, a piscina Quiet Cove é servida por um bar aquático e rodeada por banheiras de hidromassagem. Bem próxima a ela está o Senses Spa & Salon, que oferece tratamentos e massagens.

Crianças não entram nos restaurantes de alta gastronomia Palo e Remy, respectivamente italiano e francês. Ambos promovem jantares intimistas e pedem trajes mais finos. Os mais animados encontram drinques coloridos e garrafas de espumante no lounge Pink, enquanto o Evolution mixa clássicos a sucessos contemporâneos até às duas da manhã. No bar Skyline, um painel dinâmico homenageia as belas paisagens do Rio de Janeiro, Chicago, Paris e Nova York.

Ambientes sem crianças também foram planejados na ilha Castaway Cay. De tão afastada da área familiar, é preciso chegar de trenzinho na prainha Serenity Bay.

Quanto custa
Os valores variam de acordo com a época do ano, número de pessoas acomodadas, localização e tipo de cabine. Partindo em janeiro, o cruzeiro de quatro noites para duas pessoas custa a partir de US$ 1.683,16 no total. Em junho, a mesma viagem sai por US$ 2.161,16 no total**. O valor não inclui passagens aéreas, refere-se ao preço do cruzeiro com ‘all inclusive’. 

Ao comprar uma viagem de cruzeiro é importante considerar outras questões além do preço para a definição do mês. Temperatura, volume de chuvas e incidência de furacões são fatores fundamentais.

Em tempo: Se precisar de internet, use o wi-fi livre no Vista Café (deck 4) ou Cove Café (deck 11). Com preços muito altos, pacotes de acesso podem ser adquiridos individualmente.

A jornalista viajou a convite da Disney Cruise Line.
**  Informações e preços apurados em dezembro de 2014. Os valores podem sofrer alteração sem aviso prévio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.