Tamanho do texto

Buenos Aires é quase parada obrigatória, mas a Argentina também conta com locais que encantam pela natureza, pelo clima de aventura e muito mais

A proximidade com o Brasil torna a Argentina um dos destinos queridinhos dos brasileiros. A capital, Buenos Aires, costuma ser a mais visitada pelos turistas, mas o país também cobta com outras cidades bem interessantes que valem a pena estar em seu roteiro de viagem. 

Leia também: Buenos Aires em 4 dias: dicas para aproveitar um feriado na cidade 

Buenos Aires é um ótimo lugar, mas a Argentina também conta com outras cidades ideias para os turistas
shutterstock
Buenos Aires é um ótimo lugar, mas a Argentina também conta com outras cidades ideias para os turistas


Confira as principais cidades turísticas para conhecer na Argentina  indicadas pela Vert Hotéis, em parceira com a Addesa Hotels, e o que fazer em cada uma delas:

1. Buenos Aires

Considerado um destino muito acessível, a capital do país também destaca-se pelos shows de tango, pelas opções de estádios de futebol, pela gastronomia (as famosas parrillas) e claro, pelo bom vinho. Fora isso, conta com bairros charmosos como Puerto Madero e a Recoleta.

A primeira opção fica próximo ao centro e é um bairro tradicional com prédios de luxo e ótimos restaurantes. Uma das opções de passeio nessa região é andar ao entardecer ao longo do canal, admirando a bela Puente de La Mujer.

Obelisco está entre os pontos turístico de Buenos Aires mais visitados pelos turistas
shutterstock
Obelisco está entre os pontos turístico de Buenos Aires mais visitados pelos turistas


Já Recoleta é um bairro mais residencial e tranquilo para se hospedar. Entre as atrações turísticas estão a Plaza Francia, que abriga a Basílica de Nossa Senhora do Pilar – uma das igrejas mais antigas de Buenos Aires –, o Museu Nacional de Belas Artes, que concentra um grande acervo nacional e internacional, a Floralis Generica, uma enorme escultura de flor de aço com 23 metros de altura que fica na praça Nações Unidas, e o Cemitério da Recoleta, com túmulos que são verdadeiras obras-primas, como o de Evita Péron.

2. El Calafate

O destino é perfeito para quem quer explorar a Patagônia Argentina. Está localizado a 80 km das geleiras do Parque Nacional Los Glaciares e é composto por 47 enormes geleiras formando uma paisagem única. Nessa região, você pode caminhar sobre as geleiras, fazer passeios de barco, trem ou 4x4, além de ver de perto diversos animais marinhos. Os destaques gastronômicos dessa região que você precisa provar são: morcilla, chorizo, papas rústica, cordeiro, peixes e o típico empanado.

O parque Glaciar Perito Moreno é uma das principais atrações de El Calafate que encanta os turistas
shutterstock
O parque Glaciar Perito Moreno é uma das principais atrações de El Calafate que encanta os turistas


Leia também: Chile é o destino de 2018, e visitar local pode custar menos de R$ 1,5 mil

Outra atração de destaque é o Glaciar Perito Moreno, com 250 km² de área e 60 metros de altura. Trata-se de uma geleira com paredes que represam as águas do Lago Argentino e fazem pressão sobre o gelo, provocando desabamentos nas bordas da geleira. Você pode observar esse espetáculo da natureza em passarelas que ficam a 200 metros de distância.

3. Villa La Angostura

As margens do lago de Bariloche, esse é outro destino em que o frio reina, mas também garante tranquilidade aos turistas. Por ser um local menos agitado, é muito indicado para quem busca realizar uma viagem romântica. A região conta com restaurantes de alta gastronomia, pousadas e hotéis de luxo que são cercados por vistas exuberantes.  

Em lugares como Cerro Bayo os esportes de neve são muito praticados e oferecem ótima infraestrutura
shutterstock
Em lugares como Cerro Bayo os esportes de neve são muito praticados e oferecem ótima infraestrutura


Devido ao clima, a prática de esportes de neve é algo muito comum, principalmente em lugares como Cerro Bayo – que possui infraestrutura de qualidade, serviços personalizados e atividades para crianças como escola de esqui e snowboard. São 25 pistas em 280 hectares de superfície esquiável, além de 16 meios de elevação. O local também dá acesso para outra atração muito popular, o Parque Nacional Los Arrayanes, caracterizado pelas árvores com troncos alaranjados.

4. Puerto Iguazú

No começo do século XX, a cidade teve um papel importante no processo de colonização da província e hoje é uma das regiões mais importantes de Misiones. O local conta com mais de 60 mil habitantes e concentra um grande número de turistas que vão visitar as Cataratas do Iguaçu – que está entre as novas Sete Maravilhas do Mundo.

Na Argentina também é possível admirar as belezas naturais das Cataratas do Iguaçu
shutterstock
Na Argentina também é possível admirar as belezas naturais das Cataratas do Iguaçu


Essa atração natural encanta os visitantes e não é para menos, são mais de 2 km de cachoeiras que superam 70 metros de altura. Devido a abundancia de água, a vegetação ao redor é bem rica, tornando a paisagem da região ainda mais bela.  

5. El Chaltén

Conhecida como a capital nacional do trekking, a região atrai viajantes que estão em busca de aventura e ecoturismo. As atrações contam com inúmeras trilhas que prometem agradar a todos, sendo que o destaque é a Laguna Capri. Essa trilha possui oito quilômetros, contando ida e volta, e por todo caminho é possível admirar a paisagem natural, já que a trilha é cercada pelo belo monte FitzRoy.

A paisagem natural de FitzRoy chama a atenção dos turistas que visitam esse local argentino
shutterstock
A paisagem natural de FitzRoy chama a atenção dos turistas que visitam esse local argentino


Leia também: Conheça Ushuaia, na Patagônia argentina

Esse destino da Argentina é indicado para quem gosta de realizar atividades ao ar livre, já que  a região é formada por um cenário robusto e selvagem, com picos de montanha, vastos campos de gelo, lagos isolados e florestas exuberantes. A proximidade com a natureza possibilita observar animais selvagens, diversas espécies de aves, incluindo o papagaio da Patagónia e o Huemul sul-andino, uma espécie de veado em extinção.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.