Veja a seguir algumas atrações para conhecer na capital dos EUA sem gastar um tostão

Considerada pela revista Forbes como a cidade mais cool dos Estados Unidos , em 2014, Washington  é um caldeirão multicultural de entretenimento e lazer. Mix que fica ainda mais atraente graças à quantidade de atrações totalmente gratuitas à disposição dos visitantes. Confira abaixo uma pequena amostra do que fazer na capital política e militar norte-americana sem gastar um tostão.

Mais: Planeje-se para conhecer Washington

1. Jardim Botânico Nacional 
Localizado ao lado do Capitólio, o Jardim Botânico é uma visita obrigatória para quem gosta de natureza. Em uma espécie de estufa gigante, dividida em distintos ambientes, é possível ir da selva ao deserto em poucos passos, conhecendo espécies raras e ameaçadas, além de flores e árvores exóticas. Dica: perca algum tempo no orquidário. É de tirar o fôlego.

2. Capitólio
O prédio que abriga o Congresso e o Senado americano se destaca pela imponência arquitetônica. Construído em estilo neoclássico, o edifício é dividido em duas alas separadas por uma imensa cúpula central. Visitas guiadas ocorrem diariamente, mas é preciso agendar antes. Dica: não leve mochilas, líquidos ou alimentos de nenhum tipo, abertos ou fechados, pois a segurança não deixa passar.

3. Museu do Holocausto
A entrada para uma viagem que conta o surgimento, o curso e as consequências do extermínio em massa de cerca de 6 milhões de judeus pelo regime nazista na Segunda Guerra é um passaporte – com a foto e um pouco da história – de uma pessoa que morreu no Holocausto. Com riqueza de detalhes, o museu recria os ambientes dos campos de concentração, a vida nos guetos e as histórias dos líderes que ousaram se rebelar contra a barbárie nazista. A visita é uma experiência marcante, o que torna o museu uma parada obrigatória para quem visita Washington.

Mesmo com pouco dinheiro é possível conhecer as principais atrações de Washington
Divulgação
Mesmo com pouco dinheiro é possível conhecer as principais atrações de Washington

4. Arquivos Nacionais
O imponente prédio localizado na Constitution Avenue, entre as ruas 7 e 9, abriga documentos originais considerados verdadeiros tesouros da história americana. Lá estão a célebre declaração de independência dos Estados Unidos, a primeira Constituição do país e a emenda anexada a ela em 1791, que garante a todos os cidadãos a proteção da liberdade de opinião e de religião, entre outros direitos individuais e coletivos. Dica: não leve bebidas ou alimentos e prepare-se para pegar fila – o esquema de segurança para entrar no prédio é bastante rígido.

5. Galeria Nacional de Arte e Jardim de Esculturas
Com obras de grandes artistas como Matisse, Miró, Picasso e Pollock, entre outros, o museu abriga uma das melhores coleções de escultura e pintura do mundo, boa parte dela fruto da doação do milionário e colecionador de arte Andrew Mellon, morto em 1937. Ao redor do prédio, um belo jardim com obras de escultores renomados se integra a um charmoso café. Dica: no inverno fica mais difícil apreciar qualquer arte ao ar livre. Por outro lado, o local recebe um ringue de patinação no gelo. Diversão garantida para todas as idades.

6. Museu Nacional do Ar e do Espaço
É o museu mais popular da cidade. Guarda a maior coleção mundial de aeronaves e naves espaciais originais e mantém exposições permanentes sobre astronomia, tecnologia da aviação e exploração espacial. Destaque para os diversos modelos originais de aeronaves antigas e modernas – algumas permitem a visitação por dentro – e também para a seção que trata da missão Apollo 11. A cápsula de comando original está exposta lá, assim como toda a tecnologia desenvolvida e empregada na missão que levou Neil Armstrong à Lua. Dica: reserve uma tarde inteira para passear por lá com as crianças. É uma experiência que eles jamais esquecerão.

7. Museu Nacional de História Natural
Com mais de 3,5 milhões de espécies catalogadas – boa parte delas em exposição – este museu é inteiramente dedicado à educação e pesquisa nas mais diversas áreas das ciências naturais. Destaque para o Hall das Origens Humanas, onde o visitante pode, a partir de uma foto tirada na hora, ver como seria o rosto dele com os traços físicos de humanos primitivos. Dica: não saia deste museu sem passar algum tempo na galeria de Geologia, Gemas e Minerais, que abriga uma das mais variadas e belas coleções de pedras preciosas e minerais dos mais remotos cantos da Terra e também de fora dela (meteoritos e minerais colhidos nas explorações espaciais).

8. National Portrait Gallery
Este museu percorre a história americana por meio dos retratos de heróis, poetas, vilões e visionários que nasceram ou viveram no país desde a vinda dos primeiros imigrantes para a América do Norte. Pelas paredes do prédio, um dos mais antigos da cidade, estão penduradas pinturas e fotografias de americanos célebres em áreas que vão da política às artes. Dica: para quem gosta de história americana, a coleção de retratos de todos os presidentes dos Estados Unidos pode render uma divertida trivia em tempo real.

9. Monumento a Washington
O obelisco, um dos símbolos da cidade, foi construído em 1885 como homenagem ao presidente George Washington. Além de caminhar e apreciar a vista em volta do famoso monumento é possível subir no topo para registrar lá de cima as belas imagens dos arredores, o que inclui a Casa Branca e o espelho d’água com o Lincoln Memorial ao fundo. Dica: a visita ao topo é paga e os tickets precisam ser comprados com antecedência.

10. Casa Branca
O número 1.600 da Avenida Pennsylvania é o endereço mais famoso da cidade, e também o mais protegido. Aquela famosa imagem do casarão branco cercado de um belo jardim é praticamente a única que você vai conseguir fotografar, pois o local é totalmente cercado e protegido por forte esquema de segurança. Ainda assim, vale posar para uma selfie em frente à casa do homem mais poderoso do mundo. Dica: é possível fazer um tour guiado, mas para conseguir uma vaga é preciso se inscrever com meses de antecedência.

11. Lincoln Memorial
Aberto para visitação 24 horas por dia, o monumento que honra com uma imponente estátua o 16º presidente americano foi palco de um dos maiores comícios da história dos Estados Unidos, quando milhares de pessoas se reuniram nas escadarias do local para ouvir o discurso do líder Martin Luther King contra a segregação racial. Dica: aproveite que o local está sempre aberto e programe uma visita à noite. Depois que o sol se põe, este e outros monumentos da cidade ganham uma linda iluminação.

Leia também:
- As várias faces dos Estados Unidos
- Prepare-se para ir à Disney
- Um guia para a primeira viagem de avião 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.