Região que fica no Alentejo foi a primeira a receber certificação de “Destino Turístico Starlight”, conferida a lugares com excelente visibilidade do céu e boa estrutura para viajantes

Em tempos de iluminação e poluição excessivas nas grandes cidades, é difícil imaginar como seria o céu noturno se as pessoas não existissem.

A Reserva Alqueva, que fica no Alentejo, em Portugal, é um dos poucos lugares no mundo que propicia um céu estrelado quase ‘virgem’, característica que atrai um turismo específico à região: pessoas ansiosas para observar as estrelas com detalhes. 

A região foi a primeira a receber, em outubro de 2011, o título de “Destino Turístico Starlight”, dado a lugares que tenham boa visibilidade do céu noturno e que ofereçam serviços turísticos voltados à observação das estrelas. A Fundação Starlight leva em conta a quantidade de noites sem nuvens, escuridão, visão e transparência.

Leia mais: Mouraria busca vida nova

A reserva Alqueva Dark Sky tem três mil quilômetros quadrados espalhados ao longo dos municípios de Alandroal, Barrancos, Moura, Mourão, Reguengos de Monsaraz e Portel. No site oficial, é possível conferir todos os hotéis, restaurantes e atividades certificados pela Reserva Dark Sky por oferecerem serviços ligados ao tema.

Passeios a cavalo, observação noturna de pássaros e da vida selvagem, ceias às margens do lago, degustação de vinhos e canoagem são algumas das opções de entretenimento no cenário bucólico da região que convida os turistas às atividades ao ar livre.

Leia também:
- Mouraria: o berço do fado em Lisboa
-  Descubra os encantos de Budapeste

Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter