Visite as prisões mais famosas do mundo

Por Rafael Bergamaschi , iG São Paulo

Texto

Passeie por celas que ajudaram a moldar histórias de pessoas, países e instituições

Quando um membro da sociedade rompe com as regras estabelecidas, uma punição é necessária. Se, no passado, prisões já foram consideradas apenas um local para que o infrator aguardasse punições mais severas como a morte ou a escravização, com o tempo, o simples fato de manter alguém em confinamento por longos períodos de tempo passou a ser uma punição dura o bastante.

Muitas vezes, as prisões são usadas até mesmo como instrumento de manobra política. Caso de Robben Island, na Cidade do Cabo, por exemplo, que teve o ex-presidente da África do Sul Nelson Mandela como prisioneiro por 18 anos, por conta de suas atvidades contra o apartheid que assolava o país na década de 60. Ele ainda cumpriria outros 11 anos em outras penitenciárias.

Seja em virtude de prisioneiros ilustres, como Mandela, seja por conta do horror excessivo praticado pelos guardas ou simplesmente pela menção em livros e filmes famosos, algumas prisões, mais do que outras, acabam por entrar para a história. E, assim sendo, claro que estas entram para o circuito turístico. Confira algumas delas:  

Alcatraz (Baía de São Francisco/Estados Unidos). Em 29 anos de funcionamento, de 1934 a 1963, a prisão de segurança máxima não registrou nenhuma fuga bem sucedida. Foto: Getty ImagesEternizada em filmes como “A Rocha” e, mais recentemente, na série “Alcatraz”, prisão recebe mais de um milhão de visitantes anualmente. Foto: Getty ImagesRobben Island (África do Sul). Prisão da ilha entrou para a história por servir de abrigo a Nelson Mandela, ex-presidente da África do Sul, por 29 anos durante o apartheid. Foto: Getty ImagesConsiderado patrimônio histórico da humanidade, hoje há um museu no local. Foto: Getty ImagesCastelo de If (Ilha de If/França). A fortaleza construída no século 16 passou a funcionar como prisão pouco depois. Prisioneiros com mais dinheiro ficavam com as melhores instalações . Foto: Getty ImagesCastelo de If ficou famoso ao figurar em “O Conde de Monte Cristo”, romance de Alexandre Dumas. É lá que fica preso Edmond Dantès, protagonista da história. Foto: Getty ImagesCastelo de São Jorge da Mina (Elmina/Gana). Construída por portugueses no século 15, a ‘Mina’ passou a funcionar, mais tarde, como prisão para os escravos a caminho da América. Foto: Getty ImagesEm meados do século 18, cerca de 30 mil escravos passavam anualmente pela ‘Mina’. Hoje local é considerado patrimônio histórico da humanidade. Foto: Getty ImagesEastern State Penitentiary (Filadélfia/Estados Unidos). Construída em 1829, prisão que funcionou até 1971 se tornou modelo para boa parte das prisões modernas. Foto: Getty ImagesEastern State foi uma das primeiras a adotar o regime de solitária para os prisioneiros e ficou conhecida por levar muitos deles à loucura. Foto: Getty ImagesTuol Sleng (Phnom Penh/Camboja). Local, que já foi uma escola, funcionou como prisão entre 1975 e 1984. Na foto, uma cama usada para tortura dos prisioneiros. Foto: Getty ImagesHoje em Tuol Sleng está o Museu  do Genocídio. Crânios de pessoas que morreram ali são exibidos aos visitantes. Foto: Getty ImagesTorre de Londres (Londres/Inglaterra). O castelo, construído no século 11, sempre abrigou prisioneiros. Foto: Getty ImagesA maior parte dos prisioneiros da Torre de Londres passaram por ali entre os séculos 16 e 17. Elizabeth 1ª, antes de ser coroada rainha, foi uma das ilustres aprisionadas. Foto: Flickr/dynamosquitoPort Arthur (Tasmânia/Austrália). De 1833 a 1877 Port Arthur abrigou os piores criminosos de toda Austrália e Reino Unido. Foto: Flickr/elidukeMais de 250 mil turistas passam por Port Arthur anualmente, números que fazem da antiga prisão um dos principais pontos turísticos do país. Foto: Jörn BraunsHoa Lò (Hanói/Vietnã). A prisão foi construída por colonizadores franceses no século 19. Durante a Guerra Fria, local abrigou prisioneiros de guerra americanos. Foto: Getty ImagesA prisão Hoa Lò era chamada ironicamente pelos que por ali passavam de ‘Hilton de Hanói’. O político John McCain, cujo quarto aparece na foto, foi um dos prisioneiros. Foto: Getty ImagesFolsom State Prison (Folsom/Estados Unidos). Construída em 1880, a prisão que ainda está em atividade foi uma das primeiras de segurança máxima. Foto: flickr/uvw916A prisão foi eternizada por “Folsom Prison Blues”, de Johnny Cash, e pelos shows do cantor feitos no local. Museu aberto em área desativada conta a história do local. Foto: flickr/uvw916

  
Leia também:

- Lugares assustadores para conhecer
- Os hotéis mais estranhos do mundo
- Viaje pelo mundo com James Bond

Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter

Leia tudo sobre: prisões
Texto

notícias relacionadas