Descubra tudo o que você precisa saber para percorrer o caminho mais místico do mundo e, de quebra, garantir seu pedaço no céu

Pausa na caminhada para contemplar as montanhas da região do Cebreiro
SXC
Pausa na caminhada para contemplar as montanhas da região do Cebreiro
O Caminho de Santiago percorre a Espanha de ponta a ponta. São quilômetros e quilômetros de paisagens deslumbrantes e cheias de história. Um dia de caminhada nunca é igual ao outro.

De planícies desérticas a montanhas geladas. De simples capelas a majestosas catedrais. De vilarejos bucólicos aos edifícios modernosos das grandes cidades. E ainda castelos, ruínas de antigas cidades medievais, um sem número de igrejas e muitas, muitas estátuas de Santiago, como simples peregrino ou um exterminador de mouros.

Quem trilhar o Caminho ainda este ano pode ser perdoado de todos os pecados, segundo a tradição católica de mais de oito séculos. E de quebra, receber bênçãos especiais. O Ano Santo ou Jubilar ocorre quando o dia 25 de julho, data do martírio de São Tiago, cai em um domingo. Durante o ano inteiro, a Porta Santa da Catedral, em Santiago de Compostela, permanece aberta.

Para receber o Jubileu, são necessários três requisitos ao final da peregrinação: visitar o sepulcro do santo, rezar uma prece e fazer a confissão e comunhão. Quase 300 mil pessoas, de várias partes do mundo, já realizaram o percurso neste ano. O próximo Ano Jubilar será apenas em 2021.

A credencial carimbada dása direito ao diploma de que trilhou o caminho
Getty Images
A credencial carimbada dása direito ao diploma de que trilhou o caminho

Credencial


Com a credencial, o peregrino pode pernoitar gratuitamente em albergues e monastérios ao longo da rota. Também é possível se hospedar em locais pagos, como albergues privados, campings, hostels e até hotéis super luxuosos. Há opções para todos os bolsos e estilos de peregrino.

Uma dica: o documento diminui a chance de ser deportado na Espanha, o que tem se tornado corriqueiro com os turistas que chegam ao país.

Em cada hospedaria, apresente a credencial, que será carimbada com os chamados “sellos”, uma prova de que está percorrendo o Caminho. Ao terminar o trajeto, basta ir até a Oficina de Peregrinos e mostrar a credencial para receber a Compostela, um belo diploma escrito em latim - e com o nome do peregrino também em latim - igualzinho aos concedidos na Idade Média.

Depois de centenas de quilômetros, a visão da Catedral de Compostela
Divulgação
Depois de centenas de quilômetros, a visão da Catedral de Compostela
Percorrer pelo menos os últimos 100 quilômetros do trajeto a pé ou 200 quilômetros de bicicleta já garantem o diploma. Porém, o maior desafio é encarar o percurso inteiro. O mais tradicional, o Caminho Francês, tem cerca de 800 quilômetros.

A Oficina de Peregrinos fica ao lado da Catedral, na Rua do Vilar, número 1. O escritório está aberto diariamente das 10h às 20h. Já a credencial pode ser obtida em qualquer associação de peregrinos do mundo. Em São Paulo, a Associação de Confrades e Amigos do Caminho de Santiago de Compostela   (ACACS-SP), concede o documento gratuitamente. Se você mora em outra cidade, é cobrada apenas a taxa de Sedex.


Acompanhe as novidades do iG Turismo pelo Twitter .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.