Tamanho do texto

Passamos dois dias no transatlântico cujo "irmão gêmeo" chega no Brasil em 2018; saiba tudo sobre a embarcação e confira imagens do interior

Duas tirolesas com mais de 100 metros de comprimento, 11 restaurantes e mais de 1,3 mil cabines com varanda. Esse é o MSC Seaside, novo navio da companhia que, a partir deste mês, fará roteiros de sete noites pelo Caribe leste e oeste partindo do Porto de Miami (Flórida, EUA), seu novo lar. Com capacidade para acomodar mais de 5,1 mil hóspedes, o transatlântico tem o design inspirado nos luxuosos condomínios de Miami Beach – buscando, de acordo com os executivos da companhia, cativar cada vez mais o público norte-americano – e inaugura uma nova geração de navios da armadora. 

Leia também: Cabine interna, externa ou com varanda? Saiba o que é melhor em um navio

Neste mês, o Porto de Miami se tornou o novo lar do MSC Seaside, mais novo navio a operar no Caribe leste e oeste
Divulgação/MSC Cruzeiros
Neste mês, o Porto de Miami se tornou o novo lar do MSC Seaside, mais novo navio a operar no Caribe leste e oeste


"Gêmeo" do MSC Seaside , o Seaview se tornará o maior navio a operar no Brasil durante 2018, e nós fomos até a Flórida para ver de perto o que o público brasileiro pode esperar de uma experiência a bordo do transatlântico.

Vendo o mar de pertinho

De acordo com a armadora, o Seaside foi projetado para aproximar os passageiros do mar de maneira única. No navio, essa proximidade é alcançada, por exemplo, com a promenade – a mais larga já construída em um transatlântico e que fica quase ao nível do mar –, os elevadores panorâmicos localizados na popa e as passarelas de vidro, que dão a sensação de estar caminhando sobre a água.



A Ponte dos Suspiros é uma das passarelas de vidro do MSC Seaside, que fica a 40 metros de altura do deque

Devido ao design, estar, por exemplo, no décimo andar do Seaside é como estar diversos lances abaixo em outras embarcações.

Diversão sem fim

Se engana quem pensa que é possível sofrer de tédio em um navio como esse, já que tanto a parte interior quanto a exterior do Seaside contam com opções variadas de entretenimento para todos os gostos e todas as idades:

Para os pequenos

Como dito diversas vezes pelos executivos da companhia, um dos maiores focos da MSC é a família e, sendo assim, não falta espaço para que mesmo os mais novinhos se divirtam de forma segura. São 700 metros quadrados voltados para o entretenimento dos baixinhos e divididos em espaços para crianças de até três anos, dos 12 aos 14 e dos 15 aos 17, além de um lounge exclusivo para famílias.

O Seaside tem uma área com 700 metros quadrados equipada para divertir desde os mais novinhos até os adolescentes
Divulgação/MSC Cruzeiros
O Seaside tem uma área com 700 metros quadrados equipada para divertir desde os mais novinhos até os adolescentes

Nessa área, uma parceria com marcas de brinquedos, jogos de realidade virtual, animadores e até uma discoteca para os mais jovens garantem a diversão do público infantil e pré-adolescente.

Entre as muitas atrações do parque aquático da embarcação está uma área voltada para o divertimento dos baixinhos
Fernanda Labate/iG São Paulo
Entre as muitas atrações do parque aquático da embarcação está uma área voltada para o divertimento dos baixinhos

Há ainda uma área voltada para o público infantil no parque aquático do navio, além de um serviço noturno de babá para que pais de crianças entre 3 a 11 anos possam aproveitar as muitas festas que ocorrem no navio à noite.

Para os adultos

O transatlântico também conta com atrações que agradam desde os que estão em clima de festa até os mais radicais e os que preferem um entretenimento mais calmo. No Teatro Metropolitan, com capacidade para 934 pessoas, há sete espetáculos disponíveis, um para cada noite de cruzeiro. No dia seguinte à inauguração do navio , o espetáculo “Timeless” foi exibido, contando com acrobacias, números de contorcionismo, dança e até um sósia de Michael Jackson que animou a plateia com passos famosos do Rei do Pop.

Os outros espetáculos disponíveis têm foco em produções antigas, filmes clássicos e ilusões, mas eles não são a única forma de se divertir com música no navio, já que há oito espaços para apresentações musicais ao vivo (incluindo um palco no átrio central da embarcação, onde os hóspedes poderão assistir há alguns shows surpresa durante a viagem).

Para os adultos, há uma área com diversas pistas de boliche em tamanho real para o divertimento em grupo
Divulgação/MSC Cruzeiros
Para os adultos, há uma área com diversas pistas de boliche em tamanho real para o divertimento em grupo
Proximo às pistas de boliche, há um cinema XD em que os jogadores usam óculos 3D e interagem diretamente com o filme
Divulgação/MSC Cruzeiros
Proximo às pistas de boliche, há um cinema XD em que os jogadores usam óculos 3D e interagem diretamente com o filme

Na área interna, além do clássico cassino, quem entra a bordo do MSC Seaside pode jogar boliche em uma pista de tamanho real, se divertir em um game que simula uma corrida de Fórmula 1, aproveitar um cinema XD interativo e jogos de fliperama. Na área externa, a coisa fica mais radical: além das seis piscinas, o navio também possui quatro toboáguas, dois deles com curvas transparentes que extrapolam as bordas da embarcação e passam sobre o mar.

Para os mais radicais, a cereja do bolo é a tirolesa de 105 metros que liga o ponto mais alto do navio à popa
Fernanda Labate/iG São Paulo
Para os mais radicais, a cereja do bolo é a tirolesa de 105 metros que liga o ponto mais alto do navio à popa

Para coroar, o navio também conta com a mais longa tirolesa à bordo de uma embarcação, e quem se aventura ali despenca 105 metros do ponto mais alto do navio até a popa, passando sobre uma das piscinas. 

Gastronomia variada

Quanto à gastronomia disponível para os hóspedes do MSC Seaside, há opções para todos os gostos – a parte que fica realmente complicada é a de manter a dieta. Entre os 11 restaurantes disponíveis na embarcação, há opções especializadas em frutos do mar, culinária francesa, em carnes e o Asian Market Kitchen, coordenado pelo renomado chef pan-asiático Roy Yamaguchi.

Leia também: 25 mil ovos e 10 toneladas de carne - como é a cozinha em uma viagem de navio

Uma das principais atrações gastronômicas do MSC Seaside é o restaurante do chefe pan-asiático Roy Yamaguchi
Fernanda Labate/iG São Paulo
Uma das principais atrações gastronômicas do MSC Seaside é o restaurante do chefe pan-asiático Roy Yamaguchi

Durante nossa estadia, pudemos experimentar alguns dos menus nos restuarantes principais e uma rápida degustação das criações de Roy (spoiler: é difícil escolher um favorito). Lá, o negócio é fartura: de acordo com um dos chefs à bordo, há dias em que eles chegam a preparar 3 mil pizzas. Haja farinha!

Além dos 11 restaurantes, a companhia tem uma parceira com a sorveteria e chocolateria Venchi
Divulgação/MSC Cruzeiros
Além dos 11 restaurantes, a companhia tem uma parceira com a sorveteria e chocolateria Venchi

Para quem gosta de doces, a notícia é boa: em parceria com a sorveteria e chocolateria Venchi, há uma enorme variedade de sobremesas. Além dos restaurantes e da doceria, há também bares e lounges de todos os tipos, desde os mais divertidos, como o Garage Club – com uma vibe mais anos 80 e música pop –, até aos mais formais, em que é preciso fazer reservas.

Conforto, luxo e privacidade nas acomodações

Representando 73% do total de cabines do MSC Seaside, 1.315 delas possuem varandas e são  bastante espaçosas.

Dentre as cabines do MSC Seaside, 73% delas (mais de 1,3 mil) têm varanda
Divulgação/MSC Cruzeiros
Dentre as cabines do MSC Seaside, 73% delas (mais de 1,3 mil) têm varanda

Além delas, há 111 cabines modulares e flexíveis, 28 suítes com hidromassagem privativa e 14 grand suítes exclusivas.

Yatch Club

Para quem prefere uma experiência ainda mais privativa, a MSC oferece o Yatch Club, setor da embarcação que a companhia define como “um navio dentro do navio”.

Para os hóspedes que preferem ter mais privacidade, há o Yatch Club, que possui serviços e ambientes exclusivos
Fernanda Labate/iG São Paulo
Para os hóspedes que preferem ter mais privacidade, há o Yatch Club, que possui serviços e ambientes exclusivos

Com diferentes opções de cabines (desde as de 21 até as de 57 metros quadrados), essa área do navio oferece diversos benefícios, como check-in e checkout prioritários e exclusividades como mordomos 24 horas, spa e um restaurante.

Quem se hospeda no Yatch Club tem prioridade no check-in, no checkout, restaurantes exclusivo e mordomo 24h
Divulgação/MSC Cruzeiros
Quem se hospeda no Yatch Club tem prioridade no check-in, no checkout, restaurantes exclusivo e mordomo 24h

Ainda assim, os hóspedes que estiverem no Yatch Club também podem desfrutar de todas as outras experiências que o restante do navio tem a oferecer.

Conectividade e tranquilidade

Em um navio com 323 metros de comprimento e dezoito andares extremamente semelhantes, é praticamente impossível não se perder. Pensando na comodidade de quem está a bordo e na segurança das crianças para as famílias que querem fazer uma viagem tranquila, o MSC Seaside (assim como os navios da classe Meraviglia) conta com o “MSC For Me”, serviço que pode ser utilizado tanto no próprio celular do hóspede quanto em telas distribuídas pela embarcação.

Pensando na comodidade e na segurança dos passageiros, a companhia criou o
Fernanda Labate/iG São Paulo
Pensando na comodidade e na segurança dos passageiros, a companhia criou o "MSC For Me", sistema que funciona como GPS no navio e ainda facilita um bocado na hora de fazer reservas nos restaurantes ou spas da embarcação

Pensando na necessidade crescente das pessoas em sentirem-se mais conectadas, foi  desenvolvido o sistema em questão, permitindo que os passageiros se localizem e visualizem os caminhos mais curtos para onde desejam ir. Além disso, por meio de uma pulseira equipada com um chip é possível que o hóspedes saibam exatamente onde suas crianças estão. Fora o serviço de localização, o “MSC For Me” ainda permite que os hóspedes façam reservas em bares, restaurantes, spas, shows e ainda organizem as atividades agendadas para o dia.

Leia também: Confira seis fatores que vão te convencer a fazer um cruzeiro

Inauguração com estrelas e muita emoção

A inauguração do MSC Seaside ocorreu na última quarta-feira (21), durante uma cerimônia de gala realizada em Miami. No evento, marcaram presença executivos da armadora, o prefeito da cidade, estrelas como o cantor porto-riquenho Ricky Martin e o tenor italiano Andrea Bocelli, e a atriz Sophia Loren, madrinha de todas as embarcações da companhia marítima.

A cerimônia de inauguração do Seaside contou com a presença da madrinha de todos os outros navios da companhia, a atriz Sophia Loren que, ao lado do capitão Scala e o presidente executivo da armadora, Pierfrancesco Vago, cortou a faixa
Ivan Sarfatti/divulgação
A cerimônia de inauguração do Seaside contou com a presença da madrinha de todos os outros navios da companhia, a atriz Sophia Loren que, ao lado do capitão Scala e o presidente executivo da armadora, Pierfrancesco Vago, cortou a faixa

Além de apresentações que emocionaram e agitaram o público, a companhia também anunciou uma parceria com a Fundação Andrea Bocelli, que realiza projetos relacionados a educação, saúde e outras áreas no Haiti.

O tenor italiano Andrea Bocell se apresentou ao lado do coral de crianças do
Divulgação/MSC Cruzeiros
O tenor italiano Andrea Bocell se apresentou ao lado do coral de crianças do "Voices of Haiti" na inauguração do navio
Outro astro que esteve presente na cerimônia foi o porto-riquenho Ricky Martin, que agitou a plateia com alguns hits
Fernanda Labate/iG São Paulo
Outro astro que esteve presente na cerimônia foi o porto-riquenho Ricky Martin, que agitou a plateia com alguns hits


De acordo com Pierfrancesco Vago, presidente executivo da armadora, a parceria é uma forma de colaborar com a região pela qual navegam. “O MSC Seaside navegará o ano todo no Caribe e com esta parceria desejamos expressar nosso compromisso de dar algo de volta aos locais onde operamos. Esta é a causa mais próxima dos nossos corações”, disse Vago. Com o projeto – que enviará todo o dinheiro doado a bordo dos cruzeiros para a Fundação –, estima-se que mais de 2,5 mil crianças sejam beneficiadas.

Serviço

Durante 2018, o MSC Seaside fará viagens pelo Caribe leste e oeste partindo de Miami. Para brasileiros, há a possibilidade de fechar pacotes completos que incluem voos partindo de São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Manaus, traslados e três noites de hotel em Miami além do roteiro no transatlântico. Os valores do cruzeiro partem de R$ 1.439 por pessoa em cabine dupla interna sem taxas.