Tamanho do texto

Petri e Minna Karjalainen tiveram um problema com a plataforma Airbnb, resolveram fazer algo para ajudar quem é naturista e dão dicas a iniciantes

O casal Petri e Minna Karjalainen gosta de aproveitar as férias em lugares que permitem que eles fiquem como vieram ao mundo, totalmente nus. Uma vez, chegaram a tentar se hospedar em um local nudista através da plataforma Airbnb, mas não conseguiram. Percebendo a dificuldade que tinham para encontrar uma hospedagem, eles decidiram criar uma plataforma para ajudar outras pessoas naturistas.

Leia também: Os melhores lugares para praticar nudismo pelo mundo

Casal que tinha dificuldades para encontrar hospedagens naturistas cria o próprio site para ajudar outras pessoas
shutterstock
Casal que tinha dificuldades para encontrar hospedagens naturistas cria o próprio site para ajudar outras pessoas

“Eu acho que essa é uma oportunidade muito legal de ir a cidades interessantes e conhecer algumas pessoas naturistas que pensam assim como nós e ficar junto com elas”, explica Petri em entrevista ao canal americano “CNN”. “Começamos a pensar que seria legal se houvesse um site de reservas, como o Airbnb, mas dedicado a esse estilo de vida”, acrescenta.

Cuidado com o contato visual 

A plataforma criada pelo casal ganhou o nome de “NaturistBnB”, já funciona há dois meses e tem propriedades no sul da França, Espanha, Holanda, Canadá, Estados Unidos, Inglaterra e País de Gales. “Em nosso site, todas as propriedades são direcionadas para as pessoas que adoraram um estilo de vida naturista e praticam isso em suas viagens”, aponta Petri.

Leia também: Praia de nudismo: 7 melhores opções espalhadas pelo Brasil

As propriedades são adequadas para esse público e boa parte apresenta grandes jardins remotos e também quartos que atendem as necessidades nudistas. O site fornece uma lista de regras para ajudar quem ainda é inexperiente no assunto, incluindo tópicos explicando como fazer contato visual para evitar desconfortos e da importância de sempre levar uma toalha para se sentar nos lugares.

Não é um ambiente sexual 

Os proprietários também enfatizam que um ambiente nudista “deve ser um espaço seguro e não-sexual”. No site, eles escreveram: “A questão de ficar nu em um ambiente seguro traz a sensação de conforto e naturalidade. Então, por favor, não olhe fixamente [para outra pessoa] ou você será considerado um pervertido”.

Leia também: Em Paris, museu trará visitantes para conhecerem exposição inteiramente nus

Andrew Welch, do Naturism britânico, uma organização do Reino Unido para os naturistas afirma: "Sabemos que as pessoas estão muito mais dispostas a experimentar nudez social e, por isso, é ótimo ter a confirmação de que cada vez mais elas estão deixando as roupas de lado e se sentindo confortáveis com as próprias peles". E você, teria coragem de passar as férias em um lugar onde as pessoas ficam totalmente nuas?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.