Muita gente gosta de viajar, mas quem é fã de arrumar e desfazer malas e ainda encarar diferenças de fuso horário que bagunçam o sono?

Fazer uma viagem é um ótimo jeito de escapar da rotina e conhecer lugares novos. Mas, mesmo sendo algo muito esperado, viajar ainda tem um lado ruim com o qual precisamos lidar, como se adaptar a um novo fuso horário e se preparar para os gastos extras.

Leia também: Após exageros de turistas, que até de ponte pulam, Itália repensa turismo

Mesmo sendo algo esperado, viajar ainda tem um lado negativo
shutterstock
Mesmo sendo algo esperado, viajar ainda tem um lado negativo

Veja 7 coisas ruins que precisamos lidar ao viajar:

1. Arrumar as malas

via GIPHY

Você pode estar super animado para a viagem, mas mesmo assim fica com preguiça na hora de arrumar as malas. É preciso separar roupas limpas, artigos pessoais de higiene, lingerie e diversos outros itens. E sempre dá aquele medo de esquecer algo e não poder voltar para casa e pegar. Mas como não há como fugir disso, veja algumas dicas para agilizar a tarefa de arrumar as malas

2. Ficar muito tempo no trajeto

via GIPHY

Se o local de destino for muito longe, pode ser bem desconfortável ficar preso em um ônibus, carro ou avião e na mesma posição por muito tempo. Você não consegue mexer seus pés direito e o sono também não é dos melhores. Chega uma hora que você só quer ficar em terra firme e se mover livremente.

Leia também: 7 dicas para dormir em um avião de maneira mais confortável

3. Se adaptar a um fuso horário

via GIPHY

Além de ficar no trajeto por um longo período - como listado no item anterior - você também terá que se adaptar a um novo fuso horário dependendo do destino. Nos primeiros dias, você terá sono na hora de aproveitar os passeios e ficará bem acordado na hora de dormir. Mas algumas atitudes ajudam a encarar o "jet lag" e é possível até incluir no cardápios alimentos que vão te ajudar  nessa tarefa. 

4. O gasto exorbitante

via GIPHY

Você pode se planejar bastante, mas mesmo assim podem surgir algumas surpresas que vão aumentar o custo da viagem. Somado a isso, você precisa fazer uma boa economia para poder comprar passagem, fazer reservas de hospedagem e ter dinheiro para gastar durante os passeios. Quando colocado no papel, esses gastos saem bem caros.

5. Surpresas desagradáveis

via GIPHY

Hospedagem ruim, pessoas nativas não sendo receptivas, pontos turísticos lotados e difícil locomoção na cidade podem deixar a viagem bem desagradável se você não estiver preparado. Além disso, se você for para um país com a cultura muito diferente, pode ser difícil encontrar algo que você goste de comer.  Portanto, informe-se bem sobre o que fazer no local, pegue dicas de transporte e ainda aprenda algumas palavras básicas no idioma local para evitar perrengues. 

Leia também: 5 dicas para economizar durante a viagem

6. Ficar com saudade de casa

via GIPHY

Conhecido como “homesick” na língua inglesa, a saudade de casa é algo difícil de lidar quando você passa muito tempo fora. Você começa a sentir falta da sua cama, dos seus cômodos e, claro, da sua família e seus animais de estimação.

7. Desfazer as malas

via GIPHY

Você aproveitou a viagem e finalmente chegou em casa. Mas como arranjar energia para desfazer as malas? Saber que você terá que colocar tudo de volta no lugar e colocar todas as roupas para lavar dá bastante preguiça. Mas não tem como fugir dessa tarefa... 

Mas mesmo com o lado negativo, viajar ainda pode te fazer ter muitas boas experiências que você lembrará para o resto da vida. Vale a pena encarar tudo isso e se divertir por aí. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.